17 de janeiro de 2019

Pot calling the kettle black


Quem conhece a expressão “pot calling the kettle black”?
E quem conhece a expressão “diz o roto ao nu – porque não te vestes tu”?
Pois, são equivalentes.
Mas convenhamos que o toque anglófono enriquece sempre qualquer texto.
Ao ouvir Nicolás Maduro achincalhar publicamente Jair Bolsonaro é inevitável a associação mental a estas expressões.
Maduro está furioso com o seu homólogo brasileiro porque este não só não enviou nenhum representante à tomada de posse do fantoche venezuelano como ainda teve a desfaçatez de reconhecer o seu maior adversário como legítimo vencedor das eleições.
Consequentemente, como verdadeiro líder do país por ter sido livremente escolhido pelo povo.
Maduro, retaliando no seu habitual tom exaltado, resolveu insultar Bolsonaro apelidando-o de Hitler moderno.
Quem assiste a esta ópera bufa não evita o sorriso e a imediata associação a uma das expressões supracitadas.
Maduro a insultar Bolsonaro?
Vamos deixar os floreados e vamos pensar na sabedoria popular portuguesa – “venha o diabo e escolha”.

40 comentários:

  1. Que o diabo 😈 escolha!!!

    Mesmo o diabo 😈 se sente desorientado, penso eu.

    ResponderEliminar
  2. E mesmo, venha o Diabo e escolha!! Os politicos Mundiais estao cada vez piores!

    ResponderEliminar
  3. O quê? O Stalin insultou o Hitler? Ao que este mundo está a chegar...

    ;)

    ResponderEliminar
  4. É sim Pedro, uma ópera bufa protagonizada por dois propagandistas políticos.
    Deixo-te uma frase soberba de Charlie Chaplin:
    “Eu continuo sendo apenas um palhaço, o que já me coloca em nível bem mais alto do que o de qualquer político.”
    É a vida!
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Chaplin era um génio.
      Coisa que estas luminárias nem em sonhos alguma vez poderão ser, teresa.
      Beijo

      Eliminar
  5. Infelizmente milhões de pessoas estão nas mãos desta gentalha uns assaltaram o poder e mais triste é que outros ganharam pelas "eleições".
    Um abraço amigo Pedro e melhores dias virão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temos que pensar assim, Francisco.
      Já passámos por períodos tão difíceis este é só mais um.
      Aquele abraço

      Eliminar
  6. Ora nem mais...venha o diabo e escolha mesmo.


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  7. Estão bem um para o outro!
    Loool

    Beijo...Dia feliz!

    ResponderEliminar
  8. Com os seus discursos de loucura,
    Nicolás Maduro teima em não desistir
    liderando no pais perigosa ditadura
    sairá derrotado quando tudo destruir?

    Tenha um bom boa cara amigo Pedro Coimbra.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deu cabo de um país exportador de petróleo, Amigo Eduardo.
      Não é fácil.
      Aquele abraço

      Eliminar
  9. Realmente... é algo de surrealista !

    ResponderEliminar
  10. Parece aquele ditado. A tampa e a panela. :)) kkkkk

    Bjos - Votos de uma óptima Quinta - Feira.

    ResponderEliminar
  11. A política está se tornando algo cada vez mais complicado.. Só Deus para ajudar a nação!

    https://itslizzie.space/

    ResponderEliminar
  12. O futuro da Venezuela é muito negro. Um povo muito pobre, falido, insatisfeito. Sem esperança. Pode haver pior para um povo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um povo pilhado por um bando de loucos.
      Sendo o actual líder o maior dos loucos.

      Eliminar
  13. TRISTEZAS...
    Como cantam os nossos alfacinhas...
    Beijinho.
    ~~~~

    ResponderEliminar
  14. Enquanto o bem existir o mal tem cura. Tenha uma abençoada noite, meu amigo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quero partilhar do seu optimismo, Cláudia Forte.
      Mas não é fácil.

      Eliminar
  15. Nem mais.
    Eu só acrescento que: por norma os pólos tocam-se e confundem-se!
    Abraço
    VB

    ResponderEliminar
  16. modern Hitlers are everywhere in form of politicians and businessmen

    their way of killing is different but more disastrous


    ResponderEliminar