22 de abril de 2015

Do céu ao inferno no espaço de uma semana


Vergonhosos, a exibição e o resultado, do Porto ontem no Allianz Arena de Munique.
Ser derrotado e eliminado pelo fortíssimo Bayern não seria surpresa.
Seria até o normal, corresponderia a todas as apostas feitas logo após o sorteio.
Ser goleado, humilhado, é inadmissível.
Bem pode Lopetegui dizer que o Porto fez uma boa prova, que só perdeu (e que derrota!!) um jogo, que se apresentou com a equipa mais jovem da prova.
Nada pode justificar a prestação de ontem no Allianz Arena nem a forma como a equipa sai da prova.
Quando se pedia ao Porto que não deixasse os alemães jogarem, Lopetegui apresentou quatro centrais, baixou linhas, deu a iniciativa e o meio-campo aos alemães.
Quando se pedia ao Porto que segurasse o jogo na primeira parte, e tentasse surpreender os alemães no contra-golpe, a equipa sofreu cinco golos, perdeu a eliminatória e a cabeça.
Estratégia suicidária, exibição (individual e colectiva) paupérrima, a vergonha quando se procurava a glória.
O Porto sai desta edição da Champions vergado ao peso de uma derrota histórica, vê-se afastado de mais uma prova, com o ânimo dos jogadores de rastos, tudo nas vésperas de mais um jogo do tudo ou nada, desta vez no Estádio da Luz.
E não se pode escamotear a verdade - Julen Lopetegui teve aos seu dispor os meios financeiros e humanos que não me recordo de nenhum treinador do Porto ter tido.
Os resultados são decepcionantes (não acredito que o Porto, ainda para mais depois desta derrota, consiga ultrapassar o Benfica a nível interno) e, sejamos honestos, um qualquer Vítor Pereira ou Paulo Fonseca, na mesma situação e com a mesma performance, há muito que tinha sido afastado.
Voltando ao jogo de ontem, até é muito simples explicar a diferença entre este Porto e este Bayern - quando o jogo corre bem ao Porto e mal ao Bayern, o Porto marca três e faz a festa; quando corre bem ao Bayern e mal ao Porto, o Bayern marca seis e tudo parece natural.

30 comentários:

  1. Sendo portista levei uma semana a mentalizar-me para a derrota do Porto que nas minhas perspectivas seria de três secos. Quando o terceiro foi marcado, disse ao maridão que não queria ver o descalabro, pois me apercebi que a derrota podia ir para números impensáveis. Só soube o resultado no fim, e muito sinceramente, depois do que vi durante a primeira meia hora, não fiquei nada surpreendida. Lopetegui nunca me convenceu. Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Elvira Carvalho,
      Depois do 3-1 no Dragão o Porto poderia e deveria fazer muito melhor.
      O Bayern é uma equipa fantástica, uma máquina de jogar futebol, servida por executantes excepcionais.
      Já se sabia isso, já o tinha escrito aqui.
      Daí até levar 6.....
      E os reflexos que isto vai deixar para o futuro?
      Vamos já ver no domingo.
      Um abraço

      Eliminar
  2. Cantaram vitória antes do tempo, coitados...mas alguém tem de perder.

    Um bom dia

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não, Fatyly.
      Bem pelo contrário.
      Escrevi aqui que o Porto ia passar um mau bocado em Munique.
      Nunca pensei que fosse chupar 6.
      Beijocas

      Eliminar
  3. Há uma diferença abissal entre as duas equipas. E via-se que no confronto direto, homem a homem os do B ficavam com a bola sempre ou quase sempre. O Porto pasmou e plasmou.
    Vi apenas a primeira parte. Desisti.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Bayern é uma das melhores equipas da actualidade, Agostinho (a melhor, talvez).
      Quando engatam são pouco menos que imparáveis.
      Mas a paupérrima exibição do Porto ajudou muito ao descalabro.
      Contra estas equipas não se pode cometer um único rro.
      E não foi um, foram muitos.
      Aquele abraço

      Eliminar
  4. ~ Lamento muito...

    ~ É por ter visto
    o meu pai sofrer com estes desaires
    que só sofro pela Seleção Nacional.

    ~~~~~Beijinhos~~~~~~~~~~~~~~~
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou portista mas não sofro com o futebol, Majo.
      Tento ser o mais frio e racional possível.
      E acho que vou conseguindo.
      Beijinhos

      Eliminar
  5. E foi mesmo. Até estou para ver a recepção aos dragões no aeroporto. É que, à ida, foi festa...espreremos que nada de grave aconteça. Os portugueses são se extremos nesta coisas do futebol.
    Kis :>}

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não haverá problemas, AvoGi.
      Aquela despedida, aquela festa, foi despropositada.
      Eu sou portista e achei aquilo fora de contexto.
      Beijinhos

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Há uma grande diferença entre as duas equipas, São.
      Essa é a realidade e há que saber enfrentá-la

