9 de setembro de 2013

É SÓ UM EMPURRÃO




Altas horas da madrugada, um casal acorda ao som insistente da campainha da porta.
O dono da casa levanta-se e, pela janela, pergunta:
- O que é que você quer?
- Olá. Eu sei que é tarde. Mas preciso que alguém me empurre. A sua casa é a única nesta região. Só você me pode empurrar!
Louco de todo, o recém-acordado replica:
- Eu não o conheço. São 4 horas da madrugada e pede-me para o ajudar?
Ah, Vá-se f...r! Você está bêbado.
E volta para a cama. A mulher, que também acordara, não gostou da atitude do marido:
- Exageraste! Já ficaste sem bateria aqui há pouco tempo. Bem podias ter ajudado o indivíduo.
- Empurrá-lo? Ele está é bêbado - desculpa-se o marido.
- Mais um motivo para o ajudares - insiste a mulher. - Ele não vai conseguir andar sozinho.
Logo tu, que sempre és tão prestável...
Mordido pelos remorsos, o marido veste-se e vai para a rua:
- Hei, eu vou ajudar-te! Onde é que estás?
E o bêbado, gritando do fundo do jardim:
- Aqui, no baloiço!.....

12 comentários:

  1. Que grandeeeeeeeeeee galo e realmente foi mesmo uma "surprise":):):):)

    ResponderEliminar
  2. Ehehehe

    Por esta é que eu não esperava!!:)) Boa!

    Este ainda não tinha aprendido a esticar e encolher as pernas...:)))

    Beijinhos e boa semana, Pedro!:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda nao apareceu ninguém, eu incluído, que adivinhasse o final da anedota, Janita :))
      Beijinhos e votos de boa semana!!!

      Eliminar
  3. Também não estava nada à espera deste desfecho... hahaha!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Imagine o que é que pensou o desgraçado que o bêbado acordou, luisa :))))

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Apareça o primeiro a adivinhar o fim, Gábi :))

      Eliminar