9 de setembro de 2013

JOÃO E JOANA



João casou-se com Joana e no dia do casamento Joana levou para sua casa nova um grande baú, e pediu para que João respeitasse a sua individualidade e nunca abrisse o baú.
Durante 50 anos de casamento, apesar da curiosidade, João nunca abriu o baú.
Na comemoração dos 50 anos, João não aguentou e perguntou para Joana o que tinha dentro daquele baú.
Ela então resolveu mostrar para ele o baú. Ao abrir, João viu € 60.000,00 e quatro batatas.
Curioso, ele perguntou por que as batatas, e ela então confessou:
- “Toda vez que te traí coloquei uma batata no baú”.
João, no primeiro momento ficou chocado, mas, depois de meditar, disse para si mesmo:
“Até que posso perdoar… quatro batatas em cinquenta anos, significam uma traição a cada 12,5 anos”.
Então ele perguntou o que significavam os 60 mil euros.
Foi quando ela disse:
- “Toda vez que o baú enchia de batata, eu vendia”.

6 comentários:

  1. Pobre homem! E nao deu por nada durante os 50 anos! Coitadinho! )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, coitadinho, Catarina, porque, como todos sabemos, coitadinho é cor*o! :)))

      Eliminar
  2. O que vale é que há 50 anos atrás não existiam € € €...!))

    Ufa, que alívio! Senão, o homem morria nas Bodas d'Ouro. Tadinho...:)

    Beijinho!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Chifrudo mas rico, Janita.
      Há sempre um lado positivo (?????) :)))

      Eliminar
  3. :)) Também me surpreendeu :) Então no início do casamento o baú deveria estar vazio...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem uma batatinha, Gábi.
      Depois do casamento é que começou a colheita :)))

      Eliminar