12 de abril de 2018

Donald Trump concentra-se na resposta americana à Síria


“A pedido do Presidente, o vice-presidente viajará no seu lugar. O Presidente permanecerá nos Estados Unidos para supervisionar a resposta americana para a Síria e para monitorizar os seus desenvolvimentos em todo o mundo”.
Foi com esta mensagem que Sarah Huckabee Sanders deu a conhecer a intenção de Donald Trump não participar na Cimeira das Américas para se concentrar exclusivamente numa resposta à Síria depois da acusação ao regime de Assad de ter atacado populações indefesas com recurso a armas químicas.
Donald Trump, cada vez mais com postura de xerife do Planeta, já tinha ameaçado que os Estados Unidos responderiam unilateralmente a Assad se o Conselho de Segurança das Nações Unidas o não fizesse.
Unilateralmente não será porque Grã-Bretanha e França se aprestam a participar nessa resposta musculada a Assad.
Que tipo de resposta é a dúvida que permanece.
Se, como tudo leva a crer, se trata de uma resposta militar, mais uma vez o americanos, com o auxílio de britânicos e franceses, poderão acentuar o caos que já se vive numa zona tão conturbada do Mundo.
E conturbada precisamente por causa de intervenções desastrosas dos mesmos actores que são de todos tristemente conhecidas.
Se Trump resolver mesmo agir, algo que não me surpreenderia vindo de quem vem, estaremos todos em perigo.
O regime de Assad, apoiado pela Rússia, e com o Irão na rectaguarda, irá de certeza ripostar a qualquer ataque ou até ameaça de ataque.
E de uma nova Guerra Fria, que já de algum modo vivemos com Putin e Trump no poder, corremos o risco de passar para uma situação de guerra aberta.
Apetece repetir o bordão de Geena Davis no popular filme "A Mosca" - tenham medo, tenham muito medo.

56 comentários:

  1. Respostas
    1. São muitos loucos misturados para podermos estar tranquilos, Catarina :(

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Nas últimas horas o parvo já começou a fazer ameaças à Síria e a enviar indirectas à Rússia.
      O que até acaba por ser cómico, mami - se Putin interferiu mesmo nos resultados das eleições americanas não deixa de ser curioso vê-lo agora a gramar com as diatribes do tresloucado que ajudou a eleger.

      Eliminar
    2. E o ataque acabou por acontecer.
      O que virá a seguir?
      Não faço a mais pequena ideia.

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Eu confesso que tenho, Isabel Sá.
      Muitos malucos, muito poderosos, com muitos "brinquedos" perigosos.

      Eliminar
  4. Credo. Esse Ome assusta todo o mundo, kkkkkk

    Hoje:- Ainda chove no meu caminho...
    -
    Bjos
    Votos de uma boa Quinta-Feira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agora ainda assusta mais, Larissa Santos.
      Já não é só Trump, é Assad, Putin, Theresa May, Macron, tudo metido ao barulho.
      Bjs

      Eliminar
  5. Pedro, o homem ensandeceu de vez. Mandem-no para Marte!
    Tenho medo, claro que tenho medo.
    A "coisa" está tão feia que eu até tenho medo de pensar que tenho medo.
    Beijo, amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já veio a público ameaçar Assad, Putin, o raio que o parta, teresa dias.
      Beijo

      Eliminar
  6. Isto é mesmo de ter medo amigo Pedro, é a loucura total.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fun Boy Three respondem melhor que eu, Francisco - The Lunatics Have Taken Over the Asylum
      Aquele abraço

      Eliminar
  7. Na fotografia estão juntos os três. O Diabo que escolha o melhor. Não acertará talvez?

    Tenha um bom dia caro amigo Pedro Coimbra.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não será fácil, amigo Eduardo.
      Aquele abraço, tenha um bom dia

      Eliminar
  8. ele não faz a menor ideia do que deve ser um PRESIDENTE doa Estados Unidos !

    Um abraço com medo evidente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E continua a ter uma base de apoio de indefectíveis crentes, João Menéres.
      Aquele abraço

      Eliminar
  9. Pedro, vi o filme "A Mosca" e fiquei tão perturbada que, ao sair do parque de estacionamento, bati com o carro num meco delimitador da entrada. Era o, então, parque ao ar livre, perto do Cinema da Trindade.