      Eliminar
  7. Como nunca acreditei no céu anunciado a semana passada, não me desiludi. Apenas me senti envergonhado por aquela meia hora inconcebível.
    Abraço e bom FDS. É que esta semana, o meu começa amanhã.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aquela primeira parte é vergonhosa, Carlos.
      Aquilo não pode acontecer.
      Demasiado mau.
      Aquele abraço, bfds prolongado

      Eliminar
  8. Pedro, o Porto simplesmente não jogou na primeira parte. Deu uma sensação de impotência dos jogadores. Dizia Lopetegui que estariam preparados para qualquer plano de jogo dos alemães. Não pareceu!
    Mérito do adversário, muito mérito mas uma estratégia estranha de Lopetegui. Com um orçamento superior ao de épocas anteriores exigia-se sempre mais. A exibição foi má demais para uma equipa nesta fase tão adiantada da Champions. No domingo mais uma derrota contra o meu Benfica!
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carpe diem,
      O porto não mostrou ter a mais pequenas estaleca para este Bayern.
      E Lopetegui também não.
      Ouvi-lo no final do jogo foi penoso.
      Se se ficasse pelos 400 jogos a mais que o Bayern tem nas pernas até se percebia.
      Dizer que marcou 4 golos, que outros marcaram menos, sofreram mais, é patético.
      E é bem verdade que, com o dinheiro que gastou, e gasta, o Porto tinha que fazer muito mais que aquilo que está a fazer.
      No domingo, de rastos, física e psicologicamente, será ainda mais complicado ganhar a um Benfica que não tem vacilado.
      Aquele abraço

      Eliminar
  9. Pedro,
    Tem razão mas, mesmo não sendo do Porto, fez-me impressão pois eram portugueses contra alemães.
    Beijinho. :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como escreve o Paulo Lisboa, nestes jogos a clubite não faz sentido nenhum, ana.
      Até porque a vitória de equipas portuguesas é benéfica para todos.
      Beijinhos

      Eliminar
  10. Fiquei bastante chateado ! Gosto que as nossas equipas, mesmo que "recheadas" de estrangeiros, ganhem sempre !

    Um abraço Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É bom para todos, Ricardo, soma mais pontos no ranking da UEFA, dá mais acessos às competições europeias que é onde está o prestígio e o $$$$$
      Aquele abraço

      Eliminar
  11. Primeiramente quero fazer uma declaração de interesses: Sou benfiquista, se não sabiam, ficam a saber. Porque digo isto?
    Porque na Europa torço sempre pelas equipas portuguesas, sejam elas quais forem, bem sei que a maioria dos benfiquistas, portistas e sportinguistas portam-se de maneira exactamente oposta, mas eu sou assim e é assim que gosto de ser.

    Por isso lamento que o FCP tenha sido eliminado da Champions, fundamentalmente, porque é uma equipa portuguesa, que até era a última em provas europeias, que deixa de estar presente. E também porque assim já não será possível melhorar o nosso coeficiente nas provas da UEFA.

    Quanto a mim o grande coveiro do FCP foi o Lopetegui que montou a equipa toda lá trás com 4 centrais e a jogar na retranca. Convidou o Bayern Munique a cair em cima do FCP e este não se fez rogado. Quando o FCP sofreu o 2.º golo, disse a um amigo meu portista que se o FCP não fosse para a frente, arriscava-se a ser goleado, infelizmente para o FCP, tinha razão. Por outro lado o Fabiano é um guarda-redes grande, mas não é de modo nenhum um grande guarda-redes. No 2.º e 4.º golos embora a culpa não seja só dele, duvido que por ex. o Helton sofresse aqueles golos e no último golo, foi demasiado lento, quando se fez à bola, já ela tinha beijado as redes.

    Sei mais ou menos o que isto é por causa dos 7:0 de Vigo, é um travo muito acre que fica na boca.
    Mas verdade seja dita, o FC do Porto continua a ser a única equipa portuguesa que conseguiu vencer o Bayern sendo que, uma delas, valeu a conquista da Taça dos Campeões Europeus, é histórico e já ninguém tira isso ao FCP. Penso que isso pode ajudar os portistas a levantar rapidamente a cabeça, mas espero que não seja assim tão depressa, afinal no Domingo quero ganhar ao FCP.

    Mas o que aconteceu ao FCP foi o pior que lhe podia ter acontecido antes do jogo com o SLB. Esse jogo já de si seria muito difícil para o FCP: Joga fora de casa, está com menos 3 pontos. E agora está animicamente de rastos e mais cansado que o SLB. O previsível será o FCP perder outras vez, não será por 6:1, mas se o SLB ganhar por 1:0, isso chega e satisfaz-me. Mas em rigor tudo pode acontecer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Paulo Lisboa,
      De tudo o que escreve só não concordo com uma coisa - sabendo que é tremendamente complicado (já o era antes, ficou mais ainda com esta derrota e as sequelas que deixa), espero que o Porto ganhe ao Benfica.
      Num bom jogo, sem casos.
      Quem é que disse que portistas e benfiquistas não se entendem?
      Olhe aqui um bom exemplo a contrariar essa teoria idiota.

      Eliminar
  12. Meu caro, por razões profissionais não pude cá vir, e faço-o para dizer, ou melhor, repetir o que disse na 1ª mão, o FC Porto não foi superior ao Bayern de Munique conseguiu, isso sim, aproveitar (magistralmente) as falhas dos defesas bávaros e conseguiu, a partir daí, gerir o jogo.

    Pedro, o Lopetegui é um cretino que não tem categoria alguma para treinar um clube da dimensão do FC Porto, só algo de muito absurdo e errado fez com que hoje ocupe aquele cargo.

    Por outro lado, pergunto, onde é que foram desencantar aquele Marcano? Sem classe ou nível para jogar no Porto "B" quanto mais na equipa principal.

    A vida é o que é, jogos destes acontecem, já aconteceu ao Benfica comigo a assistir nas bancadas de dos Balaídos e, acredite, doí, doí muito e leva tempo a digerir, mas há que seguir em frente.

    Um último reparo, Pedro, os adeptos do FC Porto para os "animar" começar nos cânticos habituais de insulto ao Benfica e aos seus adeptos, algo que os nossos adeptos não fazem quando vão buscar a nossa equipa ao Aeroporto, não gostei, achei baixo, provinciano e revelador de um certo desnorte que passa por aquelas cabeças ocas.

    Continuo a afirmar que o meu ilustre e distinto amigo Pedro Coimbra é dos poucos portistas com os quais troco ideias sobre o jogo que a ambos nos apaixona.

    Aquele abraço, Pedro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, Ricardo, este universo está cheio de estúpidos.
      Os estúpidos que vão buscar a equipa ao aeroporto e insultam outros gratuitamente.
      Os estúpidos que ontem e hoje se regozijaram com a derrota do Porto e a celebraram.
      Infelizmente continua a haver pessoas que, em vez de apoiarem os seus clubes, insultam os outros.
      E esses há-os de todas as cores, Ricardo.
      Não vale a penas perder tempo com essa escumalha.

      Quanto ao jogo, o que mais há a dizer?
      Que, obviamente, o Bayern é muito superior ao Porto.
      Já tínhamos comentado isso depois do primeiro jogo (correu muito bem ao Porto, correu muito mal ao Bayern).
      Ontem ficou provado (correu muito mal ao Porto e muito bem ao Bayern e resultou em goleada).
      Das críticas que o Ricardo faz, e que eu subscrevo, fica a faltar um elemento - o Porto não tem um bom guarda-redes.
      Quando o guarda-redes é fraco (é grande mas não é grande coisa) está tudo f.....lixado.
      Aquele abraço

      Eliminar
  13. Concordo, Pedro, que foi do céu ao inferno no espaço de uma semana.

    Gosto tanto do Benfica como do Bayer München. NADA, MESMO NADA!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos ver se na mesma semana não levamos pancada de ambos, ematejoca......

      Eliminar
  14. Coimbramigo

    ... e andavam a dizer que o Real Madrid queria o Lopetegui e que ele iria ser o sucessor do Carlo Ancelotti... Só se for para apanha-bolas (seis) do Chamartin. Não sou do F. C. Porto - bem pelo contrário. Mas felizmente não assisti ao jogo pois voava de Goa até chegar a Lisboa.

    Quando cheguei a casa ainda vi os golos do desafio. e pouco mais. Mas deu para perceber que o Lope é uma desgraça. E se não se safar na Liga, fica-se a saber que a sua "coroa de glória" foi não ter ganho nada.

    Mas sempre é um descalabro levar seis-batatas-seis na prova rainha da UEFA. Fazer de palhaço pobre/rico é um tsunami. E mais não digo para que o sôr P da C não tenha motivos para repetir que eu sou "um antiportista primário". Serei, mas nunca pedi a cabeça dele numa bandeja tal como a do S. João Baptista...

    Pelo contrário, foi ele que pediu a minha aqui há uns anos; não me pareceu muito conveniente a solicitação...

    ..大大的擁抱 .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lopetegui teve todos os meios para fazer uma época dourada, FerreirAmigo.
      Os meios que não me recordo de outro treinador ter.
      Está a fazer uma época estranha (estou a ser simpático), com erros inadmissíveis.
      Que custaram a eliminação na Taça de Portugal às mãos do Sporting, na Taça da Liga às mãos do Marítimo, agora a humilhação na Champions com o Bayern.
      Domingo joga outra vez o tudo (Liga) ou nada.
      E parte em posição de clara desvantagem.
      Vamos ver o que acontece na segunda-feira......
      Aquele abraço

      Eliminar
  15. o meu marido "culpa" também os cartões amarelos "dados" a vários jogadores do Porto no jogo anterior que os impediram de estar presentes neste último jogo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não foi nada agradável jogar sem os dois laterais, Angela.
      Mas não foi por causa disso que o Porto chupou seis.

      Eliminar