21 de julho de 2014

A ARTE DE SABER MENTIR







O Neves diz a uma colega de trabalho:
- Você quer boleia ?
- Claro, respondeu ela, entrando no carro.
Chegando no edifício onde ela mora, ele parou o carro para que ela saísse 
e ela convidou-o para entrar no seu apartamento.
- Não quer tomar um cafezinho, um whisky, ou alguma coisa?
- Não, obrigado, tenho que ir para casa.
- Imagine, o Sr.Neves foi tão gentil comigo, vamos entrar só um pouquinho.
Ele subiu, atendendo ao pedido da colega.
Ao chegarem no apartamento, ele bebia uma cerveja enquanto ela foi para dentro e 
voltou, toda gostosa e perfumada.
Depois de alguns "gorós", uns amassos, quem pode aguentar ?!?!?!!
O Neves "caiu", literalmente!
Fez sexo com a colega e acabou adormecendo.
Por volta das 4:00 h da manhã, ele acordou, olhou no relógio e levou o maior susto.
Aí,ele pensou um pouco e perguntou à colega:
- Arranjas-me um lápis?
Ela entregou-lhe o lápis, ele pegou, colocou atrás da orelha e foi pra casa.
Lá chegando, encontrou a mulher louca de raiva e ele foi logo contando.
- Tenho algo para te dizer.
Quando saí do trabalho dei boleia a uma colega de trabalho,
depois que chegamos no prédio onde ela mora, 
ela convidou-me para subir e me ofereceu uma cerveja, 
em seguida, ela foi para o banho e 
retornou com uma camisola transparente 
e muito linda, e após vários goles acabamos indo para a cama e fizemos sexo,
de seguida adormeci e acordei agora há pouco.
A mulher deu um berro e falou:
-Seu mentiroso sem vergonha!!
Estiveste na tasca a jogar sueca com OS TEUS AMIGOS!!!
Nem mentir sabes!
ATÉ TE ESQUECESTE DO LÁPIS AÍ, ATRÁS DA ORELHA, seu Aldrabão !!!!!!!! 











16 comentários:

  1. Já não era a 1ª vez que usava a táctica! :)

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por isso foi agarrado com tanta facilidade, Rosa dos Ventos :)))
      Abraço

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Este é mais um mestre das tácticas, António :))

      Eliminar
  3. Há cada mulher mais parva...

    ou ela não acreditou,

    porque ele na cama lá de casa não fazia bom serviço!!!

    ResponderEliminar
  4. Caro Amigo Pedro Coimbra!
    A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, disse que a esposa é uma energúmena, ou uma parva, como vocês dizem, porque se fosse a tresloucada da Agrado diria para o marido adúltero::
    - Te perdoo se eu tiver orgasmos múltiplos nas fornicações que teremos a seguir, porque caso contrário a porta da rua é a serventia da casa.
    Caloroso abraço! Saudações agradoianas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Agrado é uma depravada, Amigo João Paulo de Oliveira :)))
      Aquele abraço

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Um lápis pode fazer toda a diferença, Gábi :))

      Eliminar
  6. É caso para dizer que a enganou com a verdade. :))))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com a verdade me enganas. Não havia algo com esse nome? :))

      Eliminar
  7. Não me convenceu. A fulana era, de certeza, mais feia que uma locomotiva a carvão. O "carpinteiro" desinteressado nunca lhe tinha afinado a gaveta senão "a estafermo" não ia tão facilmente na história do lápis.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando comentário suplanta a anedota, Agostinho :))

      Eliminar