17 de julho de 2013

Sanya merecia mais

E já acabaram as férias.
Que, no final, deixam um sabor a pouco.
Pouco tempo, mas também pouca qualidade nos (caríssimos!!) serviços oferecidos.
A chegada a um aeroporto internacional muito pobre (é mais um aeródromo) é desde logo um sinal negativo num local que pretende ser uma referência em termos turísticos.
Tal como todas as áreas públicas, o ponto positivo é o facto de ser impecavelmente limpo.
O caminho até ao primeiro hotel em que ficámos alojados é demonstrativo dessa preocupação em manter as áreas públicas impecavelmente cuidadas.
Se as áreas públicas são realmente impecavelmente cuidadas, as pessoas.......enfim, nada de novo a Oriente.


Chegada ao excelente Haitang Bay Gloria que podem ver melhor aqui 
Infra-estruturas excelentes, praia paradisíaca, incrivelmente limpa, serviços de muito má qualidade e com preços exorbitantes.
A minha sorte foi viajar com a minha mulher e as minhas filhas que dominam a língua chinesa.
Porque, tentar comunicar em inglês, é uma aventura.
Os serviços, na área da alimentação e bebidas (caríssimos!!!) são, no geral, muito maus.
Tal como o serviço de quartos.
Aquele local, aquelas instalações, mereciam muitíssimo melhor.


Saída de Haitang Bay e viagem (curta, meia hora) até Yalong Bay para o Sanya Marriott Yalong Bay Resort & Spa que podem ver melhor aqui
Serviços um pouquinho melhores, ainda assim muito, muito caros.
Comida, que não seja cozinha chinesa ou japonesa, é de muito má qualidade.
E, com aqueles preços exorbitantes, chega a ser irritante.
As instalações são inferiores (mais velhas) em comparação com o Gloria.
Assim como a praia.
Mas os serviços prestados são melhores (por se tratar de uma marca internacional? Muito provavelmente).

Num e noutro, muito complicado o acesso à Internet, impossível aceder ao Facebook e ao Blogger.
A segurança interna justificará esta paranóia?
Do ponto de vista do governo chinês parece que sim.
Para o visitante, o turista, é algo de impensável.

Balanço geral:
Valeu a pena passar estes dias com a família, valeu a pena conhecer Sanya.
Mas esperava muito melhor.
E Sanya merecia muito mais.

36 comentários:

  1. Nem sempre os preços exorbitantes são sinónimos de boa qualidade em determinadas partes do mundo. Hoje em dia, as pesquisas são sempre aconselháveis antes de se fazer qualquer reserva.

    Apesar desses contratempos, diria que foram umas férias para descansar.. : )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Catarina,
      No tripadvisor o Gloria era o número 1.
      E com excelentes críticas.
      Quem é que as fez, já não sei responder.
      Eu, de certeza não!

      Eliminar
    2. Pensei que o tripadvisor fosse mais responsável. Até agora nunca ouvi ou li nada que indicasse que fosse de reputação duvidosa. Sendo assim, será algo a considerar (eu) no futuro.

      Tivesse eu essa experiência e deixaria lá os meus comentários.

      Eliminar
    3. Uma hipótese a considerar, Catarina.
      Mas, tal como a Catarina, a minha confiança no tripadvisor ficou seriamente abalada

      Eliminar
  2. Bom dia Pedro
    Foi pena ter pago tanto e receber tão pouco.
    Para o ano haverá que ter em conta outras rotas turísticas.
    Penso que férias é um tempo para relaxar e não nos enervarmos por coisas secundárias.
    No final deixaria a minha reclamação.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda assim, valeu a pena, luís.
      Este ano já estivemos em Pattaya, agora em Sanya, elas estiveram na Coreia (eu não fui), no final do ano iremos escolher um outro destino.
      Muito provavelmente em Taiwan ou no Japão.
      Férias repartidas.
      Aquele abraço!!

      Eliminar
  3. Estimado Amigo Pedro Coimbra
    Não fiquei surpreendido com o seu relato, já sabia que era mais ou menos assim, aliás eu lhe dei uma dica antes de ir para esse Hawai chinês rsrsrs.
    Faz referência que irá talvez à Formosa ou Japão, eu o desaconselho de Taiwan, Japão sim vale a pena.
    Mas se desejar passar umas férias numa praia paradísica e a preços em conta o aconselho a ir a Ko Chan na Tailandia.
    Na China é assim já caro a dizer basta e com serviços de papo seco.
    Bem vindo a Macau.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De papo seco eu até gosto, Amigo Cambeta.
      Agora de ovo (sim, no singular) mexido (não era mexido, era morto à estalada!!) com duas/três fatias de pão, três fatias de bacon todo esturricado, um pacotinho de manteiga, outro de doce, outro de mel, uma chávena de café (????) e pagar 159 RMB + 20% de taxas (para patacas multiplicar por 1.32; para euros, depois de obter o total em patacas, multiplicar por 10) é que deixa lixado da vida.

      No final do ano a nossa ideia é um destino que não seja praia.
      Vamos ver os preços no Japão.

      Aquele abraço

      Eliminar
  4. Pedro,

    eu não confio no TripAdvisor, guio-me (cegamente) pelo Booking.com e, confesso, nunca falhou!

    Diria que umas férias na Madeira com um tempo maravilhoso e uns jantares/almoços na casa de amigos porreiros, por exemplo, como eu teria sido uma melhor opção!

    Querido amigo, lamento o sucedido e valeu pelas férias em família de certeza!

