12 de fevereiro de 2014

Casa flutuante com piscina - um exemplo a seguir por todos



Para os que não são do Rio de Janeiro é necessário uma explicação.

As imagens que vão ver são absolutamente reais.

Trata-se de um carioca típico que soube "fazer a caipirinha do limão azedo que a vida lhe deu".

Na verdade, trata-se de um 'Sem Teto' com muita imaginação.



Em pleno Canal do Cunha (um valão em plena Baía de Guanabara que separa o continente da Ilha do Fundão, onde funciona a Universidade Federal do Rio de Janeiro)
ele construiu uma "plataforma" que funciona como a sua moradia ambulante.


Só sucata plástica e o que mais encontra (de forma abundante) boiando ao seu redor, este "artista" vai ampliando os seus domínios.

Além da "piscina" retratada nas imagens ele ainda tem garagem (onde se encontra estacionado um Opala que não roda) e um hangar para o jet sky com defeito.
Já recebeu a visita das autoridades da cidade e virou atração turística!
Isto é o Rio de Janeiro .




17 comentários:

  1. Respostas
    1. É mesmo caso para comentar que isto é que é fazer limonada com os limões que a vida nos atira, Catarina

      Eliminar
  2. Vontade de tornear e vencer as esquinas da vida. Fabuloso!

    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em vez de chorar o azar, fez o melhor com o que a vida lhe deu, Fatyly.
      Não haverá muita gente assim.
      Beijos

      Eliminar
  3. Meu Deus!
    Pelo Cristo do Corcovado!
    Será que a baía vai tornar-se uma imensa favela?!!!
    Não bastam as que existem na ilha do Governador?
    Um país emergente, completamente incapaz de resolver os seus problemas sociais.
    ~ ~ ~ Abraço ~ ~ ~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Majo,
      Se a iniciativa dele é louvável, também é verdade que, se começa a ser replicada, temos ali um sério problema urbanístico.
      Não me parece que fosse muito aconselhável eu ocupar um pedaço da frente marinha de Macau com um projecto semelhante :)

      Eliminar
  4. Pedro,

    apetece-me citar Jobim e dizer:

    «Um cantinho e um violão
    Este amor, uma canção
    Pra fazer feliz a quem se ama

    Muita calma pra pensar
    E ter tempo pra sonhar

    Da janela vê-se o Corcovado
    O Redentor que lindo

    Quero a vida sempre assim com você perto de mim
    Até o apagar da velha chama

    E eu que era triste
    Descrente deste mundo
    Ao encontrar você eu conheci
    O que é felicidade meu amor

    O que é felicidade, o que é felicidade»

    Aquele Abraço, grande Amigo!!!

    P.S. - Não sei se sabe, mas o Benfica deu, ontem à noite, um "banho" de bola ao Sporting Comédia de Portugal!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acabo de ver o resumo do jogo, Ricardo.
      Pelo resumo, poucas vezes o Sporting conseguiu arranhar o Benfica.
      Que é, não custa reconhecer, a equipa mais sólida e a jogar melhor futebol em Portugal.

      Não fosse eu um fã incondicional do Jobim para ter adorado a citação
      Aquele abraço!!!

      Eliminar
    2. É verdade, Pedro. O Sporting esteve irreconhecível todo o jogo mas mais ainda na 1ª parte.
      Ficará para uma próxima...

      Eliminar
    3. Tite,
      Foi UM jogo.
      Nada mais que isso.
      No qual o Benfica esteve bem (está melhor que os outros mas ainda falta MUUUUIIIITO para a época acabar) e o Sporting mal.
      Acontece.
      Francamente, o Sporting até está a fazer mais do que eu imaginaria.

      Eliminar
  5. ..isto é Brasil
    meu Brasil
    Brasileiro....♫

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A atitude dele perante as agruras da vida é excelente, Margoh.
      Um grande exemplo.

      Eliminar
  6. Qualquer dia é expropriado por um "Gavião da vida" que acha que o espaço é dos seus antepassados.

    ResponderEliminar