28 de novembro de 2010

Empate em Alvalade, e derrota do Guimarães na Madeira, podem isolar Benfica no segundo lugar

O clássico de Alvalade deixou o Sporting definitivamente fora da corrida ao título.
O empate (1-1) é penalizador para os leões.
Aceitável para os dragões.
Num jogo que ficou marcado por várias curiosidades - três antigos jogadores do Porto no onze do Sporting (Pedro Mendes, Maniche e Postiga), contra três antigos jogadores do Sporting no onze do Porto (Moutinho, miseravelmente recebido em Alvalade, Emídio Rafael e Varela), o Sporting dominou a primeira parte do jogo, período no qual acabou por marcar o seu golo.
Um golo irregular, uma vez que Valdés, o marcador, estava em posição de fora-de-jogo quando recebeu a bola.
Rui Patrício chutou, Maicon falhou a intercepção, o árbitro e os auxiliares não viram a posição irregular do chileno, e Valdés marcou.
Já depois de Pedro Mendes ter atirado à barra e perante um Porto manietado pelo Sporting.
Para esse apagamento portista, vários factores contribuíram.
Uma grande dinâmica do trio de centro-campistas do Sporting, uma noite muito apagada de Fernando, algum sentido de desamparo do tridente ofensivo do Porto.
Factores que foram corrigidos ao intervalo e que levaram os portistas a empatar o jogo logo aos 57 minutos por Falcao.
Cresceram os dragões, encolheram-se os leões.
Até que Maicon, que já tinha falhado no golo do Sporting, cometeu um erro infantil.
Facilitou, perdeu a bola para Liedson, derrubou o luso-brasileiro e viu o vermelho directo (e terá perdido logo ali o lugar para Otamendi).
Villas-Boas mexeu na equipa, mas o Sporting teve novo ascendente no jogo.
Inconsequente, contudo.
Não foi um grande jogo.
Foi um jogo intenso, com casos, com polémica, duas expulsões (Maicon e Villas-Boas), com uma atitude deplorável dos adeptos do Sporting perante João Moutinho, que deixa o Sporting fora da corrida ao título, permite ao Benfica a possibilidade de ganhar em três campos e encurtar para oito pontos o atraso para o Porto.
Basta ganhar em Aveiro.
Isto porque, para além do empate em Alavalade, houve também ontem a derrota (2-0) do Guimarães na Madeira (Pedro Martins ganhou fôlego).
Já depois de, no sábado, a Académica ter ganho em Setúbal (1-0 que vale o quarto lugar).
Ontem ainda, o Paços bateu o Olhanense.
Também por 1-0.


Sem comentários:

Enviar um comentário