31 de outubro de 2013

Novas tarifas de táxis


Menos de um ano depois do último aumento, as associações de táxis aparecem a reivindicar novo aumento de tarifas.
E com percentagens nada moderadas.
Haverá poucas matérias tão consensuais em Macau como aquela que se refere ao serviço prestado pelos táxis - feios, porcos e maus.
Nem vale a pena estar a repisar os mesmos argumentos, as mesmas falcatruas, a mesma falta de respeito, de educação, de higiene.
Ainda assim, com uma opinião pública claramente hostil e saturada, as associações ligadas ao sector atrevem-se a reivindicar novo aumento de tarifas.
E o Executivo responde que vai ponderar.
Opinião muito pessoal - o Executivo deve concordar com o aumento das tarifas ora solicitado.
Até deve propor um aumento em valor superior.
Mas, em contrapartida, as associações de taxistas têm que aceitar uma troca das viaturas que estão a cair de podres, têm que aceitar uma revisão da regulamentação que abrange o sector, com penalizações mais elevadas, têm que submeter-se a formação, designadamente cívica e linguística.
E o Governo tem que tornar eficaz a supervisão do sector.
A que existe agora é uma caricatura.
Então, temos acordo??
Ou, seguindo o léxico político local, há consenso??

8 comentários:

  1. Caro Amigo Pedro Coimbra!
    Aqui, pelo menos neste quesito, não estamos nesta mesma cruciante situação.
    Caloroso abraço! Saudações taxistas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    PS - Meu saudoso pai, o Sr. Benedito de Oliveira (1919-1997), provia sua numerosa prole exercendo o ofício de taxista.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os taxistas aqui são uns verdadeiros crápulas (as excepções são muito poucas) Amigo João Paulo de Oliveira.
      E dão uma péssima imagem a quem chega e a quem sai de Macau.
      Ainda assim, têm a suprema lata de pedir um aumento brutal de tarifas (30%, no mínimo) menos de um ano depois do último aumento.
      Repito - se concordarem com todas aquelas contrapartidas, até aceito que lhes seja dado um aumento maior.
      Com os serviços que prestam, merecem é ser severamente punidos.
      Aquele abraço!!

      Eliminar
  2. Respostas
    1. De mal a pior, Rosa dos Ventos.
      E é com profunda tristeza que o afirmo :(

      Eliminar
  3. Nem sei que lhe diga, mas para o "consolar" vou-lhe contar um episódio acontecido em Lisboa comigo e mais três pessoas amigas.

    Aterrámos na Portela e , pensando eu que seria o motorista a colocar a bagagem no carro(afinal nem a esse trabalho se deu), sentei-me à frente e logo apareceu o dito a(fingir) pôr o taxímetro a funcionar.

    Quando chegámos , ao terminal ai Campo das Cebolas disse que eu mexera no taxímetro e , portanto, aquilo deixara de funcionar e eu, embora o negasse, acabei por lhe dar 15 euros.

    Depois de saírmos os quatro e começarmos a tirar as malas, o senhor , repentinamente, arranca com a porta da bagageira aberta e parte ainda da nossa bagagem. Começámos a gritar e uma pessoas que esravam a assistir um pouco mais à frente também gritaram e o tipo lá parou.

    O que nós deveríamos ter feito era pedir a identificação e apresentar queixa!

    Aliás, foi o que fiz relativamente a uma outra situação , também muito sui generis,ocorrida no Barreiro.

    Bom dia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A última vez que aí estive também houve um caramelo que recusou transportar-nos.
      Pensava que só queríamos ir da Gare do Oriente para o Aeroporto.
      O colega que estava atrás levou-nos ao hotel onde íamos passar a noite e, quando passamos por ele, mostrei-lhe aquele dedo que se mostra quando se quer mandar alguém pra o c........ :)))

      Eliminar
  4. os taxistas são uma classe intragavel em qualquer parte do mundo! Os nossos deviam ser todos suspensos quando fazem as gracinhas habituais, escolhem os clientes, não passam facturas, fazem chantagem, são mal educados e ninguém os fiscaliza. Para que serve a DSAT?!
    Bom fim-de-semana, Pedro!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A DSAT serve para fazer de conta que há fiscalização, mor.
      Bom fim-de-semana!!

      Eliminar