Nã venham pó Alentejo.



Tô escrevendo aqui no monti
Um poema pós de fora
Viver aqui na presta
Vã-se mas é daqui embora.

As notis aqui sã frias
Nã aguentas nem que te mates
3 mantas Nã te chegam
Até arreganha a pele dos tomates.

Os dias aqui sã tã quentes
As vezes até falta o ari
50 graus n' amarleja
Nem na rua podemos andari.

Na temos aventoinhas
Com o calor nã se pode.
Os velhos usam samarra
E as velhas têm bigode

Querem vir pá cá morari
Nem sabem a bicheza que há aqui
Gato bravo e Saca-rabos
Raposas e javali.

As 5 da manhã tamos-se álevantar
Pa monde ir ver do gado
Nem imaginam o que é Andar
com um pé todo cagado.

Na temos carro de praça
Nem sequer internet
Uns andam aqui a pé
Os outros na biciclete.

Nã temos praia perto,
e só se bebe aqui bagaço
Os sapos aqui sã tã grandes
Espetam com cada cagaço...

As casas nã têm luz
E lume é no chão
O gerador só faz barulho
Pá gente ver a tlevisão

Já dizia a outra porca
É nos montis ca gente móra.
Como já viram, isto na presta
Vã-se mas é daqui embora.

Se antes era deserto
Agora continua a ser
Nem os queremos aqui tã perto
Nem os queremos aqui a viver.

Podem vir visitar
Mas venham noutra altura
Deixem se aí ficar
Enquanto esta merda dura.

De Um Alentejano que quer ajudar.
Helder Telo

BOM FIM-DE-SEMANA

Comentários

  1. Um alentejano poeta.
    E ele tem muita razão. Agora não queremos cá ninguém nem no Alentejo nem no resto do país.
    Abraço e saúde.

    ResponderEliminar
  2. Um grito poético de alerta sobre a actualidade e oxalá que nem os emigrantes venham porque sim. Adiem para outra altura para bem de todos.

    Abraços e um bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os caos que aqui têm aparecido são todos importados, Fatyly.
      E vão aparecer mais.
      Abraços, bfds

      Eliminar
  3. :))) está demais. Mas eu acrecentava-lh mais uns is no fim d'algumas quadras ; substituía todos os ditongos ou por ô. E ficava quase alentejano.
    Bom fim de semana, Pedro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nã posso fazer isso por mor da coisa dos autores, bea :)))
      Bfds

      Eliminar
  4. Ahahah....Bom fim de semana!
    por aqui vai ser mais do mesmo...ficamos em casa...

    Isabel Sá  
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  5. Bom dia

    Se fores ao Alentejo
    Não vás a pé vai de carro
    Para não ficares a dormir
    de baixo de um chaparro.

    Bfs

    JAFR

    ResponderEliminar
  6. Muito bom! Aqui ontem na cidade, aniversário de P.Alegre! E haviam propagandas para que não visitassem a qniversarinte.Esse seria o presente! abração,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exactamente, haverá tempo para festejar aniversários.
      A minha filha Catarina faz anos na segunda-feira.
      Nem pensar em festas.
      Abraços, bfds

      Eliminar
  7. Se, então, fores ao Alentejo,
    leva conduto porque lá tem pão
    vê as ovelhas pastando no brejo
    e o pastor encostado ao bordão.

    Há quem diga que é um deserto,
    mas, eu não sei se será verdade
    será que do Norte para o Algarve
    os camelos passam pelo Alentejo?

    Gostei, sim, desse alentejanês puro,
    porque é assim que no Alentejo se fala
    caro amigo Pedro, desejo-lhe com tudo
    bom fim de semana, já estou d'abalada!

    ResponderEliminar
  8. Pedro,
    Desabafo poético é
    que temos de melhor!
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar
  9. O gajo sabe da poda :)))
    Bom fim de semana, um abraço.

    ResponderEliminar
  10. Respostas
    1. A brincar e a poetizar vão-se dando uns bons conselhos.
      Há que ficar em casa .

