11 de setembro de 2014

Teimosia, incompetência, irritação


Continua a saga dos engarrafamentos perfeitamente evitáveis na Ponte Sai Van.
Esta manhã, mais uma vez na hora de ponta, o caos.
No interminável acesso ao tabuleiro, nervoso, irritado, ia pensando que deveria haver uma forte razão para o completo entupimento do trânsito.
Que já chegava inclusivamente ao interior da Taipa.
Qual não é o meu espanto quando me deparo com o terrível problema - um carro avariado, do lado esquerdo da via no sentido Taipa/Macau.
Ao pé do carro, um polícia a "tomar conta da ocorrência", um eufemismo engraçado que significa multar o carro, chamar um reboque e ficar a olhar para o lado.
Quando passei por ele, utilizando o universalismo da linguagem gestual, perguntei-lhe se era ceguinho e porque razão não deixava escoar o trânsito pela bendita faixa reservada aos motociclos.
Faixa que, como sempre, estava reservada a meia dúzia de motociclos e um montão de moscas!
Olhou para mim, fez-me sentir invisível, e voltou-se para o outro lado não houvesse algum problema urgente na água.
E assim vamos continuando a jogar a nossa sorte de cada vez que procuramos aceder ao tabuleiro da Ponte Sai Van, a grande obra dos governos da RAEM, pensada para escoar o trânsito das pontes Nobre de Carvalho e da Amizade.
A mesma que continua com o tabuleiro inferior teimosamente encerrado, mesmo nos dias de caos como hoje, a mesma que continua com duas faixas teimosamente reservadas a motociclos, a mesma que foi amputada nos seus dois sentidos (também havia engarrafamento do outro lado mas não sei o motivo) em virtude da incompetência reiterada de alguns amanuenses transformados de um dia para o outro em decisores.

(Fotos gamadas no Facebook de um bom amigo) 

18 comentários:

  1. Senão fosse hora de ponta tudo passaria mais despercebido.Quando caminhamos como tempo contado todos os segundos nos parecem eternidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. luís,
      Esta ponte foi construída para ser o oposto daquilo em que a tornaram.
      Chega de incompetência e de teimosia!

      Eliminar
  2. Engraçada essa situação, curiosa.

    Abraço, Pedro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para quem não a vive, Ricardo.
      Para quem a vive é sobejamente irritante!
      Aquele abraço

      Eliminar
  3. O Pedro tem de fazer um favor ao polícia: compreender que ele só faz o que lhe mandam, sem margem para improvisações - perigosíssimas. Provavelmente nem autorização tem para pensar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agostinho,
      Estes tipos são os mais preguiçosos que conheço.
      Irritam!!!

      Eliminar
  4. Não se deve prejudicar o acesso aos motociclos, mesmo que estes sejam uma miragem.
    Direi mais, não ter em conta as moscas, muito mais aos montes, é sacrilégio.
    Em caso de muito trânsito, a malta que vá de motociclo ou ... de mosca.

    Pedro, apesar de se tratar de uma situação importante e a merecer o reparo, não consegui impedir o aligeiramento da coisa.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só o António para me fazer rir com esta situação e estes c**ões
      Aquele abraço

      Eliminar
  5. Nem sei muito bem o que lhe diga, Pedro...

    Tudo de bom...e haja pachorra !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pachorra que é cada vez manos para estas m%*das, São.
      Gente teimosa, incompetente, incapaz.
      É dose para leão!

      Eliminar
  6. Esse polícia fez-me lembrar alguns que (supostamente) fazem escoar o trânsito...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O tipo nem para me multar se mexeu, luisa.
      Em bom rigor, eu desrespeitei-o.
      E o gajo, népia.

      Eliminar
  7. é igual em todo o lado, até na China :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Até mesmo comigo a berrar com ele, em público, o gajo não se mexe, Tétisq.

      Eliminar
  8. Sapo linguarudo? Eu pensava que quem tinha língua comprida era o camaleão...:))

    Esta anedota contraria a fábula da Bela e o Monstro, que sempre achei linda!

    Beijinhos e bom domingo, Pedro!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário ficou fora do sítio, Janita.
      Porque, neste caso, o polícia dava a impressão que tinha ficado sem língua.
      Sem língua e sem o resto!
      Beijinhos e votos de bom domingo também

      Eliminar
    2. Ó Pedro, procure lá o meu comentário a este post, porque eu tenho a certeza que o deixei cá ficar! ...entre outras coisas, dizia que a Polícia de cá também sofre de teimosia, provoca irritação, mas é muito competente a passar coimas! Isto, em virtude da linguagem gestual feita pelo Pedro e que ele, simplesmente, ignorou!!:))

      Sabe, Pedro? Eu costumo copiar os comentários para os colar a seguir, uma vez que não entram à primeira e, se calhar, o que colei foi o anterior...confusão igual só essa que ocorreu na Ponte Sai Van. eheheh

      Beijinhos e boa semana!

      Eliminar
    3. Agora é que ficou o comentário, Janita.
      Ante não o tinha recebido.
      Beijinhos e votos de boa semana

      Eliminar