6 de junho de 2014

Alentejanos sempre na vanguarda


18 comentários:

  1. E está correcto, porque aquilo que eu tenho assistido em restaurantes, merece mesmo um cartaz assim !! rrssss

    Tudo de bom, Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já dei uns berros às minhas filhas por causa desse problema, São.
      Vício irritante da porcaria dos telemóveis!
      Tudo de bom

      Eliminar
  2. ~
    ~ Uma tasquinha cinservadora...

    ~ Já agora, a titia pede desculpa mas não deixa passar-- não se educam crianças com berros... É preciso explicar os inconvenientes da utilização excessiva, tanto para a saúde, nomeadamente, na falta de relaxamemto mental e transtorno no convívio familiar.
    ~ Mas uma coisa é certa, é apenas uma fase que, infelizmente, passa depressa.

    ~ ~ ~ ~ Beijinhos para si, Tina e meninas palradoras. ~ ~ ~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Berros é uma maneira de dizer, Majo.
      Uns ralhetes.
      Eu lá sou capaz de berrar com as minhas filhas.

      Não gosto mesmo nada de ver gente a pegar no estupor do telemóvel durante uma refeição.
      Interromper uma refeição para falar ao telemóvel.
      Falta de educação, pura e simplesmente.
      Beijinhos

      Eliminar
    2. ~ Fiquei admirada!
      ~ Ainda bem que não os há.
      ~ Por vezes é preciso contar até cinco.
      ~ Mas é preciso que saibam que há que ter muito cuidado com a cabecinha... ~ XX ~

      Eliminar
    3. Até agora (vou dar três pancadas na mesa) têm sido uns anjinhos, Majo.
      Adoro-as muito mais do que a vida.

      Eliminar
  3. Também acho bem a tabuleta alentejana.
    Bom FDS e saúde, Pedro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os nossos compadres têm sempre razão, Agostinho
      Aquele abraço e votos de bfds

      Eliminar
  4. :))) É assim mesmu, falem uns cus outros, qué às refeções que as famílas e as amigos confraternizam. Lá no Alentejo , não há dessas modernices perniciosas!!:))
    Gostei muito!
    Beijinhos e bom fim de semana desfrutando da companhia das suas princesas, sem telemóveis à mesa!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora atão nã querem lá ver que a catraiada nã tá co atenção ao comeri por mor da porra dos talifones, Janita!!
      Homessa!! :)))
      Beijinhos

      Eliminar
    2. Eheheh...Quem dera a muitos alentejanos falarem alentejanês como o Pedro fala...:))))
      Beijinhos.:)

      Eliminar
    3. Tenho muitos amigos alentejanos, Janita.
      Incluindo a pessoa que me enviou a anedota.
      Gente boa, sã, que sabe brincar e sabe rir.
      Beijinhos

      Eliminar
    4. Eu tambêm sê falari alentejanês candu queru. :-):-):-)

      Eliminar
    5. Atão se a gente tem uns compadres lá daquelas bandas nã havia de falar a língua?
      Homessa! :))

      Eliminar
  5. Ora aí está uma boa ideia. Por mi, devia haver um etreiro desses em todos os restaurantes

    ResponderEliminar