17 de junho de 2016

O agricultor e os porcos


Um agricultor tinha muitos porcos. 
Certo dia, alguém apareceu e perguntou ao homem:
- O que é que dá de comer aos seus porcos?
Responde o agricultor:
- Ora, dou-lhes restos. Porquê?
Respondeu o outro indivíduo:
- Porque eu sou da Associação para a Protecção dos Animais. O senhor não alimenta os seus animais como deve ser, de modo que vou ter que o autuar.
Passados uns dias, outra pessoa aparece e pergunta ao homem:
- O que é que dá de comer aos seus porcos?
O agricultor, com medo de ser novamente autuado, decidiu por outra resposta:
- Eu?! Eu trato-os muito bem! Dou-lhes salmão, caviar… Porquê?
- Porque eu sou das Nações Unidas. Sabe, não é justo os seus porcos comerem tão bem quando há tanta gente a morrer de fome por esse mundo fora. Vou ter que o autuar.- Respondeu o homem.
O agricultor fica mesmo aborrecido.
 Passados mais uns dias, aparece outra pessoa que faz novamente a mesma pergunta:
- O que é que você dá de comer aos seus porcos?
O agricultor hesita um bocado e finalmente diz:
- Olhe… Não lhes dou nada… Entrego cinco euros a cada e cada um vai comer o que quiser!

25 comentários:

  1. Esta está uma delícia :)
    Pois é, por vezes, temos de ser vagos, mas passar entre os pingos da chuva :)

    Um beijinho, Pedro, e um bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um agricultor com raciocínio rápido e eficaz, Miss Smile :))
      Beijinhos, bfds

      Eliminar
  2. E safou-se da multa?
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então ia agora ser multado porquê, Elvira carvalho??
      Ele até lhes dá possibilidade de escolha... :)))
      Um abraço, bfds

      Eliminar
  3. Respostas
    1. A Angela e o Agostinho lembraram-se do mesmo :))

      Eliminar
  4. Respostas
    1. O Agostinho e a Angela comunicaram mentalmente :))

      Eliminar
    2. Há coisas do camano, Pedro! Acho que vou tentar o euromilhoes.

      Eliminar
  5. ahahahahahahahahahahah :-D

    Essa já conhecia do tempo do escudo, Pedro

    ResponderEliminar
  6. Ficou provado que dizer a verdade não compensa, Pedro....e mentir, também não!! :))

    :))

    ResponderEliminar
  7. Ahahahah.
    É mais que sabido que nunca se consegue agradar a todos :)))
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  8. Pobre agricultor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas os porcos vão subindo o nível de vida, cantinho.
      Até já vão almoçar e jantar fora!! :)))))

      Eliminar
  9. Conhecia essa anedota, mas passada na China, durante a Revolução Cultural, mas as galinhas ocupavam o lugar dos porcos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A demonstração cabal do carácter universal da mesma, Carlos :))

      Eliminar
  10. ll: ))
    Agricultor sofre...
    Beijinho.
    ~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já os porcos, nem por isso, Majo :))))
      Beijinhos

      Eliminar
  11. :)) já conhecia, mas ri na mesma :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem sempre piada mandar os porcos almoçar e jantar fora, Gábi :)))

      Eliminar
  12. Ohh coitadito do agricultor ;) Esta está uma delícia :)

    ResponderEliminar