14 de janeiro de 2016

Testes militares norte-coreanos


O regime norte-coreano é, já todos o sabemos, reclusivo, fechado, baço, tresloucado, inacreditável.
A própria propaganda do regime, a nível interno e externo, é fortemente psicótica.
O último exemplo, que deixou o Mundo aturdido e alerta, foi dado pelo presumível teste militar efectuado com recurso a uma bomba de hidrogénio.
Teria o regime norte-coreano capacidade para produzir este tipo de armamento?
A nublosa da dúvida ainda não se dissipou por completo, algo que é sempre muito complicado quando está em causa um Estado pária, que vive fechado e isolado.
No entanto, e com base nos testes realizados por diversos especialistas, a presumível bomba de hidrogénio (ainda) não existirá.
"Lil' Kim" terá feito uns disparos com zagalotes, não a partir de um submarino mas de um bote de borracha, matou uns pardais  ali à volta, fez muito barulho para dentro e para fora do país, ficou debaixo dos holofotes uma vez mais como tanto gosta.
E estava (estaria...) preparado para fazer mais umas exigências negociai$ para parar com os seus testes nucleares.
Para o bem de todos, esperemos que seja mesmo assim, que mais uma vez a realidade seja tão simples quanto isto - o minorca precisa de dinheiro.
Se assim for, para além de criminoso e lunático, Kim Jong - Un apresentou-se como incrivelmente burro.
Porque o teste, que afinal nem terá existido, conseguiu irritar toda a gente, incluindo o seu único aliado no Planeta, a China.
E assim nem ma$$a há "Lil' Kim". 

29 comentários:

  1. Será amigo? Parece uma explicação demasiado simplória, para algo que deixou o mundo a tremer.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou a basear-me nos relatórios de especialistas que foram conhecidos nos dias mais recentes, Elvira Carvalho.
      E não me surpreendia nada que fosse algo do género.
      Sempre que aquele louco precisa de dinheiro inventa uma destas.
      Com a grande diferença de, desta vez, ter conseguido irritar a própria China.
      Um abraço

      Eliminar
  2. Pedro, estou a ler "Dentro do Segredo" do José Luís Peixoto, e o livro retrata bem o que é, hoje por hoje, a Coreia do Norte. Isto para dizer que o Camarada Kim - que me lembra o Bruno de Carvalho do Spórtem - é um bazófias com uma extrema necessidade de se colocar debaixo de polémica para que falem dele.

    Amigo, a Coreia do Norte nem dinheiro tem para mandar cantar um cego quanto mais para produzir uma bomba de hidrogénio.

    Aquele abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Normalmente ele cria estas polémicas para sacar mais algum, Ricardo.
      Vamos ver se não é isso outra vez.
      Também não acredito minimamente que tenham a bomba de hidrogénio, nem disponham de tecnologia para a produzir.
      Aquele abraço

      Eliminar
  3. A bem de todos.... seria bom que fosse assim....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tal como o Ricardo, acho que não passará de retórica para aparecer e, depois disso, talvez conseguir algum, Francelina

      Eliminar
  4. Será que não tem algo escondido na manga?
    Kis :=)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito que tenha escondido, com rabo de fora, uma tentativa de sacar mais ¥€£$$$

      Eliminar
  5. ORA, ISTO É QUE SÃO DITADURAS, TAL COMO FOI A DE ESTALINE E A DE MAO. Salazar? Um senhor poupado e honesto.

    Ouvi a notícia no telejornal e não acreditei, nem um pouco.
    A mini criatura, uma mulher, que estava a apresentar a emissão, parecia que estava metida num espartilho, que tinha engolido muitos garfos e falava em riste, um bocadinho pior, mais intransigente, que esta camada mais nova do PCP. Não falo de Jerónimo de Sousa, pke esse já nasceu com o CD no cérebro e está convencidíssimo daquilo k profere. Haverá cartilha de ensinamento vocal e postural pra esta gente, Pedro?

    Qto à irritação da China, penso que sendo umm país tão grande e fazendo fabrico em série para quase todo o planeta, não gostou k a Coreia do Norte brincasse ao "faz de conta". Um dia, a Coreia do Norte irá ter o que há mto merece!


