25 de janeiro de 2017

Papa Francisco


24 comentários:

  1. Sou (somos) um sortudo (s), Pedro.

    Aquele abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tenho a mais pequena dúvida acerca disso, Ricardo.
      Aquele abraço

      Eliminar
  2. Papa Francisco a mostras, mais uma vez, o que é verdadeiramente importante e que, na verdade, somos (quase) todos abençoados pelas coisas que tantas vezes tomamos como garantidas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A simplicidade de Francisco é genuína, de coração, Briseis.
      Que ser humano extraordinário!

      Eliminar
  3. Respostas
    1. O ser humano que mais admiro na actualidade, António.

      Eliminar
  4. Palavras às quais é impossível ficar indiferente.
    Admiro muito este papa!

    Beijos Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Papa e o Homem, Manu.
      A Igreja e o Mundo precisavam de Francisco.
      Beijos

      Eliminar
  5. 3 grandes verdades e um Homem excepcional !

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um ser humano verdadeiramente extraordinário, Rui.

      Eliminar
  6. Sim Pedro, ao menos alguém que anuncia valores humanos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Francisco é humilde e exige de nós o mesmo, Angela.
      Extraordinário homem.

      Eliminar
  7. Uma bênção de que muitos necessitam, Pedro.
    Abençoados os que possuem essa bênção. Há tantos que não têm uma coisa nem outra. Tantos seres sem abrigo nem família. :(

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esquecemos tantas vezes esta benção que temos, Janita.
      Haja quem nos lembre disso.
      Beijinhos

      Eliminar
  8. Respostas
    1. Um benção que o Mundo e a Igreja bem necessitavam, AvoGi.
      Bjs

      Eliminar
  9. Caro Amigo Pedro Coimbra.
    Como tu sabes, sou oriunda de uma família com rígidos preceitos da Igreja Católica Apostólica Romana, mas em meados da década de 80tornei-me agnóstico, mas reconheço que o Papa está a romper paradigmas...
    Caloroso abraço. Saudações arrojadas.
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agnósticos ou crentes, Francisco não deixa ninguém indiferente, Amigo João paulo de Oliveira.
      O que é mais curioso é ser alvo de maiores críticas vindas dos sectores mais tradicionais da Igreja.
      Aquele abraço

      Eliminar
  10. Muito bem dito e algo para pensarmos.
    um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tanta vezes esquecemos esta benção, Gábi.
      Beijinhos

      Eliminar
  11. Respostas
    1. Com a simplicidade que é tão típica de Francisco, Agostinho.
      Aquele abraço

      Eliminar