24 de julho de 2012

Os efeitos do tufão Vicente em Macau

Macau ainda vive o rescaldo da passagem do tufão Vicente pelo território.
O tufão, que entrou em terra esta manhã, foi muito forte (sinal 9 em Macau e sinal 10 em Hong Kong, o que significa que bateu mesmo em cima das duas cidades) e deixou atrás muita destruição nos dois lados do Delta do Rio das Pérolas.
Ficam algumas imagens dos efeitos sentidos em Macau e a promessa de voltar ao vosso convívio com mais calma amanhã.









8 comentários:

  1. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    Foi um tufão mais fortes a tingir Macau desde o ano de 1999.
    Eu tive que ouvir a desde a primeira sinfonia até à nona, do vento, do tufão Vicente, e ainda presiste na terceira sinfonia.
    Foi um noite passada em claro, aqui na zona da Praia Grande onde o assobio do vento e de suas rajadas não me deixaram descansar.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  2. Caro confrade Pedro Coimbra!
    Como deve ser aflitivo viver numa região assolada por tufões.
    Caloroso abraço! Saudações incólumes!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderEliminar
  3. Caros Amigos Cambeta e Prof. João Paulo de Oliveira,
    Felizmente, na zona onde vivo (Estrada de Lou Lim Ieok), quase não se sentiu nada.
    Fica na montanha, o prédio é baixinho (seis andares), a minha casa fica no primeiro andar.....em resumo, é muito abrigado e só através das notícias (na televisão e nas redes sociais) me apercebi da dimensão do tufão.
    Já tinha apanhado um com sinal 10, em 1999, e não me lembro de ter sido tão violento e com resultados tão devastadores.

    Hoje, como é hábito, vivemos os restos, "o rabo do tufão".
    Que é sempre muito ventoso e chuvoso.
    Vamos ver se amanhã já está melhor.

    Grande abraço aos dois!!

    ResponderEliminar
  4. Terrível!!!

    Falar sobre o sucedido? Não dá.
    Só visto e sentido.

    Oxalá a normalidade regresse bem depressa.

    Um abraço solidário.

    ResponderEliminar
  5. É horrivel!
    É dos meus grandes medos, estas partidas que a mãe Natureza tão bonita nos prega.

    Beijinhoe uma flor

    ResponderEliminar
  6. Pedro
    O comentário anterior foi feito por mim, mas o Rodrigo tinha a sessão dele aberta.
    As minhas desculpas.

    ResponderEliminar
  7. António,
    Depois da passagem do tufão, sempre, os dias que se seguem são de chuvas intensas, vento, trovoadas.
    Ontem foi assim hoje também é.
    Amanhã?
    Veremos.
    Aquele abraço


    Adélia,
    Acontece :))

    Faz mais impressão vendo do que vivendo.
    Em minha casa quase não senti.
    Mas, como as imagens mostram, houve prédios que viveram momentos muito complicados.
    Agora é a chuva, o veto, a trovoada que vêm sempre com "o rabo do tufão".
    Beijinho

    ResponderEliminar
  8. Pedro,
    espero que esteja tudo bem consigo e família!
    Abraço

    ResponderEliminar