    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. CÉU,
      Eu e minha mulher adoramos ver os norte-coreanos a apresentar as notícias.
      Do mais cómico possível.
      Isso é aquelas centenas de palhaços a aplaudir em ritmo compassado.
      Impagável!!

      A China, único aliado do regime norte-coreano, não gostou nada destas notícias.
      Até porque não podia ficar alheia desta vez.
      O minorca portou-se muito mal.
      E já deve ter levado um valente puxão de orelhas.

      Beijo

      Eliminar
    2. Ó Pedro, só por isso! "Cómico", qto, mais k baste e TACANHEZ, sem entenderem a figura k estão a fazer.

      Claro k sim. A China não é um paizinho e o anão vai ter o k merece. Alianças? Até as sentimentais se acabam, qto mais estas!

      Beijo.

      Eliminar
  6. Caro Amigo Pedro Coimbra.
    Tuas considerações são pertinentes tendo em vista que recebemos informações da Coreia do Norte depois que passam pelos rigorosíssimos filtros da censura do Estado.
    Caloroso abraço. Saudações desconfiadas.
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços, com muita imaginação e com muito gozo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo João Paulo de Oliveira,
      Da Coreia do Norte só sai propaganda.
      Mesmo essa, filtrada.
      Aquele Estado não existe!
      Aquele abraço

      Eliminar
  7. Se deu para irritar a China, talvez seja de prosseguir nas maluqices

    A responsabilidade maior é de quem cede às chantagens !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Inteiramente de acordo, São.
      Se, de cada vez que o menino Reboredo norte-coreano fizesse disparates, lhe dessem um puxão de orelhas em vez de ceder a essas chantagens o regime caminharia mais rápido para um fim que terá que forçosamente ter.

      Eliminar
  8. Eu não ficaria surpreendida se fosse, mas a situação é demasiado séria...

    Um beijinho, Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tudo o que se relaciona com lunaticos é demasiado sério, Miss Smile.
      Porque os lunáticos são capazes de tudo.
      Beijinhos

      Eliminar
  9. Assunto sério este. Nunca sabemos o que daqui pode advir....

    Bom resto de semana

    Beijinho da Gota

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando se fala do regime norte-coreano coreano é sempre muito difícil saber, Gota.
      Uma caixinha de (más) surpresas.
      Beijinhos

      Eliminar
  10. Só sei que tenho medo e não confio nem um pouco nessa gente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas eu também tenho, Maria do Mundo.
      Brinco com a situação mas tenho um medo terrível de gente louca.
      Sabe-se lá o que é que poderá sair daquelas cabeças....

      Eliminar
  11. Um dia beberá do seu próprio veneno!

    ResponderEliminar
  12. Pedro
    então o terramoto que terá sido sentido ? já será imaginação a mais ?!
    esperemos que sim...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O minorca fez um teste militar, Angela.
      Disso não há dúvidas.
      Não terá sido o que ele disse, e com o impacto que ele quer fazer crer.
      Até porque não terá tecnologia para tanto.
      Mas isto são tudo suposições.
      Como sempre acontece quando se trata do regime norte-coreano.

      Eliminar
  13. Pedro, tenho de retificar uma "coisinha" na resposta à sua resposta, em cima, passo a redundância.
    Paizinho é o diminutivo de pai.
    Paisinho é o diminutivo de país, embora apareça o risquinho vermelho por baixo da palavra. Já consultei dicionários específicos e esta foi a conclusão a que cheguei.
    Se houver outras explicações, aceito-as, de bom grado!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A ideia quer tenho é que é mesmo essa, CÉU - paizinho (diminutivo de pai); paisinho (diminutivo de país).
      Bjs

      Eliminar
  14. ~~~
    Gostei de tomar conhecimento desta versão dos factos...

    Pensei que andava com vontade que lhe acontecesse algo
    como aconteceu a Saddam Hussein...

    ~~~ Beijinhos. ~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há uma grande diferença entre a Coreia do Norte e o Iraque, Majo - petróleo, $$$$.
      A Coreia do Norte não tem nada disso.
      E o minorca, como o seu pai, vai vivendo à grande com a complacência e a hipocrisia como aliados.
      Beijinhos

      Eliminar