Filho gay




O pai entra no quarto do filho e vê um bilhete em cima da cama.
Lê o bilhete, temendo o pior:
- "Pai, é com grande pesar que te informo que fugi com meu novo namorado, o
João, um italiano muito lindo que conheci no Algarve.
Estou apaixonado por ele. Ele é muito gato, com todos aqueles 'piercings',
tatuagens e aquela super-moto BMW que comprou há dias. Mas não é só por isso
que vou com ele, é que também descobri que não gosto de mulheres e, como sei
que não vais consentir isso, decidimos fugir e ser muito felizes neste
mundo.
Ele quer adoptar filhos comigo, e isso é tudo o que eu sempre desejei para
mim.
Aprendi com ele que a canabis é óptima, uma coisa natural, que não faz mal a
ninguém, e ele garante que no nosso pequeno lar não vai faltar marijuana.
O João acha que eu, os nossos filhos adoptivos e os seus colegas 'gays'
vamos viver em perfeita harmonia.
Não te preocupes pai, eu já sei cuidar de mim, apesar dos meus 15 anos.
Já tive várias experiências com outros tipos e tenho a certeza que o João é
o homem da minha vida.
Um dia eu volto, para que tu e a mãe conheçam os nossos filhos. Um grande
abraço e até algum dia.
De teu filho, com amor".

O pai quase a desmaiar, continua a ler.

PS: Pai, não te assustes é tudo mentira!!!

Estou na casa da Cátia, a nossa vizinha boazona. Só queria mostrar-te que existem coisas muito piores do que as minhas notas escolares, que estão na primeira gaveta.

Abraços,

Teu filho, burro, mas macho!

Comentários

  1. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    Uma óptima forma de acalmar o velhote, o puto só com 15 anos sabia a toda!...
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  2. Amigo Cambeta,
    De pequenino..... :)))
    Aquele abraço

    Catarina,
    Como se costuma dizer, quem sai aos seus "não é de Genebra" :)))

    ResponderEliminar
  3. Realmente, não deverá haver técnica mais eficaz para que um pai perdoe as más notas !!! eheheheh
    Uuufff ... que alívio ! :))))
    .

    ResponderEliminar
  4. Eu não consigo imaginar melhor que isto, Rui :)))

    ResponderEliminar
  5. :)) Está cá a parecer que em vez de burro, o filho é mais é muito esperto :)

    ResponderEliminar
  6. Em cima em vez de "mais" era "mas"...

    ResponderEliminar
  7. Uma boa táctica, sem dúvida. E nada como se refugiar com uma boazona para alegrar qualquer pai. :)

    ResponderEliminar
  8. Gábi,
    O filho é um ás!!! :))))


    FireHead,
    Uma boazona derrete qualquer pai.
    Um Valdemar Ferreira (conhece a canção????)..... :)))


    Marciana,
    De acordo!
    Até lhe dou seis com alguns hotéis de Macau :))

    ResponderEliminar
  9. Eheheheh de burro não tinha nada...

    ResponderEliminar
  10. Espertalhão, Catarina, espertalhão :)))

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares