29 de julho de 2016

Humor Algarvio


21 comentários:

  1. Pelos vistos, só o pai tinha ido à escola...

    bfs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E uma pergunta tão fácil, Agostinho... :)))
      Bfds

      Eliminar
  2. ~~~
    Lembro-me do tempo em que se falava assim no Algarve.
    Eu chegava de Lisboa e 'via-me grega' para entender o
    que dizia o empregado agrícola, o 'quinteiro'...
    Felizmente, a televisão e o ensino obrigatório tiveram
    um efeito muito positivo na correção da oralidade.
    Beijinho.
    ~~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também lembro bem esta pronúncia algarvia, Majo.
      Que até dava um certo colorido à língua.
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Ah ah ah!!
    Bem familiarizada com essa “algaraviada”.
    Ao chegar de Lisboa a Majo não compreendia os algarvios e eu, ao chegar de Portugal, tive grande dificuldade em entender os imigrantes açorianos da freguesia de Rabo de Peixe (S. Miguel). Hoje, poliglota, já os compreendo, mas continuo a achar muito engraçado quando oiço uma criança a falar nesse “dialeto”! : ))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A pronúncia açoriana é terrível de compreender, Catarina.
      Imagino o que será falar inglês com pronúncia açoriana.
      Só adivinhando mesmo!

      Eliminar
  4. É um mimo este teu post. Caso não saibas eu sou algarvio e lê-lo com a a devida entoação ainda se torna mais belo.
    Sou um apaixonado por sotaques e lamento que se percam com as migrações internas. Como é possível que alguém vivendo em Lisboa (por exemplo) se esforce por anular e/ou disfarçar os sons originais de onde veio? Não entendo!
    Grande abraço pah!

    * em Outubro vais assistir à actuação da Carminho?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os sotaques empresaram uma riqueza é um colorido únicos à língua.
      É efectivamente uma pena que se percam.

      Conto estar em Outubro a ver a Carminho e Adriano Jordão.
      Entretanto vou comprar bilhetes para o Elvis Costello que vem cá dia 9 de Setembro.

      Aquele abraço

      Eliminar
  5. Ah, julgo k entendi. Insete - sete. Pois, a seguir vem o oito.

    Estes moços e moças marafadas falam como só eles sabem.

    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estes sotaques é que dão colorido à língua, CÉU.
      E permitem estas anedotas.
      Beijo

      Eliminar
  6. Atão uma coisa tã simples e ninguêm sabia? Vale ter um homem culto em casa, moço dum cabreste!!:))
    Aposto, que esta tem o dedo do FerreirAmigo, nã ei, Pedro? :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, Janita, o FerreiAmigo tem andado muito distraído
      Beijinhos

      Eliminar
  7. Uma família de ignorantes, Pedro ! Só o pai se safa !
    Mais que óbvio : um insete dá oite !!!

    :))

    ResponderEliminar