14 de setembro de 2016

Não discutas com as crianças!


“Há dois tipos de pessoas que dizem a verdade: 
as crianças e os loucos.
Os loucos são internados em hospícios. 
As crianças, educadas.”
Jean Paul Sartre

1ª Prova:

Uma menina conversava com a sua professora. A professora disse que era
fisicamente impossível uma baleia engolir um ser humano,
porque, apesar de ser um mamífero muito grande, a sua garganta é muito
pequena.
A menina contrapôs que Jonas foi engolido por uma baleia.
Irritada, a professora repetiu que uma baleia não poderia engolir um ser
humano: era fisicamente impossível.
A menina então disse: - 'Quando eu morrer e for para o céu, vou perguntar ao
Jonas'.
A professora perguntou-lhe, sarcástica:
- 'E o que acontece se o Jonas tiver ido para o inferno?'
A menina respondeu:
- Então é a senhora que vai perguntar.

2ª Prova:

Um dia, uma menina estava sentada na cozinha observando a mãe a lavar os
pratos, e de repente percebeu que a mãe tinha vários cabelos brancos
sobressaindo entre a sua cabeleira escura.
Olhou para a mãe e perguntou:
- 'Por que é que tens tantos cabelos brancos, mamã?'
A mãe respondeu:
- 'Bom, cada vez que te portas mal e me fazes chorar ou ficar triste, um dos
meus cabelos fica branco'.
A menina digeriu esta revelação por alguns instantes e disse de imediato:
- 'Mãe, por que é que todos os cabelos da avó estão brancos?'

3ª Prova:

Uma professora de creche observava as crianças de sua turma a desenhar.
Ia passeando pela sala para ver os trabalhos de cada criança.
Quando chegou ao pé de uma menina que trabalhava intensamente, perguntou-lhe o que estava a desenhar.
A menina respondeu:
- 'Estou a desenhar Deus.'
A professora parou e disse:
- 'Mas ninguém sabe como é Deus.'
Sem piscar e sem levantar os olhos do seu desenho, a menina respondeu:
- 'Saberão dentro de um minuto'.

4ª Prova e última:

Todas as crianças tinham ficado na fotografia e a professora estava
a tentar convencê-los a comprar uma cópia da foto do grupo.
- 'Imaginem que bonito será quando vocês forem grandes e todos digam «ali
está a Catarina, é advogada,» ou também «este é o Miguel. Agora é médico»'.
Ouviu-se uma vozinha vinda do fundo da sala:
- 'E ali está a professora! Já morreu'.

(Da colaboração com o FerreirAmigo)

26 comentários:

  1. Muito talento,paciência e dedicação,eu faço ponto de cruz e agora ando a aprender a fazer crochet e renda,são trabalhos lindíssimos,fica atento ao meu blogue para ires vendo a evolução do bordado azul que publiquei e de outros trabalhos que eu vou fazendo!! Quanto a esta tua publicação,uau,deixei-me rir imenso com estas anedotas das crianças,agora não sei se as crianças dizem sempre a verdade porque eu antigamente,quando era criança,mentia muito e,agora,na idade adulta,tenho trinta anos,deixei de mentir há imenso tempo atrás,pois aprendi com os meus erros de criança!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As crianças, acima de tudo, dizem coisas que nos desarmam, Sandra.
      Tenho duas filhas, lindas!!, uma de 18 e outra de 13, e fui testemunhando esse facto ao longo dos anos.

      Eliminar
  2. Crianças, Pedro, cuidado com elas. :D :D :D

    Aquele abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E a falta que nos fazem quando estão ausentes, Ricardo!!
      Aquele abraço

      Eliminar
  3. O filtro nao existe nesta idade!!!
    : )

    ResponderEliminar
  4. Pedro, beijinhos divertidos e sorridentes...
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amanhã há música e anedotas, Majo.
      Porque o fim-de-semana que se aproxima é prolongado.

      Eliminar
  5. Ao ler as respostas, além de me RIR, pensei que foi a Lurée, a rebelde, a responder.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois bem, eu não sou a avó como está nos livros, ou, mais precisamente, não sou babada como a avó alemā, no entanto, gosto de ouvir as respostas atrevidas da Lurée.

      Eliminar
    2. Qual é o avô/avó que não gosta, Teresa??

      Eliminar
  6. Se é "lugar comum" dizer-se que as crianças são "a melhor coisa do mundo", até poderá ser "lugar comum", mas antes de mais, a mais pura das verdades !!! :))

    ... e a melhor, para mim : - 'E ali está a professora! Já morreu'.

    eheheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fernando Pessoa disse isso há já muitos anos, Rui.
      E é mesmo a mais pura das verdades.
      Aquele abraço

      Eliminar
  7. Caro Amigo Pedro Coimbra.
    Os petizes têm uma lógica imbatível.
    Caloroso abraço. Saudações certeiras.
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É imbatível, uma lógica imbatível, Amigo João Paulo de Oliveira.
      Grande abraço!

      Eliminar
  8. O universo das crianças é uma das coisas que mais me encanta. Adorei :)

    ResponderEliminar
  9. "Já morreu"! Lol
    Por acaso a minha ainda vive.
    Deve dormir mergulhada em fermol Ahaha :P

    ResponderEliminar
  10. As crianças não mentem. Defendem os seus pintos de vista com ingenuidade...Com graça.

    ResponderEliminar
  11. Pois, as crianças são a inocência pura.

    ResponderEliminar