29 de janeiro de 2016

Actividades de Reformados e Pensionistas


Um estudo recente da Universidade de Harvard sobre o que fazem os 
Reformados e Pensionistas chegou às seguintes conclusões.

Dedicam-se basicamente a 3 coisas:
· O BANCO;
· A BOLSA;
· A INVESTIGAÇÃO;

O BANCO em centros comerciais, parques e jardins, onde passam parte do dia.
A BOLSA das compras no supermercado que têm que carregar, e a bolsa da reciclagem para deitar fora o lixo.
A INVESTIGAÇÃO DIÁRIA: Onde raio deixei as chaves? Onde pus a carteira? Onde larguei os óculos? Como se chama este gajo? De que é que estávamos a falar?!

22 comentários:

  1. Não preciso de estar reformada para pensar durante alguns segundos a razão porque abri a porta do frigorífico. : )
    Bom fim de semana! Para mim prolongado… não me apetece ir trabalhar amanhã! : )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Trabalhar ao domingo, Catarina??
      Agora estou curioso.
      Bfds

      Eliminar
    2. Ao sábado, peço desculpa.
      Trabalhar ao sábado.
      Eight days a week, como na balada dos Beatles??

      Eliminar
    3. São neste momento 23h26. Para mim, amanhã é ainda sexta-feira!! O amanhã para o Pedro será sábado. : ))

      Eliminar
    4. Quando escrevi o comentário anterior eram 23h26… fui buscar o chá e esqueci-me de clicar no send!... e não estou ainda reformada!!!.... agora são 11:41 e ainda quinta-feira em Toronto.
      : )

      Eliminar
    5. A diferença horária presta-se a estes equívocos.
      mas não estava a pensar que a Catarina estivesse reformada.
      Estava era a pensar qual seria a sua profissão para trabalhar ao sábado.

      Eliminar
  2. E eu referia-me à investigação diária mencionada no post. Não estando reformada, já faço investigações diárias!! : )
    Agora sim, já passam 5 minutos da meia-noite, e é sexta-feira em Toronto. Em Macau, 13:05 de sexta-feira. Estamos a viver o mesmo dia durante umas horas, Pedro. : )))
    Boa noite.

    ResponderEliminar
  3. Olá Pedro, não investiguei os fusos horários, mas por agora estou no banco, desculpe da cadeira, para investigar que trabalho fizeram os amigos durante as últimas horas, antes que passe para a bolsa, neste caso que desapareça da lista de leituras, com este Google nunca se sabe! há sempre boas surpresas que me põem sorrisos na alma antes de ir trabalhar :)

    ResponderEliminar
  4. O estudo referido é muito imperfeito.
    Então e a cavaqueira, o café, as cartas, as pernas das garotas (a recordar outros tempos) e aquelas histórias repetidas: quando eu era rapaz...
    BFS

    ResponderEliminar
  5. Caro Amigo Pedro Coimbra.
    Como é do teu conhecimento tenho aproveitado intensamente minhas duas aposentadorias ou, como dizem no reino distante além-mar, reformas.
    Caloroso abraço. Saudações aposentadas.
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo João Paulo de Oliveira,
      Uma das coisas que me fazem admirá-lo é que o meu amigo é o exemplo do que é gostar de viver.
      O BI é só um documento de identificarão.
      A cabeça é que é importante.
      Bem haja pelo exemplo que é!!
      Aquele abraço, Bfds

      Eliminar
  6. Não sou reformada mas devo dizer-lhes que pesquiso muiiito :)))
    Vá lá que na bolsa e no Banco ainda não tenho essa experiência mas se Deus quiser para lá caminho lol.
    bjse bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E acha que eu, aos 51, não me farto de pesquisar, papoila??
      E é com cada discussão "de mim para comim" :))))
      Bjs, Bfds

      Eliminar
  7. Curiosamente ou talvez não, são os homens que frequentam mais os bancos.
    Quanto às outras actividades estão em pé de igualdade :)

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso dos homens e os bancos já vem da juventude, Fê :)))
      Beijinhos

      Eliminar
  8. Esta já conhecia, mas valeu a pena reler e ficar a 'ouvir' a Catarina e o Pedro, à conversa! :)

    Beijinhos para ambos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em amena cavaqueira entre Macau e Toronto, Janita :)))
      Beijinhos

      Eliminar
  9. Esta conhecia. Mas penso que a Universidade precisa vir ao Barreiro para refazer o estudo. Porque aqui, os reformados e pensionista, frequentam a Universidade, realizam tertúlias poéticas, fazem teatro, visitas de estudo, sessões de comemoração do dia dos namorados, do dia da mulher, etc. Basicamente a cultura no Barreiro é suportada pelos reformados e pensionistas.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É só uma anedota, Elvira Carvalho.
      Hoje em dia, aos 70, as pessoas são activas, mexem-se.
      Tenho o exemplo no meu pai.
      Nessa idade estava a entrar na Universidade para cursar Filosofia.

      Eliminar