A Mona Lisa e o mono liso



Há já alguns anos, comentando a substituição de Teresa Patrício Gouveia por Pedro Santana Lopes no cargo de Secretário de Estado da Cultura, Artur Bual disse que era o mesmo que substituir a Mona Lisa por um mono liso.
Donald Trump, Ruth Bader Ginsburg e Amy Coney Barrett, mutatis mutandis.
Ruth Bader Ginsburg, famosa por ser um ícone do movimento feminista, com larga experiência de vida e profissional, poderá ser substituída por alguém que é apresentada precisamente como o seu oposto.
Amy Coney Barrett é jovem, pouco experiente, profundamente conservadora e religiosa, feroz defensora do direito ao porte e uso de armas, feroz opositora da interrupção voluntária da gravidez mesmo em casos de violação.
Mas beneficia da pressa de Trump para ocupar uma vaga no Supremo Tribunal com alguém da sua confiança para conseguir uma nomeação vitalícia à custa de uma estratégia eleitoral para um eventual ciclo de quatro anos.
Delfim de Antonin Scalia, com quem trabalhou directamente, Amy Coney Barrett foi nomeada juiz precisamente por Donald Trump em 2017.
Conhecida também por ser frontal opositora do célebre Obamacare, Amy Coney Barrett desnudou-se quando afirmou publicamente que a “carreira no Direito não é nada além de um meio para um fim. E esse fim é a construção do reino de Deus”.
É ela quem Donald Trump quer ver confirmada rapidamente no Supremo Tribunal dos Estados Unidos.
E com essa nomeação garantir uma maioria Republicana nos tribunais depois de já ter nomeado mais de 300 juízes para tribunais estaduais.
A que pretende somar uma maioria no Senado com a impossibilidade de alteração da Constituição, dos círculos eleitorais e do Colégio Eleitoral. 
A perfeita definição de batota no suposto bastião da democracia.
Ou, como ele próprio tantas vezes diz, rigged system.  

Comentários

  1. Tantos os republicanos como os democratas a consideram uma mulher muitíssimo inteligente com uma grande habilidade para desviar/evadir as perguntas feitas pelos democratas. E é o que vai acontecer. Toda a gente compreendeu esta pressa de preencher o lugar de RBG. Estava de caras. E o que é mais revoltante e extremamente perigoso é que ele (Trump) vai levar a sua àvante e não há nada que os democratas possam fazer a não que mais dois ou três republicanos votem contra. Barrett vai fazer desaparecer o legado de RBG e o Obamacare. Trump nunca perdou McCain por ter votado da forma como votou para que o Obamacare continuasse. Trump é vingativo. Sempre odiou Obama e receio que vai conseguir o seu objetivo. Vergonhoso. Perigoso.
    O que espero é que os republicanos sofram – por muitos anos - as consequências por exercerem o seu poder desta forma.
    Amy Barret é católica. Li que pertence a um grupo católico secreto chamado “People of Praise”. Tem 7 filhos. Cinco biológicos e 2 adotados do Haiti. Não quero duvidar da bondade desta mulher, mas posso acrescentar que, politicamente, soa muito bem!
    Costumava-se dizer que “ninguém dá ponto sem nó.”

    ResponderEliminar
  2. “Tantos” sem “s”.... “ávante” sem acento... e mais outros erros ortográficos... tenho uma desculpa... é tarde!! : )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se Trump já estava revoltado com McCain mais ficou agora com o apoio da viúva (Cindy) a Biden, Catarina.
      Esta senhora soa a uma versão jurídica da Sarah Palin.
      O perpetuar dos Republicanos no poder graças a uma batoteiro compulsivo.

      Eliminar
    2. Não, Amy Barrett não tem nada a ver com Sarah Palin. Esta última teve os seus 15 minutos de fama numa época tipo palhaçada. Barret é bastante respeitada, mesmo que não concordem com a sua postura em determinadas questões. Não tenho grandes pormenores sobre a sua vida familiar, sei apenas que o marido é procurador geral e que têm 7 filhos... o que me leva a pensar como tiveram tempo para ambos se dedicarem à sua carreira e tomarem conta de tantos filhos. Dá que pensar. Ela tem apenas, creio, 48 anos e foi nomeada para um dos cargos mais importantes da nação. É caso para assumir, sem grande margem de erro, que tiveram muita ajuda na criação dos filhos... e talvez ela não saiba por experiência as dificuldades que os pais têm em manter um equilíbrio familiar saudável. O dia tem apenas 24 horas. Que as suas crenças religiosas não interfiram nas suas decisões quanto a assuntos relacionados com as mulheres... Mas todos nós sabemos o que vai acontecer...

