11 de setembro de 2013

O folclore da campanha eleitoral em Macau


Vai animada a campanha eleitoral em Macau.
Enriquecida com aquelas particularidades (hoje não as vou qualificar novamente de especificidades) que só em Macau se podem ver.
Como seja um candidato, que é originário de Fujian, Chan Meng Kam de sua graça, que busca a reeleição, que se apresenta como self made man, e que, na caça ao voto, quer ser um dos paladinos das classes mais desfavorecidas.
Tudo isto, com uma penache muito especial.
Porque a sua entourage se apresenta.......de Maserati.
A mensagem é simples:
Votem em mim, que prometo que vos vou representar, que vou pugnar pelos vossos interesses, que estou muito preocupado com os problemas que enfrentam diariamente, que estou solidário com o vosso sofrimento, as vossas agruras.
A propósito, já viram o meu Maserati azul escuro?!
Um carrito que custa mais do que a casa com que vocês sempre sonharam, mas nunca vão ter?
Vocês, queridos eleitores das classes mais desfavorecidas, podem ter muitos problemas.
Que eu conheço, porque já fui pobre.
Mas não fazem ideia do que é o sofrimento de alguém que tem que pagar a gasolina e as reparações de um Maserati.
Por isso, reforçando que estou aqui para vos representar, que vos compreendo, que já fui um de vós,  também não se queixem muito, não é??
Todos temos problemas, caramba!

10 comentários:

  1. É a mesma vergonha de cá...abundam as falsas promessas. Possas pá...que mundo cão!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fatyly,
      Há uma publicidade aqui em Macau, dos Serviços de Turismo, que assenta que nem uma luva a esta situação - "num Mundo de diferença, a diferença é Macau".
      Acho que coisas destas, um tipo a debitar promessas aos mais desfavorecidos tendo ao lado o seu (ou dos amigos) Maserati, só acontecem mesmo em Macau.
      Sendo risível, e eu levo isto para o humor, é ofensivo.

      Eliminar
  2. Também pode haver outra versão, rrsss

    Aliás, muito praticada por certo partido português: tenho um Maserati, sim, e depois? Luto pelos pobres, por quem nada ou pouco tem porque quero que toda a gente tenha um Maserati!

    Enfim, este tipo de comportamento recorda-me Eva Péron...

    Tenha bom dia, Pedro

    ResponderEliminar
  3. Acho que a explicação é bem mais simples, São.
    Estes tipos nem se apercebem do ridículo, não têm sentido do ridículo.
    Vivem num mundo muito próprio.
    Um mundo onde é perfeitamente normal ir fazer promessas aos pobrezinhos......de Maserati.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Paula Teixeira da Cruz, actual ministra da Justiça quando visitava os bairros pobres lisboetas e da periferia , vestia Chanel...

      Numas férias algarvias , conheci um rapaz pouco mais jovem do que eu era na altura que , furioso com o irmão mais novo, afirmava que "o rapaz tem diarreia de galinha na cabeça": eu acho que muita gente nem isso tem...

      Eliminar
    2. Têm a cabeça como a barriga do caranguejo, São - é só m#$%^da!!

      Eliminar
  4. Fabuloso, simplesmente, fabuloso este seu escrito!!!

    Abraço, Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E se eu acrescentar que este tipo foi o segundo mais votado nas últimas eleições, Ricardo??
      Com o Maserati ainda se arrisca a ser o mais votado desta vez :)))
      Aquele abraço!!

      Eliminar
  5. Caro Amigo Pedro Coimbra!
    Os candidatos a cargos eletivos são capazes de vender a mãe num mercado persa para se elegerem.
    Caloroso abraço! Saudações ardilosas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    PS - Aproveito o ensejo para informá-lo que a lambisgoia da Agrado aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, disse-me que algumas aplicadas alunas da Escolinha do Professor Rui Espírito Santo estão exasperadas com você e prometeram atiçar os leões da Metro no seu encalço, porque você está deixando-as atarantadas com suas respostas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este tipo em particular é alguém que me causa repulsa, caro Amigo João Paulo de Oliveira.
      E cujo bom senso anda em valores negativos, como bem se percebe.

      O desafio do Rui está a deixar todos de cabeça em água!!

      Grande abraço!!!

      Eliminar