11 de setembro de 2013

Swaps e pensões


7 comentários:

  1. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    As leis são feitas e pensadas para o bem do povo, o tribunal Constitucional é como uma balanca com dois pesos e duas medidas.
    Segundo as estatisticas Passos Coelhos é mais popular do que José Seguro, o que não dá para entender, quando ele só olha para o lado mais fraco para cortar e dá benefes aos bancos e tapa os buracos e os escandalos dos políticos da sua cor.
    Uma vergonha.
    Abraco amigo

    ResponderEliminar
  2. Amigo Cambeta,
    Já o referi antes.
    E repito.
    António José Seguro, o jovem mais velho de Portugal, é a incarnação do cúmulo da lentidão - corre sozinho e fica em segundo.
    Com tantos erros que este governo já cometeu, com uma situação tão complicada que enfrenta, o PS, com um líder a sério, já teria descolado.

    O Tribunal Constitucional tem cumprido bem o seu papel de garante da legalidade, Amigo Cambeta.
    E não pode fazer juízos políticos ou atender a ponderações políticas.

    Aquele abraço!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não acrescentei o mais importante - apesar de ver o TC a trabalhar bem, não concordo com tudo o que faz, com todas as suas decisões.
      Este caso é um dos mais gritantes em que a decisão do Tribunal me surpreende.
      E com a qual não concordo.

      Eliminar
  3. Longe dos ideais do PSD de Sá Carneiro, onde a pouca vergonha e mau uso e abuso versus corrupção dos fundos comunitários europeus, começou a aprofundar-se quando Cavaco era 1º ministro (já para não falar de 80 a 86 na governação de Soares) a actual governação pretende destruir o estado social, mudam como o vento, malham nos mais fracos numa direita ditatorial sem precedentes e sem termos uma oposição que nos valha enfrentamos a pior decadência de um povo que acreditou nas promessas elitoralistas.
    Não há dinheiro, mas Vitor Gaspar antes de deixar o cargo, implementou que 90% da almofada (dinheiro) da Segurança Social poderia ser investido na compra de dívida pública. Como é que é????

    Temos agora uma nova oportunidade de "correr com os vendilhões dos templos camarário" mas num país intervencionado quem nos pode socorrer?

    Sócrates foi mau, este são piores e quem virá a seguir? Sinceramente Portugal está gravemente doente e os velhos, os doentes, os deficientes são alvos a abater e quanto mais depressa melhor para S.Exªs. ficarem com mais para gastarem e fazerem grandes vidas.

    Beijos rapaz extensíveis aos teus

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como eu gostava de discordar, Fatyly.
      Foi Sá Carneiro quem disse que as pensões eram intocáveis.
      Desde então, fartar vilanagem!
      Beijos!

      Eliminar
  4. Pedro,

    Menezes Leitão foi meu Professor na Faculdade e, pasme-se, nunca gostei muito dele - na forma e no modo de estar com e para os alunos - porém, neste caso particular, acho que tem razão.

    O Tribunal Constitucional é, por estes dias, alvo de todas as críticas, no entanto, julgo não serem, de todo, justas, senão vejamos, simplificando:

    1 - O TC tem de ser conivente com um OE que está eivado de inconstitucionalidades por todos os poros?

    2 - O TC tem de ser "parceiro" do Governo num sistema de "despedimento colectivo" que é menos favorável para o público do que para o privado?

    3 - O TC tem de ser conivente com o Governo/Assembleia da República quando estes Orgãos de Soberania estão cheios de tipos que, infelizmente, de Constitucional sabem pouco ou, melhor dizendo, nada?

    Enfim, Pedro, alarguei-me, novamente, mas prometo ser mais curto nos comentários na próxima vez!!!! ;)

    Aquele abraço, Amigo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas eu não gosto nada de comentários curtos, Ricardo :))

      O Constitucional tem tido uma actuação que é de todo de enaltecer.
      Como todos, os juízes do Constitucional também têm decisões discutíveis, erros até.
      Mas não lhes peçam ponderações políticas nas suas decisões.
      No dia em que isso acontecer, o sistema estará em perigo.
      Quando se começa a misturar a clássica tripartição de poderes, abre-se a Caixa de Pandora.
      Aquele abraço!!

      Eliminar