17 de abril de 2018

O Futebol Clube do Porto ganhou um jogo


Não é segredo para ninguém – sou adepto do Futebol Clube do Porto.
Como tal naturalmente fiquei contente com a vitória no dérbi com o Benfica.
Contente, apenas isso.
Como Sérgio Conceição e Rui Vitória tiveram a clarividência de reconhecer, o Porto ganhou um jogo.
Um jogo especial, um dérbi, que lhe permitiu recuperar o primeiro lugar da classificação.
E que lhe permite estar em posição de vantagem na luta pelo título de campeão na Liga NOS.
Nada mais que isto.
Num jogo intenso, nem sempre bem jogado, emotivo, muito equilibrado (o Benfica foi um bocadinho melhor na primeira parte, o Porto foi um bocadinho melhor na segunda), como tantas vezes acontece em jogos semelhantes, venceu quem marcou.
E, também como muitas vezes acontece nestes jogos, marcou quem aproveitou um lance de inspiração individual (grande pontapé de Herrera).
No duelo Sérgio Conceição (mais emotivo, mais ambicioso) e Rui Vitória (mais frio, mais calculista), venceu Sérgio Conceição.
O Porto tinha que procurar ganhar o jogo, algo que Lopetegui ainda em tempos muito recentes não percebeu, e foi à procura da vitória.
Correu bem, o Porto ganhou e retomou o primeiro lugar.
Agora faltam quatro jogos, alguns muito complicados, para acabar este campeonato muitíssimo competitivo.
Com os dois primeiros separados por dois pontos, e o Sporting, que vai receber o Benfica em Alvalade, ainda ali à espreita e à espera de eventuais escorregadelas.
Nada de euforias, nada de depressões.
Daqui até ao final ainda muita coisa pode acontecer.

28 comentários:

  1. bom dia
    penso que o seu comentário esta correto , embora seja do clube rival , mas uma coisa é certa o Sérgio Conceição tem mais garra que o Rui Vitoria , disso não tenho duvidas .
    JAFR

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Joaquim Rosário,
      Deixe-me fazer-lhe uma pergunta, que faço a todos os benfiquistas - se o Rui Vitória tivesse arriscado mais, sem necessitar de o fazer porque quem tinha que correr atrás do prejuízo era o Sérgio Conceição e o Porto, e tivesse perdido o jogo, o que é que estavam agora a dizer??
      Aquele idiota foi arriscar quando quem tinha que arriscar era o outro e acabou a perder o jogo.
      Seria algo muito semelhante a isto, não seria?
      O jogo foi equilibrado, o Sérgio Conceição arriscou porque tinha que arriscar (só o idiota do Lopetegui é que não percebeu isso) e ganhou o jogo num daqueles momentos que tantas vezes desequilibram um jogo destes.
      Agora o Rui Vitória tem que me dar uma gorjeta.
      pode ser mesmo não ganhar mais jogos até ao fim para o Porto ser campeão.

      Eliminar
    2. amigo quando digo que o Rui Vitoria não tem a garra do Sergio , não é apenas neste jogo , é mesmo durante o resto do campeonato .

      Eliminar
    3. São personalidades muito diferentes, Joaquim Rosário.
      O Sérgio Conceição vive com pilhas Duracell.
      O Rui Vitória é mais calmo, mais ponderado.
      Ambos bons treinadores e a treinarem o clube do coração o que é sempre uma vantagem digam o que disserem em contrário.

      Eliminar
  2. Eu, confesso que, não ligo a futebol...

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sou portista, Isabel Sá.
      Mas não sou fanático nem fico cego por causa da bola.

      Eliminar
  3. Concordo, de uma forma geral, com o seu texto.
    Dois pormenores que nos afastam não merecem destaque pois colocar-nos-iam em choque de opinião e, sinceramente, nada se acrescentaria de concreto.
    Além disso, nenhum de nós trata o assunto em modo fanático.
    Daqui até 13 de Maio 12 pontos em disputa, muita ânsia e muitas coisas por fora, daquelas que apenas estragam o futebol.

    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sei no que é que não concordamos, António.
      E é isso mesmo, não concordamos, não é uma tragédia, não vai dar origem a zangas ou discussões.
      Concordamos inteiramente que até 13 de Maio ainda há muito para jogar, muitos pontos em disputa, jogos muito complicados para jogar.
      Com duas equipas muito fortes a tentarem não errar ou errar o mínimo possível.
      E com o Sporting à espreita.
      Está mais complicado para o Sporting mas ainda não está acabado para eles também.
      Aquele abraço

      Eliminar
  4. Eu sou sportinguista e pelos netos ( TODOS PORTISTAS ) fiquei contente.
    Gostei foi do golo do Herrera !

    Grande abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O golo do Herrera é um daqueles momentos que podem marcar um campeonato, João Menéres.
      Um grande pontapé, que saiu bem, que resultou num grande golo.
      Mas ainda há muito para jogar.
      E com o Sporting ali à espreita.
      Não está fácil para os leões mas ainda não estão afastados.
      Vamos ver o que acontece nos próximos quatro jogos.
      Aquele abraço!

