30 de maio de 2016

Imprensa


"Um surdo-mudo foi hoje atropelado por um comboio tendo morte instantânea.
'É a segunda vez que tal desgraça me acontece' são as declarações do próprio.
Veja o desenvolvimento nas páginas centrais."

12 comentários:

  1. Já encontrei destes equívocos.
    O título e o corpo do texto têm objectivos diferentes e quem redige encontra, por vezes, formas criativas de escrita.
    Boa semana, Pedro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Célebre notícia do Diário de Coimbra há uns bons anos, Agostinho:
      "Faltou a luz na Rua Visconde da dita" (Rua Visconde da Luz na Baixa de Coimbra) :)))
      Boa semana

      Eliminar
  2. heheheh
    Haja imaginação!

    Boa semana Pedro!
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se for imaginação até é bom, Afrodite :))
      Beijinhos, boa semana

      Eliminar
  3. ~~~
    Uma forma astuta de chamar a atenção...

    ~~~ Beijinhos. ~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  4. Essa é a chamada "Imprensa Falsa". :))

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Imprensa Falsa é de um sentido de humor apuradissimo, Janita
      Beijinhos

      Eliminar
  5. :)) Que notícia tão estranha, será que houve um milagre e passou a ouvir e a falar depois de ter morto o comboio?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há notícias que só podem ser compreendidas com recurso ao Além, Gábi :))))

      Eliminar
  6. Foi por causa dessa notícia que fizeram o filme "O homem que morreu duas vezes"?
    Abraço

    ResponderEliminar