23 de julho de 2013

O que é que se ganhou com as negociações tripartidas?


Pedro Passos Coelho vai hoje ao Palácio de Belém dar a conhecer ao Presidente da República a composição do Governo.
Salvo uma qualquer brutal surpresa, esse Governo terá exactamente a mesma composição que foi proposta a Cavaco Silva por Pedro Passos Coelho e que o Presidente da República rejeitou procurando forçar o à partida impossível acordo de governação tripartido (PSD/CDS-PP/PS).
Ou seja, depois das negociações fracassadas, com maiores clivagens entre os três partidos resultantes desse fracasso, Pedro Passos Coelho vai a Belém dar a Cavaco Silva a mesma fórmula que este ainda muito recentemente rejeitou.
Cavaco Silva que já anunciou publicamente que, agora, até a vai aceitar e até acha que é a melhor solução para o País.
Mas que a vai aceitar vigilante e interventivo.
Cavaco Silva acreditará realmente que, enfraquecido pelo fracasso de uma negociação descabelada que forçou, poderá agora impor seja o que for aos partidos da coligação?
E que estes mesmos partidos vão estar atentos e receptivos às eventuais propostas do PS?
Qualquer proposta dos socialistas, que não agrade aos partidos da coligação, será motivo mais que suficiente para estes fazerem uma birra perante o Presidente da República.
O mesmo Presidente da República que os forçou a negociar sem quaisquer resultados que não sejam um maior afastamento de posições.
Neste cenário, com um constante apontar de dedo ao vizinho, com um Presidente da República claramente enfraquecido na sua autoridade,  com a certeza que é impossível um entendimento duradouro entre PSD, CDS-PP e PS, e que até eventuais entendimentos pontuais terão ficado mais difíceis de concretizar, o que é que se ganhou com estas negociações tripartidas?
Quem é que ganhou já é outra questão.
Mas a resposta a essa parece-me bem simples.
Uma resposta que se poderá considerar tão clara quanto perfeitamente irrevogável. 

33 comentários:

  1. Respostas
    1. Só um se ficou a rir, Mor.
      Esperto!!!

      Eliminar
    2. Ai Paulinho das feiras!
      Mor

      Eliminar
    3. Mais espertalhão sozinho que os outros todos juntos, Mor.

      Eliminar
  2. Quem ganhou, Pedro?

    Paulo Portas!

    Quem perdeu?

    Portugal e os portugueses mas, especialmente, o senhor "façarei"!!!

    Abraço, amigo!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Mais uma vez ele arma um banzé, faz fita e sai por cima.
      Esperto todos os dias!!
      Aquele abraço, Ricardo!

      Eliminar
    2. O pior é que quem perdeu realmente foi Portugal e os portugueses!!!

      Eliminar
    3. Essa é a face mais triste desta ópera bufa, ematejoca

      Eliminar
  3. Qualquer dia os próprios politicos cantarão o "Grândola, Vila Morena"...

    ResponderEliminar
  4. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    Quem originou toda esta bagunça foi o jornalista portas, e agora deu mais um passo e sairá da crise como vice, qualquer dia será pr, esse feirante não tem palavra e só quer é poder, ou não fosse ele o primeiro do pp.
    Veremos se alguém irá passar cavaco a esta ligação moribunda.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Portas é um sabidão, Amigo Cambeta.
      Leva os outros todos no bico sem eles darem por nada.
      Sacana!
      Aquele abraço

      Eliminar
  5. Este é o último, e como ando já com uma confessa falta de paciência para tudo isto, aproveito mas é para desejar um bom dia, ou boa noite e um bom resto de semana :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. "Ai, Portugal, Portugal" como diz um grande amigo meu...

    Tudo de bom, Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. De que é que tu estás à espera
      Era assim a canção, São

      Eliminar
  7. Jogo em que se baralham as cartas, já viciadas, e que por capricho depois de nova 'rodada' ficam nas mesmas mãos?

    Batota? Não, programação 'à maneira'.

    Portas saíu por cima? Hummm, não me cheira, Pedro. Vamos dar tempo ao tempo.

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Percebo a ideia, António.
      E concordo.
      Ele fica com muito mais poder, muito mais estatuto, mas também mais atado de pés e mãos a esta coligação, e, pior que isso, com os dossiers mais complicados.
      Até nisso estamos a assistir a um jogo do gato e do rato.
      Com o cuidado comum a passar por problemas sérios
      Aquele abraço!!