      Eliminar
    3. Eu comparei as duas nessa vertente, Catarina, a crença religiosa, a intransigência perante o aborto.

      Eliminar
  3. Ouvi ontem a notícia e nem sei que dizer. Se eu fosse americana estaria muito preocupada.
    Abraço e saúde

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não sou americano e estou, Elvira.
      É mau para todos.
      E com os líderes que têm, China e Estados Unidos vão andar cada vez mais à batatada.
      Abraço e saúde

      Eliminar
  4. Trafulhices e mais trafulhices.
    Como estará a reagir Trump e a sua turma às sondagens onde, ao momento, está atrás de Biden? E as vigarices com o fisco?
    Let's wait and see.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A reacção é esta, António.
      Se perder vai contestar os resultados nos tribunais o mais que puder.
      E, para ganhar nos tribunais, enche-os de fiéis.
      Aquele abraço

      Eliminar
  5. Tudo o que este senhor faz é uma verdadeira batotice, já não há pachorra
    Um abraço e boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    Livros-Autografados

    ResponderEliminar
  6. Ouvi ontem nas notícias e pensei cá para os meus botões, que o comum dos americanos, não vai ter capacidade de análise política e vão só focar-se na beldade da senhora e no facto de ter sete filhos, dois adotados.
    Para Trump, não interessa ser, o importante é parecer.
    As ideias da dita senhora são preocupantes.

    Beijos Pedro

    ResponderEliminar
  7. Mais um cromo anedótico para divertir ou infernizar os 'estadunidenses'
    Bom fim de tarde.
    Beijinhos, Pedro.
    ~~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O pior é que esta paranóia se reflecte no resto do Mundo, Majo.
      Beijinhos

      Eliminar
  8. Não conhecendo nada sobre a pessoa escolhida para substituir ( a insubstituível ) Ruth Bader Ginsburg , resta-me acrescentar ao já exposto pelo Pedro que, face à afirmação da escolhida, a senhora usou a carreira de Direito como trampolim para voos mais altos.
    Seria este o seu patamar em vista? Talvez ainda sonhe voar mais alto, quem sabe?
    Enfim, a política cheira (quase) sempre mal...

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E tem fortes aliados nesses seus intentos, Janita.
      Está aqui a prova.
      Beijinhos

      Eliminar
  9. Tenho andado um pouco afastada da política.

    Isabel Sá  
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  10. Que pensarão os americanos de tudo isto?
    devem talvez declarar que é democracia
    tanto parece verdadeiro o falso
    como o falso parece verdadeiro
    mas que guerra dos mundos!

    ResponderEliminar
  11. Respostas
    1. Pela taxa de aprovação do Trump parece que gostam, Angela
      O quanto mais me bates mais gosto de ti

      Eliminar
  12. Contratempois e tempos que ninguém entende.
    .
    Um dia feliz
    Abraço

    ResponderEliminar
  13. Fico tão triste com algumas coisas que acontecem por esse mundo fora.

    ResponderEliminar
  14. Estou a acabar de ler um livro sobre o declínio da Democracia e as patifarias que escroques como Trump e semelhantes fazem para obter o Poder : é verdadeiramente assustador e revoltante!

    O pior é que os EUA têm uma presença muito importante no mundo.

    Boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obter e manter, São.
      É isso que ele está a tentar fazer.
      E realmente o drama é o que acontece nos estados Unidos nunca ficar só dentro das fronteiras do país.

      Eliminar
  15. Boa tarde Pedro. Essa decisão tem um propósito claro. Fortalecer os pensamentos dos Republicanos.

    ResponderEliminar
  16. Acho que tal se aplica a todos os ministros, deputados e presidentes. Como se diz por aqui: a merda é sempre a mesma, o cheiro é que é diferente! Bjinho

    ResponderEliminar
  17. Li em qualquer parte que haverá possibilidade de contornar a situação se ganharem os democratas e aumentarem depois o número de juízes, nomeando outros

    ResponderEliminar
  18. i can't wait to see who is replacing the Trump

    let's see who is the new puppet
    blessings!

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares