12 de dezembro de 2014

Judeu no bordel


Jacob era um judeu que morava numa pequena cidade do interior. 
Passaram-se 3 anos que a sua esposa tinha falecido e ele não havia conhecido outra mulher.
Estimulado pelos amigos e clientes masculinos da sua loja, ele resolveu aliviar o stress num bordel.
Ao chegar à famosa casa, todas as meninas reconheceram de imediato o Jacob, pois o judeu era conhecidíssimo não só por ter uma loja muito boa mas também pelas boas reservas financeiras.
 As meninas chegaram a empurrar-se para ver quem chegava mais perto do homem. 
Todas queriam agradá-lo e a recompensa financeira seria bem vinda.
Depois de algumas bebidas e carinhos, Jacob convidou a bela morena de cabelos longos :
- Você faz como a minha falecida Sarah fazia ?!?! Eu quero matar saudades !
A morena já com uma lágrima a soltar-se diz :
- Claro que faço, Jacobzinho !
E foram os dois para a cama, sendo tudo normal. 
Findo o "trabalho", a mulher perguntou :
- Afinal, o que é que sua falecida esposa fazia ? Pois para mim foi tudo normal !
E ele muito calmamente respondeu :
- A Sarah fazia sempre gratuitamente ! 


18 comentários:

  1. Respostas
    1. O estereotipo que sempre sobrevive, Catarina :)))

      Eliminar
  2. ~ ~ Kkkk...kkk...kkk...

    ~ Não se livram da fama...

    ResponderEliminar
  3. Os Judeus é que sabem como economizar :))

    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também não era preciso exagerar, Fê :))))
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Mas nem era necessário perguntar, rrssss...



    ResponderEliminar
  5. Ganha fama e deita-te na cama...:))))

    :)

    ResponderEliminar