    Medo não sinto,(ainda) mas apreensiva e muito, sim!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu confesso que estou assustado, Janita.
      É muito maluco ao mesmo tempo.
      Beijinhos

      Eliminar
  10. Segundo ouvi à bocado o Trumpalhadas voltou atrás, melhor dizendo ainda vai pensar melhor como, quando e se...mas a certeza é que já se demitiu mais um do seu "espectáculo".

    Mostras três doidos varridos e gananciosos pelo poder, mas a meu ver o da esquerda é muito mais sanguinário e louco.

    Aguardemos amigo com calma e só lamento o sofrimento daquele povo! Chiça!

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E isso não terá nada a ver com os exercícios militares que a China anunciou para a próxima semana, Fatyly??
      Pois...
      Beijocas

      Eliminar
  11. Medo, muito medo, Pedro. :((((

    Aquele abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nas últimas horas Orange Hitler (Bill Maher dixit) parece que acalmou, Ricardo.
      Aquele abraço

      Eliminar
  12. É com alguma tranquilidade que vou assistindo a estas ameaças.
    Ninguém está interessado em 'carregar no botão' e o que vamos assistindo não passa de mise en scène.
    Demonstração de força? Claro, mas não mais que isso.
    Quem estará disposto a ficar na história como responsável por uma acção militar de contornos imprevisíveis?
    Eles são loucos mas não tanto.

    Um abraço, Pedro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os últimos desenvolvimentos dão razão ao António.
      Acalmou, o idiota.
      Deve ter tomado os medicamentos.
      Aquele abraço

      Eliminar
  13. Parece que alguém , na Casa Branca, terá conseguido convencer Trump a acabar com a bira e perceber que o presidente dos EUA não joga Nintendo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Terá sido na Casa Branca ou por ouvir dizer que os chineses se preparam para fazer exercícios marítimos com fogo real, Carlos???
      Um recado, uma mensagem subliminar, tão ao gosto chinês, que Trump terá percebido (alguém lhe explicou com desenhos e tudo).

      Eliminar
  14. E temíamos Kim Jong Un e as "brincadeiras " com o Trump, e afinal quem devemos temer é a Rússia.
    Loucos no poder.
    Não consigo perceber, ou melhor, crer que o egoísmo e o poder destas potências levem a uma guerra.
    Quem sofre são os que não querem nada com isto.
    Homem cruel, mundo doente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acalmou, o alaranjado acalmou, Maria Araújo.
      Quando os chineses não dizem nada é melhor ficar bem atento.
      Estão a preparar alguma.
      Exercícios navais com fogo rela.
      Na próxima semana.
      Para bom entendedor...

      Eliminar
  15. Posições que não auguram nada de bom para o nosso planeta...
    Os árabes foram durante muito tempo tratados como humanos de segunda categoria... O desprezo é um dos piores venenos civilizacionais...
    Acho a desculpa de Trump esfarrapada...
    Uma coisa que não impedia outra...
    Beijinhos
    ~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Veja lá se ele quando viu o "amigo Xi" em traje militar não acalmou, Majo!
      Foi um instantinho.
      Beijinhos

      Eliminar
  16. Respostas
    1. Uns amores, Diana Fonseca.
      Difícil escolher o pior.

      Eliminar
  17. Respostas
    1. A China pôs água na fervura.
      Sem dizer nada de concreto, luisa...

      Eliminar
  18. Que não tem medo, obrigado pela visita,
    Blog:https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está tudo mais calmo e mais desanuviado, Nequéren Reis.

      Eliminar
  19. Esperar com calma os próximos acontecimentos, bebendo chá...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E parece que foi o beber chá que fez o maluco alaranjado acalmar, Teresa.

      Eliminar
    2. Não, não foi chá,foi simplesmente uísque escocês antigo, muito antigo.

      Eliminar
    3. Deve ter enfiado uma garrafa pela goela abaixo quando viu Xi Jinping em traje militar a comandar aquela impressionante esquadra chinesa, Teresa.
      Também na América quem tem cu tem medo.

