4 de janeiro de 2016

Na livraria


Na livraria diz o cliente:
- Queria o livro: "Como ficar milionário da noite para o dia."
O empregado embrulha dois livros.
Diz o cliente:
- Eu pedi só um livro!
Responde o empregado:
- Eu sei. O outro é o Código Penal. Sempre vendemos os dois juntos.

28 comentários:

  1. Bem visto:))))))

    Boa semana para ti e todos os teus

    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um grande amigo meu, advogado, respondeu de forma semelhante a um cliente que lhe fez a mesma pergunta, Fatyly.
      "Quer enriquecer depressa?? Dizem que tráfico de droga dá 400% de lucro líquido. Também dá cadeia, um tiro nos c^&nos. Pense lá se está interessado." :))
      Beijos, boa semana

      Eliminar
  2. Convém. Sempre se sabe ao que se arrisca.
    Um abraço e bom ano.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um criminoso bem informado é outra coisa, Elvira Carvalho :))
      Um abraço, Bom Ano!

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Será que o tipo muda de ideias, Francisco??? :))

      Eliminar
  4. Kkkk... kkk... kkk...

    Não compensa...

    ~~ Beijinho. ~~
    ~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo menos o moço já fica informado das consequências, Majo.
      Não pode invocar a ignorância.
      O que, de resto, é irrelevante no domínio penal.
      Beijinho

      Eliminar
  5. Ora, era o que muito boa gente deveria fazer. E não tenho eu um amigo ou amiga em Paris!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso de ter amigos em Paris é para muito poucos, CÉU :))

      Eliminar
  6. Convém sempre saber com que linhas nos cosemos...eheheh

    Beijinhos!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enriquecer depressa pode deixar um gajo bem....."cozido", Janita :)))
      Beijinhos

      Eliminar
  7. :)) Porque será que os vendem juntos? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Código Penal é capaz de se revelar necessário nos casos de enriquecimento rápido, Gábi.
      Não se esqueça do que dizem os nossos amigos brasileiros - há duas maneiras de ficar rico (honestamente) - nascer rico ou casar rico.
      Tudo o que foge daí aconselha à utilização do Código Penal :))

      Eliminar
    2. Assim parece que o 2º livro vai anular o 1º :)

      Eliminar
    3. Pelo menos vai fazer pensar duas vezes antes de se tomar uma decisão final, Gábi :))

      Eliminar
  8. Caro Amigo Pedro Coimbra.
    A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, disse que o vendedor da livraria indicou o Código Penal, porque faz Faculdade de Direito, depois do trabalho e namora o Professor de Antropologia e Sociologia Jurídica.
    Caloroso abraço. Saudações jurídicas.
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços, com muita imaginação e com muito gozo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O livreiro é daqueles que pegam de empurrão, Amigo João Paulo de Oliveira??
      Se a Agrado o diz.... :)))
      Aquele abraço

      Eliminar
  9. Respostas
    1. Faz todo o sentido, não faz, papoila?? :))
      Bjs

      Eliminar
  10. hehehe... Não contava com este desfecho ! rsrsrs
    Também fiquei intrigado ! :)))

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma anedota com surpresas, Rui :))
      Aquele abraço

      Eliminar
  11. Não conhecia esta, mas acabei há pouco de a ouvir num programa RTP. E a outra ainda diz que não há coincidências...

    ResponderEliminar
  12. Um livro que deve ser um verdadeiro “case study” para os estudiosos do Código Penal… :-D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é qualquer penalista que lá chega, M Campos

      Eliminar
  13. Há especialistas não precisam comprar: nascem já com a lição sabida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já nascem penalistas qualificados, Agostinho :))

      Eliminar