17 de junho de 2016

A menina, as cabras e o padre

 
Manhã tranquila bem nos confins de Portugal.
O velho Prior estava em frente à igreja quando viu passar uma meninade uns nove ou dez anos, pés descalços, franzina, meio subnutrida, ar angelical, conduzindo uma meia dúzia de cabras. 
Era com esforço que a garotinha conseguia reunir as cabras e obrigá-las a caminhar.
O padre observava a cena. 
Começou a imaginar se aquilo não era um caso de exploração de trabalho infantil e foi conversar com a menina.
- Olá, minha querida. Como te chamas?
- Maria da Luz, Sr. Prior.
- O que vais fazer com essas cabras, Maria da Luz?
- Vou levá-las à quinta do Sr. Alcides para o bode as cobrir.
- Olha lá, Maria da Luz, o teu pai ou os teus irmãos mais velhos não podiam fazer isso?
- Já fizeram Sr. Prior, mas não nasceu nada. Tem mesmo que ser um bode!

18 comentários:

  1. Respostas
    1. E o bode todo contente, Elvira Carvalho :)))
      Um abraço, bfds

      Eliminar
  2. As políticas de planeamento familiar desse tempo eram muito diminutas, Pedro !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E mesmo assim as cabras não se reproduziam, Angela :)))

      Eliminar
  3. Naturalmente! A não ser que o padre se ofereça voluntariamente... para conduzir as cabras pois é essa a sua formação: pastor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O padre só deu conselhos.
      Trabalhinho, que é bom, nada, Agostinho! :)))

      Eliminar
  4. Respostas
    1. E o padre não deu uma ajuda, Karocha.
      À menina, claro :))))

      Eliminar
  5. ~~~
    Pior do que em Sodoma e Gomorra.
    ''Tadinha'' da menina!
    ~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  6. Ahahahahahaha!
    A língua portuguesa tem destas coisas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito traiçoeira, cantinho, muito traiçoeira .... :))))

      Eliminar
  7. A inocência das crianças tem resultados surpreendentes...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sobretudo a nível da mais singela sinceridade, Carlos :))))

      Eliminar
  8. Pura alegria por aqui...sempre!
    Abraços d ebom fim de semana pra ti querido amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Segundas e sextas, Lia Noronha.
      Sempre palhaçada :)))
      Abraços, Bfds

      Eliminar