    Aquele abraço e já tinha saudades de si, pá!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Ricardo,
      Apesar dos pesares, valeu a pena.
      Conhecemos um novo local, estivemos aqueles dias em família, as praias e os resorts eram excelentes.
      Mas confesso que ja sentia falta destes colóquios, dos amigos da blogosfera.
      Aquele abraço!!

      Eliminar
  5. Fiquei com a mesma sensação quando visitei a Tailândia. É normal quando não preciso de ir à praia...

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Firehead,
      A Tailândia é muito superior nos serviços prestados e muito mais barato.
      Nem há comparação

      Eliminar
  6. Gostei da dissertação de suas férias e de sua presença e palavras

    nos meu "Girassol". um abraço,

    Maria Luísa

    ResponderEliminar
  7. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    Já sabia que as coisas lá e não só são carissimas e com um serviço que deixa muito a desejar.
    Quando estive na cidade de Toi Sahan, num resorte lindissimo, ao pequeno almoço, e após ter pedido no dia anterior, nem pão, nem ovos nem café, é assim já.
    O mesmo me aconteceu num hotel de luxo em Taipei e ainda não foi há muito tempo.
    Japão sim tem lufares encantares para ser visitados e óptima comida com serviço de 5 estrelas.
    Abraço amigo e votos de boas escolhas no seu destino turístico.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. No final do ano veremos qual a opção.
      Por agora há apenas umas ideias no ar.
      Aquele abraço

      Eliminar
  8. Uma pena que assim seja!

    Mas esteve com as suas três meninas , já foi bom, rrss

    Bom regresso

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Ainda assim valeu a pena, São.
      E passou depressa, muito depressa.

      Eliminar
  9. Acabaram as férias mas para o ano há mais e, quem sabe, melhores.

    Aquele abraço, Pedro.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Espero que, no final do ano, haja mais, António.
      Vamos ver.
      Aquele abraço !

      Eliminar
    2. Vê, Pedro, porque prefiro fazer férias na varanda, assim evito de me encontrar com chineses e russos, e para alemães já me chega o meu "Kraut"!!!

      Eliminar
    3. ematejoca,
      Muitos chineses, alguns russos, muito poucos alemães.
      Mas, ainda assim, valeu a pena.

      Eliminar
  10. Quando lá estive fiquei razoavelmente bem impressionado, porque quase não havia gente na praia. Tencionava lá voltar, mas nunca se ofereceu essa oportunidade e agora nem pensar.
    De qualquer modo, férias são sempre boas , não é, Pedro?
    Seja bem regressado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carlos,
      A Teté acerta na mouche.
      Sanya está vocacionada para um turismo de chineses endinheirados.
      Não era assim há meia dúzia de anos.
      Agora, pelo que vi, é.
      Chineses e russos.
      Ainda assim repito, valeu a pena.

      Eliminar
  11. Pois olhe, com esse cartão de apresentação e por mais paradisíaco que seja o local, não me parece que consigam implementar muito o turismo. Exceto para chineses, mas não será esse o objetivo, não é? Mas quer dizer, mesmo com a beleza do local e as boas infraestruturas, umas férias em que os serviços são péssimos e caros, a comida idem, e ainda por cima os funcionários não dominarem o inglês - já para nem falar na falta de acesso à net - pois não serão muitos os turistas a repetir a dose. Pior, não serão eles a indicar aos amigos esse destino de férias... ;)

    Bom, mas o importante é que apesar dessas nuances, correu tudo bem consigo e a sua família. :)

    Beijocas e feliz regresso a casa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Teté,
      Na mouche!
      Parece que esteve lá.
      Sanya está vocacionado para um turismo dirigido a chineses e russos endinheirados.
      Merecia mais, Sanya merecia mais.
      Mas, repito, valeu a pena.
      Beijocas

      Eliminar
  12. [eu ri de seus resmungos...pois deve ter se rendido
    ao carinho das suas meninas em horários que deveria estar a trabalhar]

    abç

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Margoh,
      Estou a fazer um bocado de William Hurt no filme O Turista Acidental.
      Nem são resmungos.
      É mais passar a terceiros a minhe impressão do que vi.
      E, obviamente, adorei estar com a minha mulher e as minhas filhas longe do bulício de Macau.

      Eliminar
    2. sim. você fez um excelente texto (como sempre). só
      quis brincar com você.

      espero que "se descomplique" tuas letrinhas em meu blogue pois gosto muito de seus comentários.

      abç

      Eliminar
    3. Hoje foi mesmo muito complicado comentar no seu blogue, Margoh.
      Mas acho que era problema do Blogger.

      Eliminar
  13. Caro Amigo Pedro Coimbra!
    Pelo menos você deixou de lado momentaneamente as atribuições e atribulações do cotidiano!
    Caloroso abraço! Saudações achinesadas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E conheci (mais um) local que não conhecia, Amigo João Paulo de Oliveira.
      Só por isso já teria valido a pena.
      Grande abraço!!

      Eliminar
  14. Nunca tinha ouvido falar de Sanya.
    Mas fiquei curiosa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sanya, na ilha de Hainão, um paraíso tropical, que precisava de muito melhores serviços do que aqueles que disponibiliza a quem a visita, Su.

      Eliminar
  15. Bem, lá que é paradisíaco, é! Eu vou ter de lhe começar a pedir uns postais desses sítios que é mais raro receber postais :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Poppy,
      Fica aqui a promessa, em público - da próxima vez que eu for de férias lembre-me e eu prometo que lhe mando um postal.
      Palavra de honra!!

      Eliminar