10 de junho de 2014

Nam quê?


Já não há mistério, já não há tabu - a operadora de autocarros que vai tomar o lugar da falida Reolian é a Macau Nova Era de Autocarros Públicos, S.A.
Mas a Nova Era não representa propriamente uma nova era.
Porque a Nova Era é detida pela Sociedade de Transportes Colectivos de Macau, uma das operadoras que já presta este serviço.
Sociedade de Transportes Colectivos de Macau que, por sua vez, é detida por uma bem conhecida Nam.
A mesma Nam que controla a distribuição de alimentos, de combustíveis, a mesma Nam que se atrasou uns minutinhos na entrega de documentos quando foi aberto o concurso público para a concessão destes serviços e que se viu preterida face à Reolian.
Essa Nam.
Em terra de jogos, de muitos jogos, o croupier baralha, parte e dá aos mesmos.
"Nam" é nada uma nova era, pá! 


22 comentários:

  1. Não é suposto ser obrigatório o concurso publico para o contato de concessão de autocarros?!
    Mor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pormenores, Mor, pormenores.
      Nós até somos todos tolinhos, não é? :)))

      Eliminar
  2. Pois é meu amigo...a coisa é idêntica, safam-se e encobrem-se uns aos outros e o povo que pague e aguente comendo a surrapa. Que tristeza, bolas!

    Um bom dia

    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. fazem das pessoas burras, Fatly.
      E as pessoas não são burras.
      Muito menos com o manancial de informação de que dispõem
      Beijos

      Eliminar
  3. Desculpe não comentar , Pedro, mas o comentário teria que ser em linguagem vicentina , coisa que nem é meu hábito sequer - até pela profissão.

    Se puder ver a entrevista que Anselmo Borges deu ontem na RTP 2 no novo programa "Tanto que Conversar", que passou à meia noite ( o futebol e as séries são muito mais importantes, claro), não perca: uma maravilha!!

    Tudo de bom

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou tentar ver no Youtube, São.
      Porque na RTPi tenho sérias dúvidas que passe.
      Bom feriado!

      Eliminar
  4. ~
    ~ ~ Em terra de jogos... Luta-se contra a corrupção.

    ~ ~ Por aqui, os jogos são mais sofisticados, mas a luta é a mesma.

    ~ ~ ~ ~ Bom dia de Portugal. ~ ~ ~ ~

    ~ ~ ~ ~ ~ ~ B e i j i n h o s.~ ~ ~ ~ ~ ~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei onde serão mais sofisticados, Majo.
      Para se chegar a este resultado teve que se ver uma novela deprimente.
      Bom dia de Portugal também.
      Beijinhos

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Nem mais, luisa.
      Ou, dito de outro modo, mudam as moscas.

      Eliminar
  6. Interesses económicos, favores,politicas: tudo de mistura.

    Beijo

    ResponderEliminar
  7. 'Nam' sei dizer nada sobre o assunto.
    'Nam' sei ou 'nam' me dá jeito?

    Um abraço, Pedro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nam vale a pena dizer nada, António :(
      Aquele abraço

      Eliminar
  8. Estas histórias não me são desconhecidas ! :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São familiares a todos e existem, mais ou menos assim, por todo o lado, Ricardo :(

      Eliminar
  9. Parece que o 'jogo' sujo é global, Pedro.

    Já nem tentam disfarçar ou disfarçam muito mal. Aonde iremos parar?

    Aqui, ( blogosfera) andam todos entretidos com as condecorações, comemorações e o chilique do PR, mas sabe Pedro? Desde que ouvi as notícias sobre o mau tempo na Alemanha, especialmente em Düsseldof, que fez já 6 vítimas, a nossa amiga Ematejoca e família não me sai da cabeça.

    Nestas alturas, não posso deixar de pensar que há outros valores mais altos com que nos devemos preocupar sem ser a política, a corrupção e os interesses financeiros.
    Desculpe o desabafo, Pedro, mas estou deveras preocupada.

    Beijinhos e bom resto de semana, junto dos seus.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esperemos que esteja tudo bem com ela, Janita.
      É costume dizer que no news is good news.
      Esperemos que seja assim mais uma vez.
      Beijinhos

      Eliminar
  10. Infelizmente, essa de baralhar e dar aos mesmos é igual em toda a parte... :P

    Beijocas

    ResponderEliminar
  11. Infelizmente não podemos viver isolados e temos que nos sujeitar (em qualquer parte do mundo) a estes compadrios estranhos !
    Tal como na política portuguesa, ... "atrás de mim virá quem de mim bom fará" !
    Nas próximas eleições vamos mudar as moscas e continuar a ouvir precisamente as mesmas queixas ! :(((

    Cést la vie ! :)))

    Abraço !
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda falta algum tempo, Rui.
      Já estive mais convencido dessa alteração de moscas que agora.
      Anda é provável.
      Mas já foi mais.
      Aquele abraço

      Eliminar