11 de março de 2014

Macau lava mais branco?


Meia volta, volta e meia, os norte-americanos decidem parir um relatório de circunstância, mas muito circunstanciado, acerca do problema da lavagem de dinheiro nos casinos de Macau.
Lavagem de dinheiro que, na definição da Wikipédia, é "(...) uma expressão que se refere a práticas económico-financeiras que têm por finalidade dissimular ou esconder a origem ilícita de determinados activos financeiros ou bens patrimoniais, de forma a que tais activos aparentem uma origem lícita ou a que, pelo menos, a origem ilícita seja difícil de demonstrar ou provar. É dar fachada de dignidade a dinheiro de origem ilegal."
Jogo em casino utilizado como instrumento para dissimular a origem ilegal de dinheiro?
Não pode ser!
Estou tão chocado quanto Claude Reins (Captain Renault) em Casablanca enquanto recebia os ganhos dessa noite.
Claro que este fenómeno é exclusivo dos casinos de Macau.
Nos casinos de Las Vegas não é assim.
O dinheiro que lá entra é todo, numa expressão consagrada por um conhecido treinador de futebol, "limpinho, limpinho".
A hipocrisia, muitas vezes, e é o caso, tem origem num fenómeno que se designa no vernáculo por "dor de corno".
Ou há alguém de boa-fé que acredite que os casinos de Macau são como o conhecido detergente que se dizia que lavava mais branco?

35 comentários:

  1. [xiii....em lavagem de dinheiro
    meu país é avançado....

    ruim dizer e viver isso]

    abç

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Margoh,
      E os Estados Unidos?
      E o Mónaco?
      E...e...e.... onde há casinos é óbvio que há uma grande probabilidade de haver lavagem de dinheiro.
      Mas não é só em Macau como estes hipócritas querem fazer crer.
      O que os leva a ter estas atitudes, para além da mania de serem polícias do Universo, é o facto de os casinos de Macau facturarem agora cerca de 10 vezes o montante que facturam os de Las Vegas.
      E de os grandes operadores de jogo americanos, quando confrontados com uma possível escolha, responderem sem dúvidas que preferem Macau.

      Eliminar
  2. ~ Qual deles o melhor?!!!

    ~ Concordo inteiramente, contigo.

    ~ ~ Um dia bom e simpático ~ ~

    ~ ~ ~ ~ ~ ~ Beijinhos. ~ ~ ~ ~ ~ ~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A cara de pau destes americanos tira-me do sério, Majo.
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Os EUA são de uma arrogância, de uma hipocrisia e de uma estupidez que me deixam abismada!!

    O mais grave é que têm um poderoso arsenal que os torna invulneráveis...

    Bom dia, Pedro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A expressão american stupid já entrou no vocabulário, São
      Por alguma razão será .....

      Eliminar
  4. Tem razão Pedro mas penso que os EUA fazem bem o papel de polícia. São irritante mas num mundo de cão temos que ter alguém a dizer umas quantas verdades...
    Mor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mor,
      O problema é serem tão arrogantemente estúpidos e invejosos.
      Há lavagem de dinheiro em Macau?
      Em em Las Vegas??
      Reportar todas as operações acima de 24 000 patacas?
      Estes gajos fazem ideia do que se joga em Macau?
      Onde, por acaso, operam algumas das grandes empresas deles....

      Eliminar
  5. Neste caso, os pacientes estão no deserto de Las Vegas, Pedro!

    Isto é só rir para não ensandecer, caro amigo.

    Aquele abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os loucos tomaram mesmo conta do asilo, Ricardo.
      E é com cada asneira!!
      Aquele abraço!

      Eliminar
  6. Os EUA detêm a patente da liberdade, justiça, direitos humanos, direito internacional e de tudo aquilo que se possa ou não imaginar. Essa patente foi registada na primeira metade do séc XX com a sua participação nas duas guerras mundiais. Para garantir a exclusividade espalharam por toda a terra e arredores as suas legiões. Como potência imperial decide o que é verdade e o que é mentira, o que é lei e o que é exceção. Até quando? Sabe-se pela história que o caldo se pode entornar quando menos se espera, que o direito internacional está na ponta das armas.
    Quanto a casinos, off-shores e outras indústrias de limpeza e esterilização eles são iguais em todo o lado mas, como refere o Pedro, há sempre o problema da concorrência.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os americanos ficaram perdidos por verem Macau ultrapassar Las Vegas e, suprema humilhação, ver e ouvir os grandes operadores americanos que aqui estão dizer que, na hora, escolheriam Macau em detrimento de Las Vegas.
      Como a raposa que não chegava às uvas, lá vêm de vez em quando dizer que é por estarem verdes.

