13 de fevereiro de 2015

Abraão


Abraão levou o filho para o deserto, amarrou-o a uma árvore e acendeu uma fogueira debaixo dos seus pés. 
De repente, uma voz diz:
- Abraão, Abraão, que é isso ????
- Senhor, Senhor eu estou sacrificando o meu filho, conforme a Vossa ordem !!!!
- Não, Abraão, eu só queria medir a tua fé !!
- Mas Senhor....!!!! 
- Abraão, solta o menino !!!!!
Abraão soltou o filho. O menino saiu disparado, correu, correu, correu, e Abraão gritava:
- Filho volte, filho volte, o Senhor libertou-te !!!!
O menino parou, longe, e gritou: 
- Libertou o c….. !!! Se eu não fosse ventríloquo, estava bem f…… !!!

17 comentários:

  1. rrssss rrrsss

    Agora a sério: nunca percebi como é possível crer num deus que ordena coisas destas e também nunca entendi como alguém está na disposição de obedecer a tais barbaridades.

    Bom fim de semana com as suas meninas. Pedro .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um episódio bíblico de uma violência extrema, São.
      Que não tem nada a ver com o Deus de Spinoza que aqui há dias aqui conhecemos.
      Bom fim-de-semana

      Eliminar
    2. Nem com o meu...

      E se fosse só este o episódio escabroso. mas há tantos :(

      Eliminar
  2. ~ Pelo linguarejar, este Abraão e seu filhote deviam ser das bandas do 'Puerto'.


    ~ ~ Hoje é dia de preparar as surpresas de amanhã...
    ~ ~ Como vai ser?

    ~ ~ ~ Beijinho da curiosa "amiga-titi". ~ ~ ~
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não há surpresas, Majo.
      A prenda já foi entregue (e foi uma surpresa).
      O jantar, como vem sendo hábito, vai ser a quatro e preparado por nós.
      Haverá melhor maneira de celebrar?
      Não acredito.

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Os ventríloquos não tem sucesso só no mundo do espectáculo, Carlos :)))

      Eliminar
  4. Esta é a melhor que já li nos últimos tempos :)))

    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O puto acha o mesmo, Fê.
      Livra!!! :)))
      Beijinhos

      Eliminar
  5. Aqui não há alentejanos, mas bem que podia haver...eles sabem imitar as vozes de animais, pessoas importantes e caricaturar como ninguém! Até se caricaturam a eles mesmos! :)))


    Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabe-se lá se o puto não era alentejano, Janita :))))

      Eliminar
  6. :))) acho que não foi bem assim que sucedeu...

    ResponderEliminar
  7. Não há como dispor de cartas na manga para os momentos de aflição.
    Um filão para os "empreendedores" a formação em artes e sucedaneos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando não há plano B é uma chatice, Agostinho :)))

      Eliminar
  8. Esta já conhecia....
    Um abraço e bom Carnaval

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deu um jeitão ser ventríloquo, Elvira Carvalho :)))

      Eliminar