5 de fevereiro de 2014

Não discutam com as crianças!




“Há dois tipos de pessoas que dizem a verdade: as crianças e os loucos.
Os loucos são internados em hospícios. As crianças, educadas.” 
Jean Paul Sartre

1ª Prova:

Uma menina conversava com a sua professora. A professora disse que era  
fisicamente impossível uma baleia engolir um ser humano, 
porque, apesar de ser um mamífero muito grande, a sua garganta é muito 
pequena.
A menina contrapôs que Jonas foi engolido por uma baleia.
Irritada, a professora repetiu que uma baleia não poderia engolir um ser 
humano: era fisicamente impossível.
A menina então disse: - 'Quando eu morrer e for para o céu, vou perguntar ao 
Jonas'.
A professora perguntou-lhe, sarcástica:
- 'E o que acontece se o Jonas tiver ido para o inferno?'
A menina respondeu:

- Então é a senhora que vai perguntar.

2ª Prova:

Um dia, uma menina estava sentada na cozinha observando a mãe a lavar os 
pratos, e de repente percebeu que a mãe tinha vários cabelos brancos 
sobressaindo entre a sua cabeleira escura.
Olhou para a mãe e perguntou:
- 'Por que é que tens tantos cabelos brancos, mamã?'
A mãe respondeu:
- 'Bom, cada vez que te portas mal e me fazes chorar ou ficar triste, um dos 
meus cabelos fica branco'.
A menina digeriu esta revelação por alguns instantes e disse de imediato:

- 'Mãe, por que é que todos os cabelos da avó estão brancos?'


3ª Prova:

Uma professora de creche observava as crianças de sua turma a desenhar.
Ia passeando pela sala para ver os trabalhos de cada criança.
Quando chegou ao pé de uma menina que trabalhava intensamente, perguntou-lhe 
o que estava a desenhar.
A menina respondeu:
- 'Estou a desenhar Deus.'
A professora parou e disse:
- 'Mas ninguém sabe como é Deus.'
Sem piscar e sem levantar os olhos do seu desenho, a menina respondeu:

- 'Saberão dentro de um minuto'.

4ª Prova e última:

Todas as crianças tinham ficado na fotografia e a professora estava 
a tentar convencê-los a comprar uma cópia da foto do grupo.
- 'Imaginem que bonito será quando vocês forem grandes e todos digam «ali 
está a Catarina, é advogada,» ou também «este é o Miguel. Agora é médico»'.
Ouviu-se uma vozinha vinda do fundo da sala:

- 'E ali está a professora! Já morreu'.


==================

'Jamais desesperes no meio das sombrias aflições da vida,
pois das nuvens mais negras cai água límpida e fecunda.'
(Provérbio Chinês)



TENHAM UM ÓPTIMO ANO DO CAVALO!!

40 comentários:

  1. Para si tb Pedro.
    Se não fossem os adultos, as crianças continuariam a ser honestas nas suas respostas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As minhas filhas são de uma honestidade terrível, Catarina.
      De me deixar de queixo caído :))

      Eliminar
    2. Continuo criança?

      Sou sempre honesta nas minhas respostas!

      Eliminar
  2. NUNCA discuto com as crianças!!!

    Estas anedotas são um mimo.

    O Jean Paul Sartre esqueceu-se dos bebedos, esses também dizem a verdade.

    TAMBÉM LHE DESEJO UM ÓPTIMO ANO DO CAVALO, PEDRO.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ematejoca,
      Imperdoável esquecimento do Sartre :)))
      San Lin Fai Lok!!

      Eliminar
  3. Que maravilha e as crianças têm sempre a resposta para tudo, melhor dizendo não complicam:)

    Para ti te todos os teus ambém um bom ano do Cavalo e que ele trote bem sobre os países oprimidos e desgraçados por governos "sem adjectivo".

    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. SEMPRE, Fatyly!!
      E as mais inesperadas.
      Kung Hei Fat Choi!!
      Beijos

      Eliminar
  4. Muito boas! Kung Hei Fat Choi!
    Mor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mor,
      Cada vez mais entendo Fernando Pessoa.
      O melhor do Mundo são mesmo as crianças.
      Kung Hei Fat Choi!!

      Eliminar
  5. Todo o ser humano deveria manter o 'estatuto' de criança.
    O mundo seria bem melhor.

    Aquele abraço.

    ResponderEliminar
  6. Espectacular, Pedro!
    Benvindo de volta, amigo, um óptimo Ano do Cavalo para si e sua família!
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ricardo,
      No seu dia de aniversário, um post sobre a terrível honestidade das crianças.
      Que as nossas filhas nos lembram todos os dias.
      Grande abraço e votos de um dia muito feliz!

