26 de fevereiro de 2014

Crónica de uma morte anunciada?


No dia em que faleceu mais um dos grandes vultos do futebol mundial, Mário Coluna, antecipo o que julgo ser o estertor de Paulo Fonseca enquanto treinador do Porto.
O jogo de amanhã, em Frankfurt, poderá muito bem ser o último de Paulo Fonseca na qualidade de treinador do Porto.
Uma derrota, e consequente eliminação da Liga Europa, terá por certo esse efeito.
Pinto da Costa não aceitou o pedido de demissão do treinador no último domingo.
Conservador, avesso a mudanças de treinador a meio da época, Pinto da Costa, neste caso em concreto, até terá procedido bem.
Deixar sair o treinador ao domingo quando se tem um jogo fundamental na quinta-feira seguinte?
Quem é que iria preparar a equipa nestes dias?
Paulo Fonseca ficou.
A prazo, com a espada de Dâmocles a ameaçar cair a qualquer momento.
Entretanto, frio, calculista, Pinto da Costa procura o sucessor do actual treinador.
A bancada, totalmente divorciada de Paulo Fonseca, pede o impossível - André Villas-Boas.
Esquecendo que André Villas-Boas, hoje em dia um treinador caro, se aceitasse voltar à tal cadeira que disse um dia ser de sonho, iria encontrar um plantel longe da qualidade daquele que treinou na época (quase) perfeita.
Treinador caro, ao qual Pinto da Costa não perdoa a traição da saída para o Chelsea daquela forma, não será Villa-Boas a solução por certo.
E, se é verdade que Paulo Fonseca é um treinador muito fraco, incapaz de treinar uma equipa com o grau de exigência que a equipa do Porto tem, que cultiva uma relação estranha com alguns jogadores (os casos de Defour, Otamendi, Kelvin, Quintero, Iturbe, estão muito mal explicados), não é menos verdade que o plantel do Porto apresenta um défice de qualidade visível a olho nu.
Sobretudo na zona nevrálgica que é o meio-campo.
Paulo Fonseca, que é responsável pela formação do plantel, é também vítima dos erros cometidos nessa formação.
Com a Liga perdida (o Benfica não vai repetir erros de um passado muito recente e está muito mais forte que os adversários), com a Liga Europa em risco (não acredito que o Porto dê a volta à eliminatória em Frankfurt), restará ao Porto procurar limpar a face na Taça de Portugal, na Taça da Liga, chegar ao segundo lugar e à Liga dos Campeões.
E, entretanto, começar a preparar a sucessão de Paulo Fonseca e a próxima época.  
A partir de amanhã, estou capaz de apostar.

31 comentários:

  1. ~ ~ ~ BOA SORTE! ~ ~ ~ BIBA O PUEORTO! ~ ~ ~

    ~ Beijinhos. ~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não acredito, Majo.
      Treinador fraco, plantel fraco, não espero por milagres.
      Beijinhos

      Eliminar
    2. O Pedro já está a ficar como um amigo nosso, que é um péssimista do caraças.

      Vamos lá ver na quinta-feira!

      Eliminar
    3. Não é pessimismo, ematejoca
      O Porto está mesmo muito fraco nesta época.
      Não acredito numa vitória na Alemanha.
      Com a equipa neste estado e os alemães em vantagem?
      Não acredito.
      Oxalá esteja enganado.

      Eliminar
  2. Tenho para mim que Paulo Fonseca foi um erro de 'casting'.
    Tratando-se de um jovem técnico, faltava-lhe e falta, o 'ritmo' dos grandes.
    Miguel Sousa Tavares disse que Paulo Fonseca não é treinador para os clubes do topo. Concordo.

    A estratégia de Pinto da Costa compreende-se. Será, porém, que 'uma volta' à eliminatória dará ainda espaço à manutenção do treinador? Não creio. Afinal, qualquer que seja o resultado na Alemanha, o homem é o mesmo.

    O futuro, no banco do FC Porto, não passa por Villas-Boas. Será que Pinto da Costa já 'piscou o olho' a Jesualdo Ferreira?

