26 de julho de 2018

Curso de formação para taxistas?


A Assembleia Legislativa de Macau é uma caixinha de surpresas.
De quando em vez, até com alguma frequência, lá sai do hemiciclo macaense uma dessas surpresas.
Umas mais surpreendentes que outras, reconheça-se esse facto.
Na galeria das mais surpreendentes acaba de entrar a ideia de dar formação aos taxistas incumpridores.
Formação a taxistas que são capazes de todos os desmandos?
Estamos a pensar exactamente em quê?
Sabendo todos que os taxistas de Macau, para além de cometerem todo o tipo de infracções administrativas, se dão ao luxo de utilizar a profissão para cometer crimes, o que é que lhes vai ser ensinado nessa formação?
Boas maneiras?
Para que, por exemplo, quando houver mais casos de sequestro e extorsão, o taxista possa educadamente dizer aos passageiros algo do género - “Vossa Excelência vai-me desculpar a inconveniência, mas vejo-me forçado a solicitar-lhe, a si e à sua maravilhosa família, o obséquio de permanecerem imóveis dentro deste veículo no intuito de, ponderadamente, podermos aferir o montante exacto da quantia que pretendo extorquir-lhe. Com todo o respeito, está bem de ver”?
Será isto que vai ser ensinado a uma série de meliantes que infestam as estradas de Macau e dão desta cidade a pior imagem possível?
Só dá mesmo para rir!

46 comentários:

  1. Tem muita razão, Pedro! Uns vigaristas. Não sei se deva rir ou chorar...
    Bom dia!

    ResponderEliminar
  2. Os membros da Assembleia Legislativa de Macau são uns sonhadores, não?
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu estava capaz de dizer idiotas, Elvira Carvalho.
      Têm muitas ideias :))))
      Abraço

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Digamos que é uma aproximação radicalmente nova a esta situação, Francisco :)))
      Aquele abraço

      Eliminar
  4. Apreciei sobremaneira sua maneira mordaz de criticar taxistas inidôneos.
    Aprendi uma palavra nova: incumpridores.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Critico os taxistas e os deputados que lhes dão cobertura, Amigo João Paulo de Oliveira.
      Em vez de se tirar esta gente das estradas vamos dar-lhes formação???
      Só podem estar a gozar ou a delirar.

      Eliminar
  5. Nunca tinha ouvido falar dessa faceta pouco recomendável dos taxista em Macau. É lamentável que assim seja.
    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há para aí muitos posts acerca do assunto, Isabel Sá.
      Infelizmente, diria eu.

      Eliminar
  6. Para tudo é preciso formação. Até para roubar. kkk

    Um copo de cristal, meio cheio

    Bjos
    Votos de um óptima Quinta - Feira.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se calhar é essa a ideia, Larissa Santos :)))
      Bjs, votos de uma óptima quinta-feira também

      Eliminar
  7. Pois olha...
    Imagino que seja uma classe difícil de aceder e controlar. E imagino que não tenha sido a única medida tomada.
    Se servir para estar mais perto do que se passa e se houver medidas de penalização para quem não cumpre (perda de licença por exemplo) não vejo porque não! Tem de se começar por algum lado!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema é que a penalização é uma miragem, Boop.
      Se fosse um complemento à penalização eu era o primeiro a aplaudir.

      Eliminar
  8. Saber a transgredir
    nunca foi novidade,
    só dá mesmo para rir
    talvez sem vontade?

    Tenha uma boa tarde caro amigo Pedro Coimbra.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo um sorriso bem amarelo, Amigo Eduardo.
      Aquele abraço

      Eliminar
  9. Mal não faz, mas na verdade a formação não vai resolver o problema de fundo...
    Caro Pedro, continuação de boa semana.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não resolve nada, Jaime Portela.
      Estamos a falar de criminosos, literalmente, que têm passado impunes.
      Formação??
      Vão gozar o ....
      Aquele abraço

      Eliminar
  10. Muito interessante este post.

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderEliminar
  11. Não sei como se vivia antigamente, sem formações! Adorei!
    =)
    Sonhos de outrora... olhares de hoje...
    Bjinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também me começo a interrogar como é que isso era possível, Daniela.
      E cumpria-se a lei e tudo!!
      Beijinhos

      Eliminar
  12. Nós por cá, penso eu, ainda não chegámos ao ponto de sermos assaltados por eses meliantes, apenas quem não estiver atento eles aumentam a bandeirada, agora extorquir assim à descarada?!
    Penso que não haverá formação que lhes valha :(

    Bjs Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não de formação que precisam, Manu, é de cadeia e de perderem a licença par exercer uma actividade que não têm dignidade para exercer.
      Bjs

      Eliminar
  13. Não sabia que isso aí era assim, aliás ,nem sabia que existiam taxistas assim :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em Macau, existem, Mena Almeida.
      E cada vez mais dá a ideia que são intocáveis.

      Eliminar
  14. Formação a taxista incumpridores? Não lembra ao diabo!
    Pensava eu que na China os meliantes eram pendurados e não ensinados a extorquir com educação...
    Está tudo louco!
    (Verdade, verdadinha é que alguns taxistas portugueses deviam frequentar a escolinha...)
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na China (continente chinês) isto não acontece, teresa dias.
      Nem nada parecido que as autoridades públicas chinesas não têm contemnplação.
      Acontece em Macau que em muitas coisas é demasiado especial :(
      Beijo

      Eliminar
  15. Interessante, por aqui os taxistas travaram uma guerra com o Uber. rs

    O Planeta Alternativo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também aqui, Walterlan A. Segundo.
      E conseguiram correr com a empresa.
      Aliás, acho que conseguem tudo o que querem.

      Eliminar
  16. Taxistas uma classe cooperativista no seu estremo, isso por ai esta negro e falamos nos por cá dos nossos simpáticos taxistas
    abraços


    Hoje em Caminhos Percorridos - ENVELHECER

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os taxistas portugueses fazem umas avarias, Kique.
      Mas são uns santinhos quando comparados com uma cambada que por aqui há (não são todos, são muitos).
      Aquele abraço

      Eliminar
  17. Pelo que diz, os taxistas portugueses são uns meninos do coro!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comparados com estes (repito, não são todos) são menos que meninos do coro, Magui.

      Eliminar
  18. Quem sabe um curso de honradez e civismo não fosse uma boa ideia, Pedro! :))

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estes criminosos precisam é de ser punidos severamente.
      E perder as licenças para exercer a actividade, Janita.
      Enquanto isso não acontecer não haverá melhorias.
      Beijinhos

      Eliminar

  19. INFORMAÇÃO
    Acaba de ser publicado na Nossa Travessa o episódio n.º 9 da saga É DIFÍCIL VIVER COM UM IRMÃO MONGOLÓIDE desta vez com o título Vem à baila testamento.


    http://anossatravessa.blogspot.pt

    Como habitualmente voltarei depois para postar comentário.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou lá espreitar.
      E hoje vou publicar uma das muitas que me mandas.
      Abraços para ti, beijos para a Raquel

      Eliminar
  20. Penso que não será muito má ideia a formação, mas só depois de expurgarem esses meliantes da profissão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se for assim eu sou o primeiro a assinar a proposta, São.

      Eliminar
  21. ahahah... Mais uma vez, dois posts consecutivos perfeitamente "entrelaçados" ! :))
    Cá temos um "meliante taxista bem culto" !!! :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E querem dar formação a estes tipos, Rui.
      Que formação???

      Eliminar