20 de junho de 2016

Loira sequestradora



A loira não conseguia passar nas entrevistas para nenhum emprego. Resolveu tomar uma atitude extrema para ganhar dinheiro:
- Vou sequestrar uma criança! - pensou! Com o dinheiro do resgate eu resolvo a minha vida.
Ela encaminhou-se para um playground, num bairro de luxo, viu um menino muito bem vestido, puxou-o para trás da moita e foi logo escrevendo o bilhete:
"Querida mãe isto é um sequestro. Estou com seu filho. Favor deixar o resgate de 10.000 euros, amanhã, ao meio-dia, atrás da árvore do parquinho. Ass: Loira sequestradora "
Então ela pegou o bilhete, dobrou- o e colocou no bolso do casaco do menino, dizendo:
- Agora vai lá e entrega esse bilhete para a sua mãe.
No dia seguinte, a loira vai até o local combinado. Encontra uma bolsa. Ela abre, encontra 10.000 euros em dinheiro e um bilhete junto,dizendo:
"Está aí o resgate que você pediu. Só não me conformo como uma loira pôde fazer isso com outra."

19 comentários:

  1. ahahahahahahahahahahahahahahah :-D Pedro

    Aqi a loira ri-se sempre dessa anedota.

    bjs e boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A perdição que eu tinha por loiras, Karocha!
      E acabei casado com uma macaense/chinesa que são tudo menos loiras :))
      Bjs, boa semana

      Eliminar
    2. Mas as suas princesas são lindas Pedro.
      E esta vai para o meu mural :-D

      Eliminar
    3. A minha vida não faz sentido sem elas, Karocha.
      Mas, se me contassem que ia ser assim, eu não acreditava

      Eliminar
  2. Está hilariante, Pedro!

    Beijinho ridente.
    ~~~~~~~

    ResponderEliminar
  3. Vá lá, vá lá, a mãe do menino ainda tinha consciência que era loira...não seria burra de todo, penso eu de que!

    :)

    ResponderEliminar
  4. :))) realmente é muito triste, agora só faltava uma polícia loira que prendesse as duas :)

    ResponderEliminar
  5. Esta nunca tinha ouvido, muito boa ! :)

    beijinho

    ResponderEliminar
  6. Respostas
    1. Então a Catarina é loira e nunca disse nada?? :)))

      Eliminar
  7. Diga-se assim, sem mais: há loiras especialíssimas.

    ResponderEliminar