    Aquele abraço, Pedro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi claramente uma aposta falhada, António
      Não acredito numa vitória do Porto na Alemanha nem acredito que, se isso acontecesse, viesse mudar alguma coisa.
      O destino do Paulo Fonseca está traçado.
      Falta saber o dia em concreto.
      Jesualdo Ferreira?
      Não, António, não será Jesualdo
      Já teve o seu tempo.
      Não faço ideia quem seja.
      Mas, se tivesse que fazer uma aposta, diria que Marco Silva é um forte candidato.
      Jovem e.......barato!
      Aquele abraço

      Eliminar
    2. Vítor Pereira não conseguiu ser popular mesmo depois de ser bicampeão, António!
      E ele sabia isso.
      Esse nem pensar!

      Eliminar
  3. Pedro,
    como sempre uma analise correcta e concisa ao assunto do momento do FC Porto, não sendo eu adepto do seu clube e não acompanhando, confesso, os jogos do FC Porto parece-me que o universo portista não se resume a Paulo Fonseca e a sua inabilidade para treinar um grande clube.

    O prelúdio que atrás fiz tem por base a recente demissão de alguém muito importante na estrutura dirigente do FC Porto, o Dr. Angelino Ferreira, responsável pelas finanças da SAD, que entrou em rota de colisão com Pinto da Costa (que já não lidera coisa alguma) pelos maus negócios e problemas de tesouraria que o FC Porto, actualmente, se debate.

    Com efeito, não é preciso ser vidente para ver que Iturbe foi empurrado para o Hellas Verona (que o quer comprar), Fernando e Mangala (tem, ambos, a cabeça em Manchester), que as saídas Moutinho e James não foram cobertas por jogadores de qualidade, que Licá, Josué, Ghillas não tem qualidade para pertencerem aos quadros do FC Porto, que Jackson quer viver em Londres e até Varela já está farto do Porto.

    No meio disto tudo entrou Quaresma, gordo, quezilento, e longe, muito longe, daquele 7 que outrora foi, Pedro, e o Porto actual não tem um sistema de jogo, vive de rasgos, só isso nada mais, poderia dizer que gosto, mas estaria a mentir porque gosto de vencer com adversários que dão luta, não quero com isto dizer que o campeonato já está ganho pelo Benfica.

    Pedro, não sei se se recorda que eu fui daqueles que defendi a continuidade de JJ no Benfica, porém, neste caso, acho que Paulo Fonseca deverá ser afastado do FC Porto o mais rapidamente possível. Quem assumirá o comando da equipa?

    Com franqueza, não sei, mas, nomes como Marco Silva, Manuel Machado, Pedro Martins, Michael Laudrup, entre outros, poderão ser hipóteses viáveis, no entanto, não acredito que os dois primeiros abandonem os respectivos clubes de imediato, mas os outros dois creio que sim.

    Bem, a prosa vai longa, mais queria deixar uma palavra de respeito para o Sr. Mário Esteves Coluna, o "Grande Capitão", o "Monstro Sagrado" que faleceu na tarde de ontem, e foi considerado, pela FIFA, um dos melhores 100 jogadores do séc. XX deste jogo que tanto nos apaixona, Pedro.

    Aquele abraço, caro amigo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Começo por Mário Coluna, Ricardo.
      Daqueles jogadores que marcam uma época.
      Seja-se adepto de que clube for, há evidências que não podem ser negadas.
      Que repouse agora em paz.

      A sua análise ao momento do Porto está excelente.
      E aborda dois pontos que eu não abordei - os jogadores que andam com a cabeça noutras paragens e as claras dissensões na SAD (a sucessão de Pinto da Costa já mexe).
      Os jogadores não estão a perceber que, com esta postura e esta desgraçada época, só se estão a desvalorizar.
      Falou-se em números muito gordos.
      Mas, na hora de encostar a barriga à mesa, quem é que avançou?!

      Dentro da SAD, Pinto da Costa quer, e parece não conseguir, controlar a sua sucessão.
      Dá asneira.