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Eu acho que é mais idiotice e inveja, António
      Aquele abraço!

      Eliminar
  8. Respostas
    1. Dinheiro sujo é igual em todo o lado, Rosa dos Ventos.
      É isso mesmo que aqui quero deixar claro.

      Eliminar
  9. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    Esses ianques metem sempre o nariz em todo o lado e só dá merda.
    Sei a história do começo de Las Vegas, mafia pura, mas sobre isso tudo bem, é que eles por lá usam o TIDE.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O começo, amigo Cambeta?
      É a continuação?
      Aquilo por lá é só anjinhos.
      Aliás, uma boa parte dos tipos que aqui operam na área do jogo são o quê?
      Americanos, não é?!
      Está tudo dito.
      Aquele abraço!

      Eliminar
  10. Lavagem é normal, quando se trata de sujidade!!!!

    beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Repito a resposta que dei à Rosa dos Ventos, Adélia
      Beijinhos

      Eliminar
  11. Os americanos são óptimos a apontar os erros dos outros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem são de outros, Carlos - três concessionárias aqui são americanas.
      Em casa de ferreiro.....

      Eliminar
  12. Muito gostam os States de atirar pedras nos telhados alheios. Esquecem-se que os deles também são de vidro... :P

    Beijocas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Neste caso até atiram aos próprios Tete
      Três das companhias são americanas
      Ou será que elas não lavam?!
      Beijocas

      Eliminar
  13. Então, Pedro! Em La Vegas, ainda não descobriram o Tide e andam invejosos da brancura Macaense. ;)

    Beijinhos.

    PS. Com este sol primaveril, que mais parece já de estio, andei ocupada demais. Ando cheia de dores nas costas. Fartei-me de 'branquear' a sujidade do meu quintal.:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Inveja sinto eu desse sol primaveril que tão bem conheço.
      Aqui já não se vê o sol há um tempão :(
      Beijinhos

      Eliminar
  14. Respostas
    1. Uma pequena indisposição, São
      Espero já estar totalmente restabelecido amanhã.
      Obrigado pela preocupação

      Eliminar
    2. As melhoras , rápidas e definitivas!!

      Eliminar
  15. Caro Amigo Pedro Coimbra!
    Desejo-lhe pronto restabelecimento!
    Meu telefone portátil vibrou! Preciso dizer quem era?!... Claro que era a minha amiga, a Dona Miquelina Pinto Pacca! (huhummm)
    Ela disse-me que hoje, no período vespertino, como faz habitualmente todas às quartas-feiras, no período vespertino, vai à Cripta da Catedral da Sé desfiar o Santo Rosário, solicitando a intercessão do poderoso Cacique Tibiriçá e da Nossa Senhora de Guadalupe. Como ela também o tem em alta estima e consideração, no dia em curso ela desfiará o Santo Rosário em sua intenção para que este mal estar súbito passe com celeridade, deixando garboso e vigoroso!
    A ligação foi interrompida de supetão...
    Caloroso abraço! Saudações restabelecidas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Creio que amanhã já estarei recomposto, Amigo João Paulo de Oliveira :)))
      Grande abraço!!

      Eliminar
  16. Que animosidade contra os EU!!!
    Arrogantes ou não, continuam a ser a maior potência!
    Não os considera “nossos” protetores, Pedro?!
    Cuidado, não quero agravar a má disposição! : ))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é animosidade contra os Estados Unidos, Catarina.
      A importância geo-estratégica dos norte-americanos no Mundo é inegável.
      O que também é inegável é uma hipocrisia, uma cara de pau, do tamanho do Mundo.
      E isso é que já aborrece.

      Eliminar
  17. Respostas
    1. Já estou (quase) em ordem, Carlos.
      Aquele abraço!

      Eliminar