21 de fevereiro de 2018

Água potável

16 comentários:

  1. wow this was really something important Pedro!

    first i though how GREAT to run for having water or any other goods instead of paying money ,both benefits can go to byer
    but then it raised really serious point,so sad indeed

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A magnificent campaign to make people aware of the tragedy of not having access to pure water, baili.

      Eliminar
  2. bom dia.
    poucos comentários há a fazer amigo !!
    JAFR

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Joaquim Rosário,
      A mim só me ocorre o óbvio - não ter acesso a água potável é criminoso!!

      Eliminar
  3. Não sei onde comentei este assunto. (?)...
    A nós, europeus e em países onde "ainda" se tem tudo e bom, poderá custar a entender !...
    Em tempos, perguntaram a uma personalidade, julgo que tinha ganho o Nobel, se, caso tivesse que "hibernar congelado" e retomar a sua vida "normal" daí a 100 anos, de tudo que tem da sua fortuna, dos seus bens ou do que há disponível, o que gostaria que não lhe faltasse nessa altura. Resposta imediata : "a água que tenho hoje" !!!

    Abraço, Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cada vez mais caminhamos no sentido de a água se tornar um bem muito raro, Rui.
      Parece impossível, é cada vez mais real.
      Aquele abraço, bom resto de semana

      Eliminar
  4. Quando era menina, tinha que ir buscar água a cerca de 900 metros. Minha mãe levava um cântaro e eu uma pequena bilha de barro, que carregávamos à cabeça. Depois meu pai, abriu um poço ao pé da porta, e acabou-se o martírio.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem não tem conhecimento directo dessas situações hoje em dia quando ouve falar nas mesmas pensa que é mentira, Elvira Carvalho.
      Não é, é bem real, e ainda existe.
      Em demasia.
      Abraço

      Eliminar
  5. Respostas
    1. E fez muito bem.
      A mensagem é forte e está muito bem transmitida.
      Abraço

      Eliminar
  6. a água potável está a ser desperdiçada a grande velocidade Pedro,
    esses meninos tem mais hipótese de receber bombas do que água potável, Pedro, a grande vergonha da humanidade :(((

    Angela

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa é a triste realidade, Angela.
      A esperança de vida das crianças na Somália é ultrajante.
      E, como todos sabemos, não é só na Somália :(((

      Eliminar
  7. Só desta forma daríamos valor aos bens essenciais à vida e que se estão a tornar cada vez mais escassos, Pedro.
    Para beber uma garrafinha de água correr tantos quilómetros quantos os que percorreram quem a foi buscar.
    O desperdício - a as alterações climáticas - está a levar o mundo à 'falência'. Por cá, os pastos do Alentejo já começam a ficar secos, pela falta de chuva.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tente meter isso na cabeço oca de uns cretinos negacionistas que mandam na mais poderosa Nação do Planeta, Janita :(
      Beijinhos

      Eliminar
  8. Este vídeo trouxe-me à memória o que se está a passar na cidade do Cabo. Já escrevi sobre o assunto no CR, mas vou voltar a fazê-lo. E entretanto, vou levar este vídeo para o meu FB Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um tema que também abordei, Carlos.
      A dramática situação na Cidade do Cabo.
      Revoltante!!
      Aquele abraço

      Eliminar