22 de fevereiro de 2017

Sapatilhas em burel e cortiça da Berg premiadas na ISPO


A Berg Outdoor recebeu o Prémio de Inovação da ISPO, a maior feira de artigos desportivos do mundo, na categoria de footwear lifestyle. 
As sapatilhas Jindo Burel são feitas em Portugal com materiais naturais e recicláveis, incluindo dois tipicamente portugueses: o burel e a cortiça.
Distinguidas pela organização pela sua “funcionalidade, estilo e características ecológicas”, as Jindo Burel são altamente resistentes, repelem a água, regulam a temperatura, têm flexibilidade, respirabilidade e um conforto premium.
Com a parte superior em burel e cortiça, sola em borracha, cordões em algodão e forro em pele, as sapatilhas estarão à venda a partir de Setembro deste ano e custarão 99,95 euros.
Miguel Tolentino (na foto), Managing Director da marca, diz que acima de tudo a Berg está orgulhosa do prémio conseguido: “estamos muito entusiasmados, orgulhosos e confiantes”.
Não sendo a primeira vez que arrecadam distinções na ISPO, Miguel afirma que a inovação “já está no DNA da marca”, sendo que este prémio tem um sabor especial, por as Jindo Burel utilizarem “produtos tradicionais e ligados às nossas origens”.

8 comentários:

  1. Respostas
    1. A indústria do calçado em Portugal há muito que aposta na inovação e na qualidade, Catarina.
      Por isso mesmo é reconhecida em todo o Mundo.

      Eliminar
    2. O calçado e as malas eram de boa qualidade e a preços muito acessíveis quando a moeda era o Escudo. Quando ia a Lisboa durante um fim de semana prolongado, trazia sempre sapatos e malas.
      Hoje não tenho paciência para ir às compras. Prefiro passar o tempo todo na praia!! : ))

      Eliminar
    3. Ainda se encontra muita coisa três bês (bom, bonito e barato), Catarina.
      Na baixa do Porto ainda mais.

      Eliminar
  2. Foi preciso a crise para nos aguçar o engenho e arte de fazer mais e melhor, Pedro.

    Aquele abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quantas vezes as crises não são regeneradoras, Ricardo...
      Aquele abraço

      Eliminar
  3. Podemos dizer que são as sapatilhas do nosso contentamento!
    Vou ficar atenta, porque gostei do estilo e das cores.
    Beijinhos.
    ~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se calhar devíamos dedicar mais tempo a tentar perceber o que de bom se faz em Portugal, e o que de bom fazem os portugueses, do que a discutir tricas sem qualquer interesse, Majo.
      Beijinhos

      Eliminar