6 de setembro de 2017

Cordeiro de Deus


Há algo de religioso na obsessão de castigar Fong Soi Kun, o até muito recentemente Director dos Serviços Meteorológicos e Geofísicos de Macau.
Fong Soi Kun é, cada vez mais, o cordeiro de Deus.
Seja esse Deus o Deus católico, muçulmano, hindu. 
O cordeiro que é sacrificado para apaziguar a fúria. 
Neste caso não a fúria divina, antes a fúria popular. 
Agora é uma queixa-crime sendo o visado acusado de homicídio na forma negligente. 
Depois da investigação que o Comissariado Contra a Corrupção está a levar a cabo, depois da possibilidade de responsabilização disciplinar deixada no ar pelo Chefe do Executivo, agora a hipótese de responsabilização criminal. 
O que aconteceu em Macau com o tufão Hato não podia ter acontecido. 
Os Serviços Meteorológicos fizeram um mau trabalho. 
Mas não foi a primeira vez que fizeram um mau trabalho nem foram os únicos a fazer um mau trabalho. 
Fong Soi Kun, na sua qualidade de Director daqueles Serviços, assumiu a sua quota parte de responsabilidade. 
Mas não é o único responsável pela tragédia que afectou Macau. 
Longe disso. 
Fong Soi Kun não é responsável pelas quebras no abastecimento de água e electricidade, pelas brutais inundações, pelos milhares de janelas e portas partidas, pelo caos nos parques de estacionamento, pelo cenário de devastação que se viu na cidade. 
Receio bem que, encontrando-se em Fong Soi Kun o tal cordeiro de Deus, se esqueça tudo o resto e não se procurem mais causas e responsáveis de tão brutal tragédia. 
Porque, se assim for, em maior ou menor dimensão, a tragédia irá repetir-se. 
E, se e quando assim for, procuraremos um novo Fong Soi Kun, um novo cordeiro de Deus?

24 comentários:

  1. Nunca pensei que Macau fosse tão adepto do cordeiro pascal. Arranja-se um para cada situação e depois como Pilates lava-se as mãos. Deve ter tudo a ver com a Páscoa...no caso do director da Metereologia deve estar a pensar que ser yes man não lhe compensou. Tem horas que até o maior pau mandado devia perceber que há horas para tudo. Segundo me disseram o sr. até era do mais competente tecnicamente que havia no SMM e por isso ainda com menos desculpas...tinha obrigação de ter avisado mais cedo que o que se aproximava era grande. Com tanta tecnologia não há desculpa e por isso como dizem no Brasil escafeudeu-se! O resto é mais do mesmo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ele fez asneiras (não foi só no tufão Hato), Rita.
      Mas, por muita asneira que tenha feito, até foi sendo sucessivamente reconduzido no cargo.
      Mais do que isso, agora parece que foi TUDO culpa do homem.
      Só falta culpá-lo da humidade elevada em Macau.
      Também vou citar os brasileiros - cadê os outro???
      Beijinhos, cara linda

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Se ficarmos por aí, pelo bode expiatório, vamos ter mais sustos no futuro, Catarina.

      Eliminar
  3. Pois, é isso mesmo : CADÊ OS OUTROS ?

    Um abraço com um óptimo tempo por cá.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que se mantenha o bom tempo, João Menéres.
      Vou a Coimbra de 17 a 24.
      E gostava muito de apanhar o sol de Portugal, a luz única de Portugal.
      Por cá anda outro tufão a rondar.
      Acho que este ano vamos mesmo para o Guiness Book of Records.
      Livra!!
      Aquele abraço

      Eliminar
  4. Nas grandes empresas quando a administração falha quem é despedido é sempre o porteiro.
    Um abraço e boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    Livros-Autografados

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ele pediu a demissão, vai pedir ou já pediu, a reforma, Francisco.
      Fez muitas asneiras.
      Mas, curiosamente, com muitas asneiras e má imagem junto da população, foi sendo sucessivamente reconduzido no cargo.
      Agora é enviado para a degola.
      Só se deixa enganar quem quiser.
      Aquele abraço

      Eliminar
  5. A sua Macau está mal, muito mal, mas deixe lá, Pedro, pke por todo o lado, há gente irresponsável. Eu sei qual seria a solução para estes e outros males, mas...

    Beijinhos e boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O pior é quando se procura arranjar bodes expiatórios e atirar areia para os olhos das pessoas, CÉU.
      O povo não é estúpido.
      Beijinhos, boa semana

      Eliminar
  6. não é só em macau, em portugal também se utiliza a mesma "metodologia". parece que depois de haver um "culpado" tudo fica resolvido, sem se procurarem e trabalharem as causas das coisas numa medida preventiva!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O método é antigo e universal, mami.
      Mas não me convence.
      Papas e bolos são mesmo só para tolos.

      Eliminar
  7. Como dizem acima, problema de engenharia do predio CULPA o porteiro.

    Parabems a Mariana de fazer 14 anos e ao excelente testemunho do pai. Sera tempo de abrir a porta, nenhuma ave que se preze gosta de gaiola dourada......

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sei que tenho de deixar que ela voe, Augie Cardoso.
      Mas lá que é complicado, lá isso é.

      Por aqui foi anunciado um inquérito à actuação dos vários Serviços Públicos no tufão.
      Vamos ver o que é que dali sai...

      Eliminar
  8. Péssimo e injusto esse afã de procurar um bode expiatório ... sem que se cuide de tratar do resto .

    Tudo de bom, Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está anunciado um inquérito à actuação dos Serviços Públicos, São.
      Vou estar atento.
      Tudo de bom.

      Eliminar
  9. OI PEDRO!
    AS COISAS SE REPETEM, SOLUÇÕES NO ENTANTO, NADA.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos ver o que é que vem aí no tal Inquérito ontem anunciado, Zilani Célia.
      Abraços

      Eliminar
  10. Os bodes expiatórios, no casos os cordeiros de Deus desta e nesta vida humana, em que um ou dois pagam por muitos outros e em respectivo resumo continua tudo mais ou menos igual a sempre!!!
    Abraço e votos de que algo melhore substancialmente por aí

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos ver no que dá o tal Inquérito, Victor Barão.
      Aquele abraço

      Eliminar
  11. Quando alguma coisa corre mal, há sempre um bode expiatório. Que na maior parte das vezes, nem sequer, é o maior culpado.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fong Soi Kun fez muitos disparates, Elvira Carvalho.
      Mas está muito longe de estar sozinho nesse barco.
      Abraço

      Eliminar
  12. Se os deuses precisam de sangue para apaziguar a sua ira... Afinal o homem pouco evoluiu. Ou nada.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em muitos aspectos parece que não evoluímos nada, Agostinho.

      Eliminar