19 de fevereiro de 2019

Agentes de autoridade em Portugal e em Macau


Declaração de interesses – tenho amigos e familiares que fazem parte dos quadros das forças policiais em Portugal e em Macau.
Dito isto confesso que não consigo compreender a constante desconfiança com que são encarados os agentes de autoridade em Portugal e em Macau.
Excessos cometidos pelas polícias são notícia, vendem, são fonte de comentário, de censura, de reprovação.
Já os abusos sofridos pelos mesmos não o são tanto.
Algo que me desilude e ofende o meu sentido de justiça.
A segurança de pessoas e bens é fundamental em qualquer sociedade.
E aqueles que zelam para que essa segurança seja uma realidade devem merecer o nosso respeito.
Há excessos da parte das forças policiais?
De certeza que sim.
Assim como os há em todas as outras profissões.
São a regra?
Não acredito.
Pelo contrário, acredito que sejam a excepção.
Vamos dar um bocadinho mais de atenção a quem zela pela nossa segurança e das nossas famílias?

52 comentários:

  1. O da imagem mete medo. Parece mais um ganster do que um polícia amigo. Embora eu já tenha visto polícias deste tipo nos filmes americanos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Culpo os filmes americanos por muitas alterações na sociedade. Foram eles que glamourizaram o crime, a atitude gangster, a corrupção.

      Cabecinhas de hoje... não devia ser mas muitos crescem a pensar que tudo lhes devia ser entregue em bandeja de ouro e se não é, estão lhes devendo. É seu direito cobrar com violência e crime. LOL.

      Eliminar
  2. Concordo 100%.
    São EXATAMENTE os correctos que fazem questão de remover a escumalha do seu grupo, onde não pertencem. Pelo menos, assim quero acreditar. Existem códigos de honra e de ética a seguir em todas as profissões. Quem as segue, não devia admitir que outros as ignorem. Infelizmente já não é assim em quase nenhuma actividade. Mas em atividades-chave, como medicina, segurança, engenharia... não há cá excepções.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A imagem foi "roubada"da Net, Teresa.
      A ideia era ser inofensiva.
      Não resultou.

      Começa a ser doentio, Portuguesinha.
      Os polícias são olhados de soslaio.
      Há comentadores a terem a desfaçatez de dizer que os polícias têm que perceber que levar porrada faz parte da profissão.
      O quê????

      Eliminar
  3. Ahahah... a Teresa tem razão, Pedro. Eu aconselharia outra imagem. :)))

    Há abusos em qualquer profissão. Nesta é a excepção. Os polícias canadianos são respeitados. As crianças têm a oportunidade de os ver de perto quando eles vão à escola e respondem a qualquer pergunta.
    As crianças são ensinadas a respeitá-los e a procurá-los quando se sentem em perigo. Não foi há muitos anos que ouvi uma senhora portuguesa dizer ao filho que se não se portasse bem que chamaria o polícia. Uma senhora recém-chegada na altura. Maus hábitos e má formação que deviam ter deixado para trás.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A imagem não resultou, Catarina.
      Paciência...

      O Canadá é uma lição de civismo.
      Tive a oportunidade de o constatar quando aí estive.
      Educação, tão simples quanto isso.

      Eliminar
    2. : )) Pedro, ainda está a tempo de procurar outra imagem! : ))

      Eliminar
    3. E os vossos comentários deixam de fazer sentido para quem vem a seguir, Catarina.
      Eu lá fazia uma coisa dessas! :)

      Eliminar
    4. Se o Pedro retirasse a imagem, eu tinha de retirar o meu comentário!!!

      Eliminar
    5. Mas eu gosto dos vossos comentários, Teresa.
      Mesmo se discordam de mim e das minhas opções.

      Eliminar
  4. i agree with each word you said here dear Pedro!


    such force were made to guard us and our rights but we see how they provide complete privilege and protection to those who ruin our rights and occupy our property by fraud , numerous cases are discussed in news ,show and newspapers but no one gives damn about it

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. We can't look at police officers like they are our enemy, baili.
      Makes no sense to me.

      Eliminar
  5. Acho que esta tudo na educacao que se da as criancas Pedro, pois se lhes mostrarmos que a Policia ou outra autoridade merece o nosso respeito os nossos filhos respeitarao a Policia. Hoje em dia infelizmente vejo muitos jovens sem respeito pela autoridade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Basta ler o comentário da Catarina e está lá tudo, Sami.
      Civismo ensina-se e cultiva-se desde pequenino.

      Eliminar
  6. Será que os excessos por partes dessas forças não são demais...


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há órgãos dentro de um Estado de Direito apropriados para fazer esse tipo de investigação, Isabel Sá

      Eliminar
  7. A comunicação social é muito responsável pelo empolamento de certas noticias, aproveito para desejar uma boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
  8. a imagem combina Pedro, basta imaginarmos que por perto está um grupo a assaltar turistas ou a partir uma caixa multi-banco!
    e toda a gente fica feliz que o policia chegue com a pistola pronta para ser usada ou para assustar os infratores, e já o acham simpático a valer... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exactamente a minha perspectiva, Angela.
      Quem anda a criticar de forma leviana os agentes de autoridade quem é que chama quando se vê aflito?

      Eliminar
  9. Concordo no que disse. Complicado... Muito.