      Eliminar
  7. Embora tenhamos cada vez menos crianças são elas que dão cor ao cinzento dos dias! :)
    Bom ano do cavalo...sem discutir com as crianças!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse é uma dos grandes dramas do nosso tempo - o cada vez mais reduzido número de nascimentos.
      Assustador.
      Abraço!

      Eliminar
  8. É pena que ao atingir a idade adulta se perca a espontaneidade e...a franqueza!
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A honestidade,a espontaneidade, a franqueza, que as crianças têm, muito raramente passam para os adultos, Carlos.
      Aquele abraço!

      Eliminar
  9. ahahahah... A fantástica "sabedoria" das crianças ! :)) ... Pena crescerem e serem "educadas" ! rsrsrs

    Kung Hei Fat Choi ! ... e um abraço ! :))
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Inimitável e inigualável, Rui
      Kung Hei Fat Choi!!

      Eliminar
  10. rrrsss Estupendas estórias.

    Mas há um erro: na Creche é impossível acontecer algo parecido com aquela cena. Pelo que só se pode ter passado no jardim de Infância, agora designado por Pré-Escolar.

    Bom dia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As minhas filhas andaram em jardim de infância de ensino português e de ensino chinês.
      Nos de ensino chinês, desde pequeninos, aquilo já é um bocado exigente, São.
      O português está a seguir agora o mesmo caminho, designadamente com o ensino das línguas.
      As crianças aprendem português, chinês e inglês.

      Eliminar
    2. Eu sei que o modelo chinês é muito duro.

      Penso, pelo menos pelas informações que tenho, que uma das coisas fundamentais em Educação, que é o respeito pela criança ( não significa não lhe colocar limites nem nada disso) é coisa que não existe.

      E não me parece que seja com insultos e métodos assim que se deve educar, senão daqui a pouco estamos a praxar as pobres criancinhas, rrrss

      Estou a basear-me no que tenho lido, mas talvez seja tudo de outra maneira e ficaria contente que assim fosse.

      Daqui, desejos de excelente Ano do Cavalo para si e as suas três meninas

      Eliminar
    3. São,
      Isso é exagero.
      Pelo menos em Macau.
      São exigentes, começam muito cedo a exigir muito, mas longe de qualquer desrespeito ou coisa que o valha.
      Era o que faltava!
      Tentem fazer isso às minhas filhas.....

      luisa,
      As crianças são mesmo o melhor que o Mundo tem :)

      Eliminar
  11. Respostas
    1. Margoh,
      As respostas das crianças, prontas, na ponta da língua, são irresistíveis.
      Beijo

      Eliminar
  12. Sempre resposta/pergunta na ponta da língua.

    ResponderEliminar
  13. O Mundo seria melhor se começássemos por adultos a brincar e depois fossemos crianças a orientar o Mundo, não ???

    Eu sou do signo chinês da serpente e tenho medo de ser pisado por algum cavalo !!! :))) Bom Ano obviamente !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O ano, supostamente, não é bom para a serpente, Ricardo.
      Para o Dragão é assim como pãozinho sem sal.
      Aquele abraço!

      Eliminar
  14. Também para o Pedro!

    Eu não discuto com crianças, não gosto de violência, elas serão a continuação do ser humano, os nossos homens do amanhã.

    beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem é violento com crianças é cobarde, Adélia.
      Tão simples como isso.
      Beijinho

      Eliminar
  15. Adorei tudo e fiquei com o provérbio chinês se mo deixar levar.
    Beijinho. :))

    ResponderEliminar
  16. Bom ano do cavalo. Tudo a correr pelo melhor.
    Pois! Cuidado com o que se diz às crianças.:))
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. GL,
      O mais curioso é ver muitos adultos a tratar as crianças como se fossem parvinhas.
      Depois levam respostas destas.
      Abraço

      Eliminar
  17. Estimado Amigo Pedro Coimbra.
    Mais umas boas lições, pois muito temos que aprender com as crianças e muito cuidado devemos ter ao falar junto delas.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem estiver disposto a isso, e tiver essa possibilidade, pode estar continuamente a aprender com as crianças, Amigo Cambeta.
      Aquele abraço!!

      Eliminar
  18. Caro Amigo Pedro Coimbra!
    Como é do seu conhecimento fui regente de petizes da faixa etária de 9 ou 10 anos num dos cargos públicos que agora estou aposentado!
    Sentia-me revigorado, porque além de aprender sobremaneira com eles lembro de frases memoráveis, como por exemplo: - "Professor quem inventou a Matemática?
    Agradeço e retribuo os auspiciosos votos!
    Caloroso abraço! Saudações petizes!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se tivermos espírito aberto podemos mesmo aprender muito com as crianças, Amigo João Paulo de Oliveira.
      Grande abraço!!

      Eliminar