30 de outubro de 2015

Uma morena vai ao médico



Uma jovem morena vai a um consultório médico e queixa-se de que todos os lugares do seu corpo doem quando ela os toca.
- Impossível - diz o médico - mostre-me como isso acontece.
Então, ela encosta o dedo no seu próprio ombro e grita de dor.
Depois ela encosta o dedo na perna e grita.
Encosta no cotovelo e grita, e assim por diante.
 Em qualquer lugar em que ela se tocava, ela gritava.
O doutor perguntou:
- Você não é morena natural pois não?
- Não! Na verdade eu sou loira!!!
- Foi o que eu pensei ! -, diz o médico
- O seu dedo está partido !

10 comentários:

  1. Respostas
    1. Um diagnóstico que até uma loira devia fazer, Agostinho :)))

      Eliminar
  2. Pois. Tinha que haver algo errado com a morena... Rsrs
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As morenas falsas são do mais terrível que há, Elvira Carvalho :)))

      Eliminar
  3. :))) Pior do que uma loira burra é uma falsa morena!! Ehehhe

    Esta não conhecia e está um must...:))

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Morenas falsas são do pior, Janita :))))
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Tenho que tirar um radiografia ao meu dedo :))

    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. Óptimo fim de semana -alargado- cheio de coisas boas. Deixo-te 3 hipóteses de riso:

    Também há aquela dum gajo que se queixa ao médico:
    -Sô Dótôri quando carrego aqui dói-mi!
    Responde o médico:
    -Oh homem, então não carregue aí!

    Ainda a dum velho muito velho a quem o médico pergunta:
    -Então de que se queixa?
    E responde o velho:
    -Diga-me o Sô Dótôri que o senhori é que é o médico!

    E a prometida do Jacinto dos 5 filhos: 4 trigueiros de olhos castanhos tal como o pai e a mãe (a Srª Elvira) e o 5º, o último, aloirado e sardento.
    Deitado no leito, às portas da morte, rodeado dos filhos e da Elvira o Jacinto questiona:
    -Elvira diz-me a verdade o filho mais novo é meu? Diz-me a verdade mulher, antes que eu morra com esta dúvida.
    responde a Elvira:
    -Eu dizia-te a verdade Jacinto, mas e se depois tu não morres?
    (esta ouvi-a contada pelo Carlos do Trio Odemira).

    Grande abraço pah!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora aqui está o que eu chamo compor o ramalhete, Kok :))))
      Aquele abraço

      Eliminar