    Bjos
    Votos de um óptima Terça - Feira.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu respeito quem me protege, Larissa Santos.
      Tão simples quanto isso.
      Bjs

      Eliminar
  10. Quem não falha que atire a primeira pedra!

    Beijos Pedro

    ResponderEliminar
  11. Para mim, as forças policiais significam SEGURANÇA !
    E genericamente são bem educados os seus agentes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As excepções, as ovelhas negras, existem em todas as profissões, João Menéres.

      Eliminar
  12. As forças policiais merecem, da nossa parte, respeito. Muito respeito.
    Não podemos focar-nos numa minoria que escolheu a profissão errada, e daí 'tomar a nuvem por Juno'.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  13. Existem gente boa e ruim em todas as profissões. Que podemos valorizar os policiais, sim.
    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    O blog está em HIATUS DE VERÃO até o dia 23 de fevereiro, mas tem post novo. Comentarei nos blog amigos nesse período.

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas parece que só há gente desequilibrada nas polícias, Emerson Garcia.
      Boas férias!

      Eliminar
  14. Subscrevo inteiramente porque quem filma e entrega à imprensa só revela hipocrisia ou será que as forças de segurança devem andar de luvas de pelica? Não mostram como são recebidos e já presenciei muita coisa. Há excessos inoportunos por parte da polícia mas raros, muito raros! O inverso é cada vez mais e mais e disso ninguém fala, excepto tu que explicas muito bem!

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui acontece o mesmo, Fatyly.
      Um polícia está atacado por três mafiosos, bêbados, um deles armado com arma branca.
      Dá um tiro para o ar para os afastar.
      E ele é que é violento????
      Beijocas

      Eliminar
  15. A protecção nunca é demais!

    Beijo e uma excelente tarde.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem insulta os agentes chama quem quando está flito, Cidália Ferreira?
      Pois...
      Beijos

      Eliminar
  16. Caros amigos leitores!

    Agradecendo as vossas visitas, convidamos-vos hoje a ler o capítulo 8 do nosso conto escrito a várias mãos "Ecos de Mentes". Esta semana pela mão da Fernanda Simões, interpretando Sebastião.
    https://contospartilhados.blogspot.com/2019/02/ecos-de-mentes-capitulo-8.html

    Com votos de uma excelente semana,
    saudações literárias!

    ResponderEliminar
  17. Concordo Pedro
    Achei péssimo o que o Presidente da República fez aqui ao ir visitar o Bairro da Jamaica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O PR é meio tonto, Magui.
      Sempre foi.
      E depois faz figuras ridículas.

      Eliminar
  18. Concordo, as nossas forças de segurança devem ser defendidas. Penso que poucos entenderam o que o nosso PR fez na Jamaica, abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tirou autoridade a quem a deve ter, Sam Seaborn.
      Para cagada...
      Abraço

      Eliminar
  19. A generização é perigosa: olh'a bófia, olh'os padres, olh'os médicos, olha...
    A mente da maioria das pessoas já está formatada pelas imagens que vê nos filmes, na net, nos tablóides (os media que o não são estão em acentuado processo de conversão à moda).
    O grande problema do Mundo é a velocidade a que as coisas são despejadas, anunciadas, noticiadas, comentadas, papagueadas. Ninguém pensa em digerir o que lhe põem na mesa. Comem, engordam, não pensam. O cérebro atrofia porque tudo lhe é dado em papa, triturado...
    Os "supranumerários" estão a ser preparados para a era da IA. Quando chegar a hora nem estebelecimentos prisionais serão necessários: o polícia (máquina) não terá pistola, cassetete, carro patrulha...
    Depois deste palavreado resta dizer que o Pedro tem razão.
    Abraço e saúde para toda a família.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aquele abraço, Agostinho.
      Eu fui educado a respeitar as pessoas.
      Não consigo compreender estas atitudes, confesso.

      Eliminar
  20. È o próprio sistema judicial de desrespeita as policias quando solta criminosos e processa policias.
    Existe sim por parte de alguns policias alguma violência mas são casos pontuais.
    Não queremos autoridades policiais fracas e subjugadas aos idias
    Abraço

    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - A difícil vida de casado de um homem...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esses casos pontuais têm que ser investigados e punidos, Kique.
      Não é a tirar autoridade a quem a deve ter que se reslove o problema.
      Aquele abraço

      Eliminar
  21. Sou dos defensores do respeito pela Policia pois são o garanten da segurança dos cidadãos e da ordem pública. São tb aqueles que há mer** são chamados para resolver as coisas e nunca se sabe o que os espera.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca sabem o que os espera e têm que ler comentários do género têm que estar preparados para levar porrada.
      Quê???

      Eliminar
  22. Eu repeito porque me deram essa educação, depois ainda sou do tempo do Salazar.
    Há exageros, eu acho, mas às vezes aqui em Portugal a polícia tem de fechar os olhos, fingir que nem viu, porque eles prendem e os tribunais põem em liberdade, não adianta.
    Não deveria ser assim, mas é a triste realidade.

    r: eu nao acho que sao bons pais, longe disso. São pais que têm medo dos filhos, sim, porque na .maioria das vezes é isso mesmo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O respeito em ambas as situações, Mena Almeida.
      Os filhos não respeitam os pais??
      E ainda ganham umas prendas por isso????

      Eliminar