26 de maio de 2014

Dona de Cabaré processa Igreja no Ceará


Em Aquiraz, região metropolitana de Fortaleza, Tarcilia Bezerra começou a construção de um anexo do seu cabaré, a fim de aumentar suas "actividades", em constante crescimento.
Em resposta, a igreja neopentecostal da localidade, iniciou uma forte campanha para bloquear a expansão, com sessões de oração, no seu templo, de manhã, à tarde e à noite.
Os trabalhos de construção e reforma progrediram até uma semana antes da reabertura, quando um raio atingiu o cabaré de Tarcilia, queimando instalações eléctricas e provocando um incêndio que destruiu tudo.
Tarcilia processou a igreja, o pastor e toda a congregação, com o fundamento de que a Igreja "foi a responsável pelo fim de seu prédio e do seu negócio, seja através de acções ou meios de intervenção divina, directa ou indirecta."
Na sua resposta à acção, os demandados, designadamente a igreja, negaram veemente toda e qualquer responsabilidade ou ligação das suas orações com o fim do cabaré.
O juiz, veterano, leu a reclamação da autora e a resposta dos réus e, ao iniciar a audiência, comentou:

-"Não sei como vou decidir neste caso, porquanto pelo que li até agora, tem-se:
- uma proprietária de puteiro que acredita firmemente no poder das orações;
- e uma igreja inteira que pensa que as orações não valem nada".

16 comentários:

  1. ~ ~ ~ Está muito engraçada!

    ~ Não está muito longe da realidade.

    ~ Desde o tempo da Rosa Maria da R. do Capelão,
    na Mouraria, a tal do dia da Senhora da Saúde, que
    sabemos que estas senhoras podem ser muito devotas.

    ~ ~ ~ Beijinhos. ~ ~ ~

    ResponderEliminar
  2. Quem deve ter ganho com a estória, independentemente da sentença do Juiz, foi a Igreja. Com um milagre destes a fé recrudesceu e até o team do bataclã vai passar a pagar o dízimo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que eu gostava dessa novela, Agostinho.
      Gabriela foi, sem dúvida, a grande novela que a televisão passou.
      Bem perto ficaram Roque Santeiro e O Bem Amado.
      Todas com o enorme Paulo Gracindo.

      Eliminar
  3. :))) Realmente, parece tudo um bocado ao contrário :)

    ResponderEliminar
  4. Se a igreja ajoelhou, rezou e a Dª Bezerra ficou arruinada, se eu fosse o juiz julgava a favor da prejudicada! eheheh

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  5. Presumo uma sentença muito complicada, de facto...

    ResponderEliminar
  6. Caro Amigo Pedro Coimbra!
    A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, tem uma parceira de ofício, A Ernestina do Rego Dourado, que teve que procurar outro puteiro para exercer seu ofício, depois que o trabalhava foi calcinado.
    A Dona Tarcilia Bezerra abriu outro puteiro na cidade de Pau Grande, que fica no estado de Rondônia!
    Caloroso abraço! Saudações emputecidas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver

    ResponderEliminar
  7. Amigo João Paulo de Oliveira,
    Aparece uma mensagem no mail acerca de um comentário seu a este post.
    Mas não aparece o comentário

    ResponderEliminar
  8. Caro Amigo Pedro Coimbra!
    Então reiterarei o comentário:
    A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, disse que tem uma parceira de ofício, a Ernestina do Rego Dourado, que trabalhou no puteiro até o dia que foi calcinado.
    Depois mudou-se para a cidade de Pau Grande, localizada no estado de Rondônia, para trabalhar no puteiro que a Dona Tarcilia do Amaral inaugurou naquela cidade!
    Caloroso abraço! Saudações emputecidas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E estávamos a perder um comentário cinco estrelas como este :)))

      Eliminar