      Eliminar
  20. Que trio! Parece um filme de terror.
    Mais uma achega para a paz podre em que vivemos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dá vontade de gritar, Magui - Stop the World!

      Eliminar
  21. few sick head selfish people have manipulated the specific parts of the world .
    but when something rise high ,fall badly end of the day because no strategy to handle the world would last for ever

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Thing took a U turn when China announced it's going to conduct military drills, baili.

      Eliminar
  22. Eu tenho. Nem sabe quanto.
    Abraço e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A China, sem dizer uma palavra, acalmou os ímpetos ao idiota.
      Viu as manobras navais no mar do Sul da China??
      Abraço, bfds

      Eliminar
  23. Trump, infelizmente, agiu mesmo. Deve sentir-se o maior... :(

    Abraço, Pedro :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com o beneplácito e o auxílio de outros, AC.
      Onde é que já vimos este filme de terror?? :(
      Aquele abraço

      Eliminar
  24. Passado a, até agora, resposta de Trump, parece que ao menos de momento a diplomacia está a falar mais alto, mas nunca fiando face ao futuro, pois que o Mundo está um lugar cada vez mais perigoso, tanto pior se liderado por esta trupe de sinistros e pró beligerantes lideres _ sendo ainda a Síria um circunstancial lugar de múltiplos interesses desencontrados, mesmo antagónicos e mas entre cruzados!

    Quanto ao futuro, como se diz aqui pela minha terra: "a ver vamos!..."

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero bem que o bom senso impere.
      Apesar de estarmos a lidar com um bando de loucos.
      Esta gente pode criar conflitos de proporções e consequências inimagináveis, Victor Barão.
      Aquele abraço

      Eliminar
  25. A gente (incluindo-me naturalmente no sujeito) tem à mão tanto exemplo de trafulhice! Agora lembraram-se de chamar-lhes fake news. É difícil discernir onde está a realidade, a verdadeira e a virtual, que nos é dispensada na comunicação social com intuitos mais ou menos obscuros.
    O que não é bom é entrar em "jogos florais" com mísseis, aviões, porta-aviões com os ditos e toda uma panóplia de "brinquedos" de que os granjolas não abdicam. Pelos vistos os locais bombardeados foram evacuados de pessoal e equipamento com tempo. O Trump e o Putin compinchas?! Será a guerra do Solnado? Será sempre perigosa em qualquer circunstância, para o mexilhão e para o Mundo, pelos enganos e danos laterais que duram há muito ano.
    Haverá necessidade de renovar arsenais, fazer negócio na indústria de armamento, dissimular fraquezas, alimentar egos frustrados ou pretensiosos?
    O que se vai sabendo é que há um denominador comum: Putin. Trump e May foram agarrados pelas suas fraldas malcheirosas, contaminados pela astúcia e ambição do Urso. O Macron também procura fugir ao paradoxo das promessas e expectativas negadas pela realidade política e social interna e, além disso, pretende manter os tiques da velha França Imperial.
    Assad, o cínico, o autista, pretende ser o único possível numa Síria impossível. E é! Será a melhor solução, pelo menos enquanto não lhe faltarem os russos. Os vizinhos estão prontos para abocanhar a parte que pretendem ser sua. Aí é que começa um sério sarilho.

    O que não posso deixar em claro, depois de andar ausente, intermitente, etc., é a vitória do FCP sobre o Benfica. A coisa está de feição. Parabéns.
    E muita saúde para o clã Coimbra, o bem mais precioso que um homem pode ter.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É muito complicado estar à mercê de gente que é absolutamente louca, Agostinho.
      Não dá tranquilidade nenhuma.

      O FC Porto está a fazer uma grande época sob o comando do Sérgio Conceição.
      Com muitas lesões, em elementos antes tidos por indispensáveis, durante muito tempo, está a fazer uma época excelente.
      Mas ainda faltam quatro jogos.
      Está ainda tudo por decidir.

      caloroso abraço, votos de saúde que é realmente um bem essencial.

      Eliminar