      Uma equipa que está dependente dos gastos do Quaresma não pode estar bem, Ricardo.
      Tão simples quanto isto.
      Aquele abraço

      Eliminar
  4. Desta vez, concordo, Pedro ! ... É essa a minha leitura !
    ... "o nosso Presidente, raramente se engana e nunca tem dúvidas" ! eheheh
    ... desta vez enganou-se ! rsrs ... mas ele sabe o que é melhor para o FCP ! rsrs
    Há que pensar na próxima época e não ficar muito mal na fotografia, nesta ! ... :))))

    Abraço ! :))
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo, Rui.
      Não ficar muito mal na fotografia nesta época e preparar atempadamente a próxima.
      Está, no que era importante, já lá vai.
      Aquele abraço

      Eliminar
  5. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    Logo que o porto começou a perder jogos, o lugar do Paulo Fonseca foi posto em causa, veja-se os adeptos os apupos que lhe deram.
    Tem toda a razão, o Porto desta época é bem mais fraco que nos anos anteriores e isso se deve à maneira como o Paulo tem geriu o plantel.
    Amanhã la vem mais algumas salsichas para o Dragão....

    Abraço amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Cambeta,
      Em todos os clubes é assim.
      A malta já se esqueceu dos lenços brancos que o Jorge Jesus viu no início da época?
      Treinador que perde não presta.
      Depois, se ganha, passa de besta a bestial.
      E o contrário também é verdadeiro.
      Dito isto, é óbvio que Paulo Fonseca não estava preparado para assumir o comando de uma equipa como o Porto
      Aquele abraço

      Eliminar
  6. Como dizia o outro, "prognósticos, só no fim do jogo".
    Saudações leoninas!
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu quis fugir a isso, Rui.
      Por isso é que deixei aqui a minha leitura antes do jogo.
      O Sporting está a fazer uma época muito acima das expectativas.
      Com os meninos, as pérolas, da Academia de Alcochete.
      Até que enfim que apostam a sério no que formam!

      Eliminar
  7. Caro Amigo Pedro Coimbra!
    Como sou um néscio futebolístico e meu dia está começando e o seu terminando desejo-lhe uma ótima noite ao lado dos seus entes queridos!
    Caloroso abraço! Saudações repousantes!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento

    ResponderEliminar
  8. Sabia que o enredo dramático de uma vingança sangrenta foi baseado em um acontecimento real, de um amigo de Gabriel Garcia Márquez na década de 50, Pedro?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, não sabia, ematejoca.
      Um livro absolutamente fenomenal!

      Eliminar
    2. Esta é uma daquelas situações em que a gente gosta de errar, ematejoca.
      Venha o próximo.

      Eliminar
  9. Futebol, os homens aqui da casa também estão se revoltam contar as contratações e as demissões.
    Uma hora vou ai te levar um bolo de maça e já conheço Macau.
    Tenha uma ótima semana tu e tua família.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico à espera, Minha vida de campo.
      Uma óptima semana para si e família também

      Eliminar
  10. Seja como for, que ganhe quem o merecer...

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu gostava que fosse o Porto, Maria do Sol.
      Porque sou português e sou portista.
      Mas não acredito.
      Abraço

      Eliminar
  11. Não é possível permanecer no topo interminavelmente. Há razões para que após o movimento ascendente, venha o descendente. Tudo assim é na vida.
    Uma das razões de peso deriva da força da gravidade, aumenta irremediavelmente com o andar dos anos, como é verificável na pessoa do Presidente do FCP. JNPC já há algum tempo que deixou de ser líder para ser presidente honorário.
    Acresce o problema da sucessão, os jogos de interesse envenenaram a máquina. É natural que isso suceda, por duas razões: o longo reinado e a forma de liderança do presidente.
    Sem o brilho de liderança que houve, mas já não há, os jogadores que vão para o clube deixaram de "pegar de estaca", refletindo-se esta realidade na diminuição de qualidade do plantel e de royalties, e os que já lá estão pensam prematuramente seguir as pisadas das vedetas, quando ainda não atingiram a maturidade.
    O regresso de Lucho (conseguido) e de Quaresma (com uma trajetória que permite adivinhar-lhe o futuro) foram remendos em pano velho.
    Acresce o problema do treinador. Pareceu-me, desde o início, não se sentir à vontade com o soalho da casa... e o JNPC já com a chama apagada não lhe pôde valer. E aquela poupinha não é de treinador, quando muito é de jogador.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Diagnóstico perfeito, Agostinho.
      Este rapaz até na imagem é infeliz e faz passar a ideia de falta de credibilidade.
      Como diz o Rui Espírito Santo, é chegar ao fim da época com dignidade enquanto de vai já preparando a próxima.

      Eliminar
  12. Oops! Futebol e mudança de treinadores? Passo... :)

    Beijocas

    ResponderEliminar