3 de junho de 2014

A loja do monhé


Um sujeito engravatado entra na lojinha do Abdul, no Martim Moniz, em Lisboa, e olha com desprezo para o balcão escuro, as roupas penduradas em ganchos, as caixas de papelão, os invólucros de plástico aos montes, pelo chão.
Abdul irrita-se com o desprezo do tipo e resmunga:
- Está a olhar para a loja do Abdul com cara de parvo porquê? Com esta lojinha, Abdul tem apartamento no Cascais, tem apartamento no Algarve, tem casa no Chiado, tem quinta no campo, tem filho a estudar medicina nos Estados Unidos, tem filha estudando moda em Paris. Tudo só com lojinha!
- Bom dia, eu sou fiscal das Finanças!
- Muito prazer! Eu, Abdul, o monhé mais mentiroso do Martim Moniz.

16 comentários:

  1. É Abdul, o monhé mais mentiroso do Martim Moniz???

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não, ematejoca
      O Abdul é outro :))

      Eliminar
    2. Então, não compreendi a anedota!!!

      Eliminar
    3. Monhé é calão para árabe, ematejoca.
      Daí que o Abdul seja o monhé mais mentiroso lá da zona.

      Eliminar
  2. Pensei que era só para se livrar do fisco. Convém averiguar se, a seguir, houve corrupção, extorsão...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso já será mais complicado, Agostinho :))

      Eliminar
  3. ~ Já tem barba branca, amigo!

    ~ Mas que é muito interessante, isso é.

    ~ ~ ~ Abraço. ~ ~ ~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Majo, já é velhinha.
      Mas, de quando em vez, vale a pena revisitar as velharias :))

      Eliminar
  4. Caro Amigo Pedro Coimbra!
    A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, disse que o Abdul tem fantasias sexuais com freiras.
    Caloroso abraço! Saudações fantasiosas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Freiras de burka, Amigo João Paulo de Oliveira
      O Abdul é um depravado :)))
      Grande abraço!

      Eliminar
  5. Monhé, humm, bocas ao Costa, Pedro?😂😂😂😂
    Aquele abraço!

    ResponderEliminar
  6. Sinceramente já não me lembrava desta e soube-me muito bem recordá-la.

    ResponderEliminar
  7. :)) Será que assim ele conseguiu escapar?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. dava um jeitão saber a resposta a essa pergunta, Gábi.
      Se ele tivesse escapado, o pessoal começava todo a dizer às Finanças que era uma cambada de mentirosos :))

      Eliminar