23 de janeiro de 2014

Mate-se o mensageiro!


A receita é clássica - quando as notícias não agradam, mata-se o mensageiro.
Último exemplo - a reacção do governo chinês ao escândalo conhecido por Chinaleaks.
O porta-voz governamental não desmentiu a existência de contas bancárias multimilionárias, pertencentes a altos dirigentes chineses, ou seus familiares, em paraísos fiscais.
Limitou-se a elaborar uma espécie de teoria de conspiração - há que perceber os motivos estão na origem destas notícias; do ponto de vista do leitor estas notícias são muito mal elaboradas; e outras pérolas do género.
Enquanto isso, o acesso aos jornais que publicaram as notícias era bloqueado na China.
Percebe-se o embaraço da liderança chinesa.
Xi Jinping fez do combate à corrupção, à fraude, à ostentação, bandeiras do seu modelo de governação.
E este tipo de notícias não ajudam nada a esse desígnio.
Partir daqui para a pura censura, lucubrar  terríveis teorias de conspiração, só revela à saciedade que permanecem imutáveis na China certos vícios que caracterizam os regimes de partido único.

18 comentários:

  1. Então o acesso aos jornais bloqueado!!!
    Custa a crer que tenham deixado realizar umas olimpíadas, na China.
    Dizem que foi a bem de uma "abertura", mas ficou por aí.
    É tanta a falta de democracia, que jovens que estudaram en Portugal, têm medo de criticar o governo do seu país.

    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A abertura, a transparência, ainda são palavras muito utilizadas no discurso oficial, Majo.
      É pena é que sejam ocas.
      Beijinho

      Eliminar
  2. Credo! Esse pessoal é meio maluco...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vícios enquistados e que não desaparecem facilmente, Tétisq

      Eliminar
  3. Partido único ou não, uma coisa é certíssima ! O "poder" corrompe, com o tempo !!! ... e quanto mais tempo os dirigentes lá permanecerem, seja a que nível e em que regime for, pior será !

    Abraço !
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas nos regimes de partido único estes tiques são mais fortes, Rui
      Grande abraço!!

      Eliminar
  4. Pedro, aqui em Portugal(regime de vários partidos, por enquanto) a decisão também é a de matar o mensageiro: como , inexplicavelmente, não se consegue nunca descobrir quem dentro do aparelho da Justiça trai o segredo da dita, passam a ser os jornalistas a sofrer coimas pesadas e objecto de buscas nos jornais e até em sua própria casa!!

    Bom resto de dia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estes tiques não são exclusivo de regimes de partido único, São.
      Mas são muito mais acentuados em regimes de partido único

      Eliminar
  5. Talvez seja culpa do formato dos olhos...vêm tudo obliquo!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, Maria do Sol, estes são mesmo de Olhão e jogam no Boavista!

      Eliminar
  6. Olá Pedro.
    Acredito que nossos políticos estejam importando certas condutas da China. A falta de caráter espalhou pelo mundo. Que triste.
    Tenha um ótimo dia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha vida de campo,
      Como já aqui referi, estes tiques são mais sentidos em regimes de partido único.
      Mas não são, longe disso, exclusivos destes.

      Eliminar
  7. Já vi esse filme... E não foi na China. :)

    ResponderEliminar
  8. A vida tem destas coisas, amigo Pedro! Pela boca morre o peixe.
    O Mao já deve ter dado umas voltas no túmulo.
    Um grande abraço do Ocidente

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Kim,
      Para o Mao isto até são liberdades a mais.
      Dizer mal do regime e dos seus mandarins??!!
      Um grande abraço a Oriente!

      Eliminar
  9. O melhor mesmo é matar o mensageiro, o que diz a verdade e o que inventa...assim ninguém se zanga.

    Beijinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por vontade deste censores seria algo desse género, maria
      Beijinho

      Eliminar