9 de outubro de 2015

O bebé mereceu




Por causa de um apagão, uma ambulância foi atender uma chamada para socorrer uma mãe já em trabalho de parto.
A equipa entrou na casa às escuras, onde estava apenas a filhinha de 3 ou 4 anos em companhia da mãe. 
Um dos membros da equipa pediu à garota para ficar sobre uma cómoda, segurando uma grande lanterna, enquanto cuidavam da mãe. 
Ela comportou-se muito bem, de olhos fixos na cena. 
Daí a pouco, o bebé nasceu. 
A médica levantou o recém-nascido pelos pezinhos, bateu na sua bundinha e ele pôs-se a chorar bem alto.
Desceram a menina da cómoda, terminaram a sua tarefa, agradeceram a ajuda da pequena. 
Ao saírem, a médica perguntou-lhe o que achara do que acabava de ver. 
Ela respondeu-lhe de pronto: 
- " Ele mereceu as palmadas! Não tinha nada que entrar lá para dentro!"

16 comentários:

  1. Respostas
    1. Quem é o mandou entrar lá para dentro, Fatyly??? :)))
      Beijocas, bfds

      Eliminar
  2. ~~~
    ~~ 'Tadinha'!!


    ~~ Dias muito agradáveis nas margens do Rio das Pérolas...

    ~~~~~Beijinhos. ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A doce inocência das crianças, Majo :)))
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Tão inocente!
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De uma doçura incrível, Elvira Carvalho.
      Um abraço, Bfds

      Eliminar
  4. E tinha razão, pobrezinha.:)
    Bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  5. Respostas
    1. Só o bebé é que levou umas palmadas.
      Mas são da praxe, não há grande problema :)))

      Eliminar
  6. Como é linda e verdadeira a inocência das crianças!!

    Esta, para mim, não é anedota. É um mimo de ternura, para alegrar o início da semana, Pedro!
    :)


    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma maravilha, não é, Janita??
      Beijinhos, boa semana

      Eliminar
  7. :) já conhecia, mas gostei de reler :)

    ResponderEliminar