3 de junho de 2013

O caso BPN finalmente bem explicado


"Foi assim:
Um dia, decidi sair do trabalho mais cedo e fui jogar golfe! Quando estava a escolher o taco, notei que havia uma rã perto dele.
A rã disse:
- Croc-croc! Taco de ferro, número nove!

Eu achei graça e resolvi provar que a rã estava errada.

Peguei no taco que ela sugeriu e bati na bola.
Para minha surpresa a bola parou a um metro do buraco!

- Uau!!! - gritei eu, virando-me para a rã - Será que você é a minha rã da
 sorte?

Então resolvi levá-la comigo até ao buraco.

- O que é que acha, rã da sorte?
- Croc-croc! Taco de madeira, número três!

Peguei no taco 3 e bati. Bum! Directa ao buraco!

Dali em diante, acertei todas as tacadas e acabei por fazer a maior
 pontuação da minha vida!
Resolvi levar a rã p'ra casa e, no caminho, ela falou:
- Croc-croc! Las Vegas !

Mudei o caminho e fui directo para o aeroporto!
Nem avisei a minha mulher!
Chegados a Las Vegas a rã disse:
- Croc-croc! Casino, roleta!

Evidentemente, obedeci à rã, que logo sugeriu:
- Croc-croc! 10 mil dólares, preto 21, três vezes seguidas.
Era uma loucura fazer aquela aposta, mas não hesitei.
A rã já tinha credibilidade.

Coloquei todas as minhas fichas no 21! Ganhei milhões!
Peguei naquela massa toda e fui para a recepção do hotel, onde exigi uma
 suíte presidencial.

Tirei a rã do bolso, coloquei-a sobre os lençóis de cetim e disse:
- Rãzinha querida! Não sei como te pagar todos esses favores!
Fizeste-me ganhar tanto dinheiro que ser-te-ei grato para sempre!
E a rã replicou:
- Croc-croc! Dê-me um beijo! Mas tem que ser na boca!

Tive um pouco de nojo, mas pensei em tudo que ela me fez e acabei por lhe
 dar o beijo na boca!

No momento em que eu beijei a rã, ela transformou-se numa linda ninfa de 17
 anos, completamente nua, sentada sobre mim.

Ela foi-me empurrando, devagarinho, para a banheira de espuma...
" Eu juro ", - disse o ex-Presidente do BPN ao Presidente da Comissão de
 Ética -"foi assim que consegui a minha fortuna! E que essa menina foi parar ao meu quarto!".

Não só o Presidente da Comissão de Ética acreditou, como também, todos os
 Deputados e todos os membros do Supremo Tribunal de Justiça

BOA SEMANA!!
(À beira das 400 000 visualizações de página, peço desculpa mas só amanhã poderei visitar os vossos blogues)



26 comentários:

  1. e no final saiu-me uma enorme gargalhada...há-há-há.....
    Quem diria que as mentiras tinham de ser assim doces...carregadas de meninas sensuais...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. luis,
      Eu nem sei se a realidade deste caso não foi mais mirabolante e extraordinária que esta história
      Aquele abraço e votos de boa semana!

      Eliminar
  2. rrsssss Falta ainda explicar como é que a SLN passa directamente para Galilei, com os mesmos accionistas nas mesmas posições e com os mesmos milhões, continuando a fazer o mesmo tipo de negócios.

    Será que desta vez foi um sapo?!

    Boa semana.

    ResponderEliminar
  3. Pois é...uma história recambolesca com muitos finais...e a meu ver não veremos nenhum...excepto a morte de alguns personagens que pela morosidade do super mega processo.

    Boa semana:)

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amanhã vou aqui publicar algo, dito por um actor fenomenal, acerca das famosas dívidas, Fatyly
      Vale a pena ver e ouvir.
      Boa semana!
      Beijocas!!

      Eliminar
  4. Boa semana, Pedro.

    Qual é o tema de hoje? Ah, BPN. Bem me pareceu sentir um vómito...
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só um, António?
      O tema merece mais.
      Aquele abraço e votos de boa semana!

      Eliminar
  5. Bem que eu precisava de uma rã dessas. ;)))

    ResponderEliminar
  6. Existem coisas que me enojam e este caso é um deles!
    Desculpe se estou a ser grosseira.
    Boa semana Pedro

    beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grosseira em quê, Adélia?
      Quem é que não fica enojado com as trafulhices que foram feitas neste caso?
      Beijinhos e votos de boa semana.

      Eliminar
  7. Será que também acreditam no Pai Natal e na fada dos dentes?!? Cambada! :P

    Beijocas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito provavelmente, Teté.
      O mais revoltante é constatar que houve muita gente, inocente, que ficou altamente prejudicada com estes cleptómanos.
      Beijocas!

      Eliminar
  8. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    Boa essa da rã.
    BPN = Bons Portugueses Nada.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É o que diz o Luciano, Amigo Cambeta - uma rã que dava jeito a todos nós.
      Aquele abraço!

      Eliminar
  9. Ahahahahahah aí está, explicado! E tão bem explicado que acreditaram e tudo...

    ResponderEliminar
  10. O homem é muito imaginativo e os juizes muito crentes!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem é que pode duvidar de uma rã e uma cambada de sapos, Carlos?? :)))

      Eliminar
  11. UoU UoU UoU! Assim, como dizem na gíria, "pra lá de brutal"!
    Adorei!
    Vou fazer mais um share! ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Força, Feliz!!
      Quando é que há posts novos??

      Eliminar
  12. O que é mais interessante... é que todos nós andamos anos a discutir o TGV e o novo Aeroporto... enquanto no "backstage" o Roubo do BPN acontecia.
    O buraco do BPN dava para construir a LAV Lisboa-Madrir (a parte portuguesa) e ainda dava para cobrir uma boa parte dos custos do novo Aeroporto.
    E atenção, iria também criar emprego, emprego que pagaria salários, salários que pagariam impostos e comprariam bens nos supermercados, nos postos de gasolina, etc...
    Sendo Portugal tenho a certeza que muito seria roubado... pelos mesmos do BPN, provavelmente.
    Mas entre um BPN e um LAV acho que todos concordamos que o último era muito mais importante.

    ResponderEliminar
  13. E o que é que aconteceu a essa malta toda do BPN, Anónimo?
    E ao dinheiro?
    Pelos vistos mudaram as moscas, mudaram o nome da empresa, mas manteve-se a impunidade e o dinheiro, todos os bens, continuam controlados, directa ou indirectamente, pela mesma corja de bandidos cleptómanos.

    ResponderEliminar