4 de dezembro de 2015

Dúvidas na escola


O Inspector do Ministério foi a uma escola para avaliar o aproveitamento dos alunos.
Pediu à professora, para sair da sala e, a seguir, perguntou a um dos alunos da primeira fila:
*- Quem incendiou Roma?*
O menino, muito assustado, respondeu:
*- Juro que não fui eu, senhor inspector*
Bastante chocado com a resposta, o inspector foi à procura da professora e contou-lhe o sucedido.
E a professora respondeu:
*- O Joãozinho não é mentiroso. Se ele disse que não foi ele, é porque não foi mesmo!*
Horrorizado, o inspector foi à procura do Presidente da Câmara, narrou-lhe o sucedido e sugeriu que ele solicitasse ao Ministério da Educação a demissão da professora.
O Presidente coçou a cabeça, meditou alguns instantes e disse:
*- Não podemos mandá-la embora, inspector! Ela precisa do emprego, pois é ela quem sustenta a
família e, além disso, foi indicada para o cargo pelo presidente do Partido. 
 Vamos fazer um acordo: 
o senhor diz-me quanto foi o prejuízo do incêndio e a Câmara paga!*

BOM FIM-DE-SEMANA!!

38 comentários:

  1. Resta saber até que ponto a anedota deixa de o ser em certos pontos deste país. Não direi com uma simples pergunta dessas, mas com outras situações. O compadrio que infelizmente reina no país e a ignorância do povo. Meu pai contava, que nos anos 30, um emigrante de visita a uma aldeia do norte ofereceu ao compadre um quadro com a Última Ceia. Viu o compadre tão embasbacado a olhar o quadro que lhe perguntou."O compadre sabe quem são"? E o outro responde. "Não senhor. por mais que me afirme, eu só tenho uma certeza. Eles cá de Lourosa não são"
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa ainda me fez rir mais que a anedota, Elvira Carvalho :)))
      Um abraço

      Eliminar
  2. Ou santa ignorância que se reflecte perfeitamente em quem nos ensina e nos governa, mas está com um espírito de humor enorme.
    Um abraço e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um homem dotado aquele autarca, Francisco :)))
      Aquele abraço, Bfds

      Eliminar
  3. Olhe que, no Brasil (e não só, claro) talvez seja possível...


    Beijinhos, Pedro, e um bom fim de semana. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se fosse só no Brasil, Maria Eu....
      Beijinhos, Bfds

      Eliminar
  4. Um belíssimo exemplo de como andam as coisas por estas escolas fora.

    ResponderEliminar
  5. Respostas
    1. Karocha,
      Segundas e sextas, começar e acabar a semana na palhaçada.
      É sempre assim aqui por estas bandas.

      Eliminar
  6. E não perguntaram ao presidente do
    Partido?
    Kis :=)

    ResponderEliminar
  7. Dúvidas ... na escola e não só :)
    Bom fim de semana, Pedro.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelos vistos dúvidas é o que não falta, António :)))
      Aquele abraço, Bfds

      Eliminar
  8. Pedro,
    sorte foi que ninguém se lembrou acusar os bombeiros de terem chegado tarde ao local do incêndio!

    ResponderEliminar
  9. rrsss


    Os políticos estão todos, ou quase todos , nesse nível de ignorância. infelizmente.

    Bom fim de semana, Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cada vez mais, São.
      E acham que se resolve tudo com $$$$
      Bfds

      Eliminar
  10. Anedota que pode muito bem ser realidade.

    Beijos e bom fim de semana.

    PS: 3ª feira é feriado, aí, Pedro?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Imaculada Conceição, CÉU.
      É feriado, sim senhor.
      Beijos, Bfds

      Eliminar
  11. ahahah... Conhecia uma no género, mas por causa das máquinas de calcular.
    A professora lamenta-se ao Inspector por os alunos usarem a máquina de calcular para todas as contas mesmo as mais simples. Olhe por ex., veja lá que se eu lhes perguntar quanto é 12x11,... O Inspector fica a pensar no caso, pega na máquina faz a conta e diz : Ah ! claro, ... são 131 !!!

    Abraço, Pedro :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já saber usar a máquina calculadora é algo que o tipo deve poder colocar no currículo, Rui :)))
      Aquele abraço, Bfds

      Eliminar
  12. O problema é transversal a toda a sociedade. Qualquer semelhança com a realidade será pura coincidência.

    Um beijinho, Pedro, e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ou até talvez não seja assim tanto, Miss Smile .....
      Beijinhos, Bfds

      Eliminar
  13. :)) Como diria Millôr Fernandes:

    Há os que não sabem antropologia
    E os que ignoram trigonometria.
    Só de mim ninguém pode falar nada:
    A minha ignorância
    Não é especializada


    Beijinhos Pedro, bom fim de semana! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Millôr é um génio, Janita.
      Beijinhos, Bfds

      Eliminar
  14. :)))) eu também não fui
    um beijinho e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não estava na lista de suspeitos, Gábi :)))
      Beijinhos, Bfds

      Eliminar
  15. Respostas
    1. A imaginação de quem inventa a anedota em contraponto à ignorância dos visados, luisa :))))

      Eliminar
  16. Caro Amigo Pedro Coimbra!
    Esta anedota foi um refrigério, porque aqui na terra que ainda tem palmeiras e sabiás (não sei até quando), se ficar o bicho pega, se correr o bicho come.
    Que desgraça ter ciência da dura realidade de termos uma "Presidenta incompetenta mentirosa" que foi eleita numa campanha alicerçada no estelionato eleitoral.
    Caloroso abraço. Saudações desgraçadas.
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços, com muita imaginação e com muito gozo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas tudo a leva a crer que não será por muito tempo, não é, Amigo João Paulo de Oliveira??
      A Justiça tarda mas não falha.
      Aquele abraço, boa semana

      Eliminar
  17. ~~~
    Hilariante, Pedro.

    ~~~ Ótima!

    ~~~~ Bjs
    ~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caciquismo e ignorância combinados dão nisto, Majo :))
      Bjs

      Eliminar
  18. Ganda boneco, Pedro!
    Há grandes hipóteses de o cúmulo ocorrer nesta santa terra.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Qualquer semelhança com a realidade não terá sido mera coincidência, Agostinho .....

      Eliminar