      Eliminar
  5. Finalmente não estou só entre benfiquistas! O meu genro classificou o golo do Herrera um golo de caca, mas eu sei que foi só para me chatear, aqui em casa sou só eu e a filha mais nova contra uma família de benfiquistas, espero que sejamos dois a cantar vitória! Só faltam mais quatro e o Sérgio Conceição é de Coimbra, está tudo dito.
    Um abraço portista.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Golo de caca??
      Um golaço!
      Daqueles que saem poucas vezes na carreira de um jogador e que podem marcar e até decidir um campeonato (lembra-se do golo do Kelvin, o tal do minuto 94? Marcou aquele golaço, deu o campeonato ao Porto e desapareceu).

      O Sérgio Conceição é de Taveiro, perto de Coimbra.
      Local onde há um estádio com o nome dele.
      Pode ver aqui:
      https://pt.wikipedia.org/wiki/Est%C3%A1dio_S%C3%A9rgio_Concei%C3%A7%C3%A3o

      Olha-se para este Porto e sem sombra de dúvida o grande mérito da boa época, independentemente de como acabe, é dele, do Sérgio Conceição.
      Dou a mão à palmatória porque no princípio não acreditava que ele fizesse tão bom trabalho.

      Aquele abraço portista

      Eliminar
  6. O próximo jogo é com o meu Clube o Vitória de Setúbal e seja o que Deus quiser.
    Um abraço e boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Vitória, com o José Couceiro que conhece muito bem a casa, vai ao Dragão discutir o jogo, Francisco.
      Não tenho dúvidas disso.
      O primeiro de quatro jogos bem complicados que o Porto ainda tem para jogar.
      Depois a ida à Madeira, onde o Porto passa sempre por dificuldades.
      Recepção ao Feirense, a precisar de pontos para não descer à II Liga.
      Para acabar em Guimarães, outro campo onde o Porto tem sempre problemas.
      Até ao fim ainda há um caminho muito espinhoso.
      Aquele abraço

      Eliminar
  7. Elogio o seu modo de analisar, Pedro.

    O futebol é um jogo e só um jogo , por mais fascinante que seja .

    Boa semana

    São

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nestes quatro jogos pode acontecer TANTA coisa, São.
      Os dois treinadores foram os primeiros a referir isso mesmo.
      Que devia ser uma evidência.
      Boa semana

      Eliminar
    2. É uma maneira de analisar pragmática como eu gosto 😘

      Eliminar
    3. Quando se analisa com o coração a falar dá asneira, Teresa.
      Cabeça fria é preciso.
      E respeito, respeito pelos adversários.

      Eliminar
  8. Quem se coloca à defesa sujeita-se a perder. Por muito que me custe:)

    Hoje:- {Poetizando e Encantando} Se chegares, amar-me-ás eternamente.

    Bjos
    Votos de uma Óptima Terça-Feira.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Arriscou quem tinha que arriscar, Larissa Santos.
      E correu bem.
      Mas ainda falta muito.
      Bjs, óptima terça-feira

      Eliminar
  9. Que magnífico texto sobre a nossa vitória, Pedro.

    Não vi o jogo, mas sofri neste cantinho junto ao Reno, até saber o resultado.

    Beijo de uma portista de coração e alma 😘

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Sérgio Conceição, num ano muito complicado financeiramente, com muitas lesões em elementos supostamente chave, está a fazer um trabalho extraordinário, Teresa.
      Vamos ver como corre amanhã em Alvalade e até ao final da época.
      Beijos desde Macau (às 3 da manhã estava a ouvir o relato)

      Eliminar
  10. Rui Vitória jogou para o empate. Tramou-se.
    Mesmo assim, Benfica Forever.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não jogou para o empate, Magui.
      teve mais cautelas.
      E isso é natural.
      Se tivesse arriscado e perdido era crucificado.
      Não arriscou e perdeu leva na cabeça na mesma.
      Aconteceu, correu melhor ao Porto que fez o que tinha que fazer - arriscar tudo.
      Só o cretino do Lopetegui é que não percebeu isso, o óbvio.

      Eliminar
  11. Muitas polémicas, muitos erros de arbitragem ainda vão acontecer para prejudicar o FC do Porto, Pedro. Não tenho quaisquer dúvidas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faltam quatro jogos, doze pontos, Carlos.
      Vamos com calma e com cuidado e atenção.
      Depois, como dizia o Artur Jorge, as contas fazem-se no fim.

      Eliminar
  12. Para já, hoje, muita gente está à espera da ressurreição de Bruno de Carvalho.
    O Porto tem as melhores hipóteses de ganhar o campeonato, mas, para isso, tem de esfregar as mãos com pó de talco, quando não a enguia escapa-lhe mesmo.
    Digo isto e sou benfiquista de infância. Desapaixonadíssimo, porque o desporto morreu, agora, trata-se de um negócio desonestíssimo.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hoje é outro jogo, outra competição.
      Ao "intervalo" o Porto está a ganhar.
      Vamos ver como fica no fim.

      Na Liga julgo que o primeiro a perceber que ainda falta um longo caminho é o Sérgio Conceição.
      Isso dá-nos, portistas, mais tranquilidade.
      Vamos com calma que ainda faltam quatro jogos, há 12 pontos em disputa, jogos muito complicados para jogar.

      Aquele abraço

      Eliminar