      Eliminar
  8. Caro Amigo Pedro Coimbra!
    Não me sinto hábil para opinar sobre este assunto...
    Caloroso abraço! Saudações aprendizes!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderEliminar
  9. Politiquice à portuguesa, Amigo João Paulo de Oliveira.
    Grande abraço!!

    ResponderEliminar
  10. Rien de rien, foi o que o país lucrou com toda esta palhaçada! E quanto ao Portas ter lucrado alguma coisa, pois, é relativo, se calhar foi mais corda para se enforcar... ;)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Efectivamente, à primeira vista, o Paulo Portas parece ser o grande ganhador, Teté.
      Com o tempo veremos se é efectivamente assim.
      Os dossiers que ele tem na mão são uns berbicachos daqueles.
      Beijocas!

      Eliminar
  11. Eu ganhei ainda mais consciência de que com os actuais lideres partidários não há solução há vista tão cedo. Nem à esquerda, nem à direita nem ao centro... Estamos tramados e, como dizemos para estes lados, com um F maiúsculo...

    ResponderEliminar
  12. Houve a surpresa Rui Machete mas, apesar de o conhecer pessoalmente e ter muito boa impressão do tempo em que trabalhei perto dele,creio que não é uma boa surpresa.Ligações ao BPN e ex- FLAD, podem trazer problemas inesperados.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Curioso que ainda tão recentemente era crítico da política de PPC.
      Cada vez mais acho que o Pimenta Machado era um sábio - o que hoje é verdade, amanhã pode ser mentira.

      Eliminar
  13. Coimbramigo

    Nada!!!!! Não penses que te convido a vir esbracejando oceanicamente para a capital do ex-império. Nada, respondo à interrogação do título e do texto. Nada.

    A esta hora, por estas bandas já se sabe que há dois novos ministros na remodela cão, ops, "remodelação", o Machete que também é Chancerele e o Lima, que também é Pires, sai um fino bem tirado prá mesa do canto!!!

    O resto, pois, o resto são movimentos de xadrez no respectivo tabuleiro-falso. Para o xadrez deviam eles ir todos, a começar no PALHAÇO E A ACABAR NA ASSUNÇÃO PARA-LAMENTAR

    E por hoje é tudo. O «pograma» (Cf.. Palhaço em tempos do antigamente) segue quando Deus quiser.

    一個大大的擁抱

    Henrique

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. FerreirAmigo,
      Eu não consigo aceder ao Pulhítica.
      E eu quero aceder.
      E comentar.
      O que é que se passa.
      Toma lá um abraço!!!

      Eliminar
  14. Na verdade, Pedro, politiquices à portuguesa!

    Lesados sairam todos desta comédia dramática.

    O Paulinho é o mais inteligente, mesmo tendo muito lixo na cave.

    O PPC e o Tozé INSEGURO são a mesma massa bruta.

    Esta luta dos partidos, sem pensarem no bem do nosso povo, dá-me vómitos!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A rapaziada das jotas, ematejoca.
      Chegou ao poder, envaideceu-se, mas continuam a ser uns imberbes ao pé de um sabidão como é o Portas.
      Um espectáculo degradante, disparatado, patrocinado pelo Presidente da República.
      Que tristeza!

      Eliminar
  15. Nada...só sei que foram 2 anos e 21 dias que se perderam, com aumento da dívida pública para não falar do dantesco desemprego, fome e sobre quem ainda trabalha e quem trabalhou 40 anos como eu... um rol de impostos e cortes e aumento do custo de vida...bem ao estilo de "quem andou a brincar ao casino com vidas faustosas, com dinheiro dos contribuintes".

    A ver vamos se ainda vão a tempo de fazer alguma coisa mas com PPC será dificil e por favor PS outra vez? estou farta das governações destes três partidos.
    Vá para lá quem for tem de cumprir as metas da TROIKA ...embora as fórmulas de cálculo para como que medidas)? compete a quem governa e até aqui fomos desgovernados.
    Por vezes penso, como estariamos de estes "j" não tivessem chumbado o PECIV do anterior governo? Era mau? Sim...mas o actual ainda é bem pior!
    APRE!!!!

    O que o povo português deveria fazer quer nas autárquicas, europeias e legislativas, era ir em massa e votar EM BRANCO...o maior "fora" que temos de mostrar o nosso pesadelo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O pior é essa completa ausência de alternativas, de perspectivas, Fatyly.
      Eu abstive-me nas últimas eleições como aqui declarei em devido tempo.
      Precisamente por isso, porque não via nenhum projecto interessante, nenhuma liderança convincente.
      Continuo a não ver.

      Eliminar