      Bom fim de semana
      Beijos Pedro

      Eliminar
  11. Pensei que o poema fosse teu, oh, gajo!
    Os ditos tem a tua cara. Muito bem feito.
    Alegre sim, porém sério na honestidade.
    Um abraço Pedrão. (virtual, claro)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é de minha autoria, não senhor, silvioafonso.
      Aquele abraço, bfds

      Eliminar
  12. Isto lido em voz alta tem outro salero, lool. Li para o marido. Foi um fartote de rir! :)
    -
    Tudo se recomeça...
    -
    Beijos. Bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  13. Ah, gande alentejano!
    Se fosse como "espantar" os inconscientes, esses que andam por aí numa irresponsabilidade intolerável, seria óptimo.😲
    São alertados, é-lhes explicado tudo e mais alguma coisa, mas respeitarem?!....

    Digo muita vez, e cada vez mais sinto isto: a estupidez é a maior tragédia que pode afectar o homem, homem com letra bem pequenina, não o outro.

    Cuidem-se bem.
    Bjs, Família.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se "fossem capazes de espantar" assim é que está correcto.

      Eliminar
    2. É de experimentar nos idiotas, GL.
      Beijinhos, bfds

      Eliminar
  14. Agora não é tempo de abraços nem de grandes comezainas, Pedro!

    ResponderEliminar
  15. Pedro Coimbra-26 de março de 2020 às 09:22
    Realmente aqui o Executivo tem feito um excelente trabalho.
    A sensação que nós, cidadãos, temos é que está tudo controlado.

    Tão bom poder ler a sua opinião PEDRO
    por cá, eu não confio nem no executivo nem nas pessoas que encabeçam a DGS
    hoje saiu um DESPACHO de bradar aos céus!
    Podíamos ser um País exemplar, pequeno e eles vão estragar tudo!
    ...
    Isto irrita-me, deixa-me de "mãos e pés atados" nada podemos fazer
    a tensão arterial vai subindo, enfim
    as dores de cabeça chegam devido à tensão alta
    e...assim passo hoje o 13º dia de isolamento, nem as escadas do prédio eu desci nestes 13 dias... a ver vamos!
    Vou manifestando a minha frustração e raiva no Facebook
    Bom fim de semana, bjs
    Tulipa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Calma, já faltou mais para o pesadelo acalmar e quiçá acabar.
      Bjs, bfds

      Eliminar
  16. Tá correto o alentejano
    Que se esconde atrás do monte!
    Ele sente no horizonte
    O corona no humano
    De carona e soberano
    A chegar no seu terreno
    Intocado e tão sereno.
    Assim assusta o intruso,
    Que ele acha, que confuso,
    Não vá lá levar veneno!

    ResponderEliminar
  17. O alentejano poetizou com sabedoria e sagacidade! Aqui em Santa Luzia também não tem lugar para ninguém; desde já estão avisados. Rsrs Grande abraço , Pedro. Se cuide amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sobretudo não deixem entrar o idiota do Bolsonaro, betonicou.
      Esse gajo existe????
      Aquele abraço, bfds

      Eliminar
  18. Sempre os maiores os alentejanos ahahahah muito bom!!
    Bom fim de semana Pedro.

    ResponderEliminar
  19. O algarvio subscreve o alentejano. : ))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não os deixem ir ao Alentejo, muito menos passar para o Algarve.

      Eliminar
  20. Grande Helder.
    Excelente
    Bom fim-de-semana.
    Fiquem bem

    ResponderEliminar
  21. O compradri falou beim
    Falou beim e nã é gago
    Nã vã lá p’ró Alentejo
    Cada um que fique em casa
    E ósdespois logo se vei.

    Grande poeta esse meu conterrâneo, Pedro! :)
    Adorei o poema. :)

    Beijinhos e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  22. Meu amigo adorei este belo e bem pertinente poema.
    Infelizmente o pessoal das cidades, preocupados apenas com eles, estão a ir para as aldeias e lugares mais isolados , não pensando que podem levar o vírus consigo e contagiar outras pessoas, muitas delas pessoal idoso e muito vulnerável.
    É tempo de sermos responsáveis por nós e pelos outros.
    Fiquemos em casa!
    Bom fim de semana
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo isso, responsáveis por nós e pelos outros.
      Só assim vencemos esta guerra.
      Beijinhos, bfds

      Eliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares