9 de janeiro de 2014

Antevendo o Benfica/Porto


Não, não vou adivinhar resultados, muito menos dar palpites.
Porque é um daqueles jogos cujo resultado é imprevisível.
Nenhuma das equipas está a fazer uma época particularmente entusiasmante, nenhuma delas ainda conseguiu chegar perto de elevada nota artística, para citar Jorge Jesus.
Pelo contrário, ambas já tiveram momentos muito maus.
No entanto, lá estão, coladas ao Sporting, no topo da tabela classificativa.
A última jornada da primeira volta deste campeonato poderá desfazer este trio (o Sporting joga com o Estoril, quarto classificado, no sábado).
Aconteça o que acontecer, e como portista espero que o Porto ganhe, este dérbi será marcado pela memória de Eusébio.
Eusébio que, não estando presente fisicamente, estará presente na memória de todos.
Assim, o que sinceramente espero que venha a acontecer é que essa memória seja honrada.
Ganhe quem ganhar, que seja um bom jogo, que seja uma boa peleja, com correcção da parte de todos os intervenientes, com todos a darem o máximo, dentro e fora do campo, mas com total respeito pelo adversário.
Julgo que será esta a melhor forma de homenagear a memória e o legado de Eusébio.
Muito mais que uma mera faixa preta nas camisolas e um minuto de silêncio no Estádio.

19 comentários:

  1. Concordo inteiramente com os três últimos parágrafos.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente, não acredito muito que os meus desejos se convertam em realidade, Majo.
      Beijinho

      Eliminar
  2. Hoje passo adiante expressando a minha opinião:
    -Que seja um jogo bonito onde se realcem as características desportivas. Que haja respeito, camaradagem e um bom espectáculo.
    Ganhar ou perder é uma sequência da arte de defesa ou de ataque certeiro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É também isso que peço, luis.
      Não vou mentir, ficava mais contente se o Porto ganhasse.
      Mas não haverá nenhuma tragédia se isso não acontecer.

      Eliminar
  3. Não vejo e não gosto de futebol, mas estou inteiramente de acordo contigo e que seja um jogo com muito fair-play, dentro e sobretudo fora do campo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não me lembro de o Eusébio ter sido incorrecto com nenhum adversário, Fatyly.
      Apesar da muita porradinha que levou.
      Sigam-lhe o exemplo.
      Dentro e fora do campo.

      Eliminar
  4. Várias pessoas defendem o mesmo.
    Estou pessimista.
    Não sinto que tal facto consiga impedir os gladiadores. Infelizmente.

    Pode ser um bom jogo. Dentro das quatro linhas.

    Aquele abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente, é essa exactamente a minha opinião.
      E lá vem a pergunta sacramental, António - as direcções dos clubes, e as forças policiais, ainda não sabem quem são esses gladiadores para lhes interditarem a aproximação as estádios?

      Aquele abraço!!

      Eliminar
  5. Sendo sportinguista( e mesmo que interessada fosse directamente) concordo plenamente: que seja um jo leal e bem disputado , porque essa é a melhor forma de preitear o enorme jogador que estará presente na memória de toda a gente!

    tenha bom dia e e muito obrigada pelo preenchimento do Questionário, rrss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas é indirectamente interessada, São
      Sendo sportinguista, e assumindo que o Sporting ganha ao Estoril, um empate vinha mesmo a calhar.
      Que seja um bom jogo, correcto, isso é o mais importante.

      Não custou nada e é por uma excelente causa.

      Eliminar
  6. Concordo em absoluto consigo, meu caro.

    Aquele abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema é que eu escrevi o que desejo que aconteça.
      Não o que acho que realmente vai acontecer :(
      Aquele abraço!

      Eliminar
  7. Pois e eu acho que faz muito bem em ficar! :)
    Com o tempo vai ver que valeu a pena (isto é que é confiança :))) ou vaidade???)

    Já que o fim de semana está próximo, aproveite-o em beleza.

    PS - Desculpe não comentar o post mas de futebol não percebo patavina! Sei apenas que há 22 homens num campo relvado, e apenas uma bola para todos eles. Não era mais fácil porem lá 22 bolas? Digo eu... não sei...

    Beijinhos
    Mariazita
    (Link para o meu blog principal)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mariazita Azevedo,
      Agora fez-me rir com o seu comentário sobre o futebol :))
      Beijinhos

      Eliminar
  8. Em memória de Eusébio, cujo exemplo de desportivismo e amor ao futebol, devia ser bem observado por todos, creio que será certamente um bom momento e um bom jogo.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que sim, Maria do Sol.
      Mas confesso que temo que seja o contrário.
      Abraço!

      Eliminar
  9. Olá Pedro, que ganhe o melhor sim e que o povo tenha respeito porque existem situações que sinto vergonha, mesmo não gostando de ver futebol e sendo benfiquista sem fanatismo.

    Desde 6ª feira que não vinha ao PC, vim ontem e hoje um pouquinho, estou numa fase difícil que me ocupa o tempo, mas sempre que seja possível virei, nem que seja só para deixar o meu beijinho e uma flor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tudo tem o seu tempo, Adélia.
      Devagarinho, com calma, com muita força interior, tudo se vai recompor.
      Beijinhos

      Eliminar