18 de janeiro de 2016

O carro do sogro


Um tipo leva a amante a um motel e, quando lá chega, vê o carro do sogro estacionado à porta.
Com que então o malandreco do meu sogro também anda nisto, hein ?! Vou desincentivá-lo.
Rouba-lhe o rádio do carro e faz alguns riscos na chapa.
No dia seguinte liga para o sogro e encontra este furibundo.
- O que se passou, meu caro sogro?Por que está tão zangado?
- Emprestei o meu carro à tua mulher, para ir à igreja, e não só roubaram o rádio do carro, como ainda o riscaram todo.

15 comentários:

  1. Xiiiiiiiiiiiiiiiiii

    Grande bronca!! E agora???

    :)))

    Bem feito!!!!!!!!!

    Moral da estória : Não faças à tua mulher o que não gostarias que ela te fizesse a ti. ;))

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se o tipo andava comer fora de casa a mulher tem todo o direito de fazer o mesmo, Janita.
      O sol quando nasce é para todos :)))
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Com que então, precisava do carro para ir à igreja ou para levar o amante a um motel?

    A vítima foi o sogro... e nesse dia, o sol não nasceu para ele.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não foi só o sogro, ematejoca.
      Não esquecer o carro :))

      Eliminar
  3. :-D Muito bom! Afinal, pena mesmo é do sogro e do carro “inocente”. Boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também fico com pena é do carro, M Campos :)))

      Eliminar
  4. Para o marido, claro, não para o coitado do sogro.

    ResponderEliminar
  5. ~~~
    Muito boa!

    Ficou sabendo que em sua casa
    não faltavam grades pares de hastes...


    ~~ Boa semana, Pedro. Beijinhos. ~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que para lá havia de "enfeites", Majo!!!
      Boa semana, beijinhos

      Eliminar
  6. Ia jurar que tinha comentado esta.
    Devo-me ter esquecido de carregar no publicar.
    Ocorre-me apenas uma frase.
    Amor com amor se paga.
    Um abraço

    ResponderEliminar